Andarilho de apoio á marcha

Reabilitação – Como escolher e usar um Andarilho:

Um andarilho é uma estrutura de metal de três lados e com quatro pernas. Poderá necessitar de usar um andarilho como consequência do facto de não ter força suficiente para caminhar sem um auxiliar de marcha. Se tiver problemas de equilíbrio, também poderá precisar de usar um andarilho. Por vezes, as pernas do andarilho estão equipadas com rodas. Dois dos lados do andarilho possuem pegas que lhe proporcionam apoio durante a marcha. Alguns andarilhos podem ser dobrados para efeitos de deslocações ou armazenamento.

Que tipo de andarilho devo usar?

Existem vários tipos de andarilhos. O seu médico ajudá-lo-á a escolher o andarilho mais adequado para o seu caso. Certifique-se de que o andarilho possui pegas de borracha para as mãos e pontas de borracha anti-derrapantes para evitar que escorregue. Poderá comprar um andarilho através de um fornecedor de equipamento médico. Apresentam-se, de seguida, dois tipos de andarilhos.

Andarilho estacionário: Este andarilho possui, geralmente, partes que não podem ser alteradas. A estrutura de metal deste andarilho é extremamente leve e fácil de levantar durante a marcha. Poderá necessitar de usar este tipo de andarilho por ter pouca força nas pernas, mas bastante força nos braços. As pernas da frente da estrutura do andarilho podem possuir rodas para lhe facilitar a deslocação.

Andarilho recíproco: Um andarilho recíproco possui partes que podem ser alteradas para aumentar ou diminuir a altura. Poderá necessitar de usar este tipo de andarilho por ter pouca força nos braços e problemas de equilíbrio. Este andarilho pode, eventualmente, ter uma dobradiça que permite que um dos lados seja colocado à frente do outro.

Como usar o andarilho?

O seu médico ensiná-lo-á a usar o andarilho. Se não conseguir chegar até ao seu andarilho por si próprio, peça ajuda a alguém. Os passos seguintes ajudá-lo-ão a usar o seu andarilho.

Como levantar-se de uma cadeira:

Coloque o andarilho à frente da cadeira e chegue-se para a frente.
Com as mãos apoiadas nos braços da cadeira, coloque-se de pé.
Agarre firmemente as pegas do andarilho.
Aguarde alguns segundos, para se habituar a estar de pé, antes de começar a andar.
Comece a andar, deslocando o andarilho para a frente cerca de 20 cm.
Tente dar passos aproximadamente equivalentes.

Como sentar-se:

Coloque-se de pé com as costas viradas para a cadeira.
Coloque o andarilho à sua frente.
Levante ligeiramente a sua perna mais fraca.
Use uma mão para se agarrar a um dos braços da cadeira. Mantenha a outra mão apoiada no andarilho.
Transfira todo o peso para a sua perna mais forte.
Sente-se lentamente e deixe-se deslizar sobre a cadeira.

Sugestões para usar o seu andarilho de forma segura.

Use sapatos com sola de borracha como, por exemplo, sapatilhas. Não use chinelos, pois podem sair-lhe dos pés facilmente e fazer com que caia. Não use sapatos com tacões de couro ou solas que o possam fazer escorregar e cair. Se necessitar de transportar coisas leves, pendure um saco ou um cesto no andarilho. Poderá fixar o saco ou o cesto ao andarilho por meio de ganchos, molas ou fita adesiva. Se não conseguir proceder a essa fixação por si próprio, peça ajuda a alguém.

Examine o chão e certifique-se de que é seguro para a utilização do andarilho. O chão deverá estar limpo, seco e devidamente iluminado. Retire os tapetes para evitar eventuais quedas. Uma alcatifa espessa pode dificultar a deslocação do andarilho. Fixe com fita adesiva ou pregos as extremidades soltas da alcatifa. Mantenha as zonas de passagem e o chão devidamente arrumados. Limpe rapidamente quaisquer vestígios de líquido derramado para evitar uma possível queda.

Deixe-se estar de pé durante alguns segundos, antes de começar a caminhar com o andarilho. Tal ajudá-lo-á a habituar-se a estar de pé. Não comece a caminhar se estiver tonto. Olhe para a frente ao caminhar. Poderá ir contra ou tropeçar em qualquer coisa se estiver a olhar para os pés.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 3:54 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)