Angina de Prinzmetal - Tratamentos, Sintomas e Diagnosticos
Fotos Antes e Depois

Angina de Prinzmetal

Saiba tudo sobre a Angina de Prinzmetal – Tratamentos, Sintomas, Causas e Diagnosticos

CAUSAS E CARACTERISTICAS DO DIAGNOSTICO
. A angina de Prinzemetal é causada por espasmo focal intermitente de uma artéria coronária normal sob os demais aspectos.
. Associada a enxaqueca, fenômeno de Raynaud.
. A dor torácica assemelha-se à da angina típica, porém, com frequência é mais intensa e ocorre em repouso.
. Acomete mulheres com menos de 50 anos de idade; ocorre nas primeiras horas da manhã e envolve tipicamente a artéria coronária direita.
. O eletrocardiograma mostra elevação do segmento ST mas os níveis das enzimas são normais.
. O diagnóstico pode ser confirmado pela administração de ergonovina durante o cateterismo cardíaco.

DIAGNOSTICO DIFERENCIAL
. Angina de peito típica; infarto do miocárdio; angina instável.
. Síndrome de Tietze (costocondrite).
. Radiculopatia cervical ou torácica, incluindo herpes-zoster pré-eruptivo.
. Espasmo esofágico ou doença por refluxo gastroesofágico.
. Colecistite.
. Pericardite.
. Pneumotórax.
. Embolia pulmonar.
. Pneumonia pneumocócica

ANGINA DE PRINZMETAL TRATAMENTOS
. Os nitratos e os bloqueadores dos canais de cálcio são eficazes na situação aguda e constituem a base do tratamento crônico.
. Colocação de stent na arteria coroúria afetada (geralrnente a direita) em alguns casos, porém o prognóstico é excelente devido à ausência de aterosclerose.

Dicas
O uso de cocaína acarreta isquemia ou infarto do miocárdio por vasospasmo: atente para as diferenças na história.

Referência
Wang K Asinger RW, Marriott Hj: ST-segrnent elvation in conditions other than acute myocardial infarction

Atualizado em 13 Janeiro 2018

2 Comentários no Fórum

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *


  1. Tenho problemas cardíacos desde criança. Dos vinte anos até os trinta e cinco fui paciente ambulatorial do Instituto de Cardiologia de Porto Alegre.

    Passei por vários cardiologistas durante este tempo e fui submetido a todos os tipos de exames, inclusive holter (fui a terceira pessoa no Brasil a fazer este exame) e cateterismo (duas vezes).

    Entre outras coisas eu tinha uma forte arritmia.

    Tomei de tudo: Procamide, Dicorantil, Propranolol (medicamento que comecei a tomar logo que ele surgiu, e dele ingeri mais de 14800 comprimidos durante 11 anos), Ancoron, Miodaron e Dilacoron.

    Às vezes eu dava uma entortada feia e tinha que recorrer ao Pronto Socorro Floresta, ou ao Cruz Azul. Algumas vezes estive internado em CTIs.

    Sempre trabalhei como técnico de máquinas de escritório (eletrônica e mecânica fina). Fui demitido da Olivetti por causa de meu problema cardíaco. Disseram-me que era incompatível com a profissão, que embora tecnicamente apaixonante, é dura, estressante, insalubre em grau máximo, não é para frouxos.

    Mas viajava-se muito e o salário bem acima da média (as exigências de produtividade também. Multinacionais pagam bem, mas exigem). Como era discriminado por causa de meu problema, eu tinha que ser melhor do que os outros, e era.

    Quando fui para uma empresa alemã (Olympia), fui promovido cinco vezes em menos de um ano e meio. Então, neste ritmo forte, volta e meia eu me sentia mal: ficava tonto, com náuseas, fraqueza, a visão escurecia.

    Após três cirurgias para remover um foco infeccioso da face, como raspagem de osso e tudo o mais, a arritmia sumiu! O Ancoron foi substituído por Dilacoron e o Instituto de Cardiologia me deu alta, informando-me que os problemas restantes eram incuráveis. Uma amiga médica encaminhou-me então para a Dra. Martha Silveiro, cardiologista de primeira linha.

    Após vários exames (e uma internação) ela me disse que eu tinha uma doença que na época era pouco conhecida: Angina de Prinzmetal (vasoespasmo coronariano).

    Posteriormente o Dr. Tadeu tirou-me o Dilacoron, pois este medicamento não ia resolver meu problema principal e acabaria causando o surgimento de outros.

    Então até hoje (tenho 68 anos) só carrego o Sustrate e quando tenho problemas com a angina de Prinzmetal, sigo as instruções da Dra. Martha: ponho logo dois debaixo da língua e fico sentado. Se em dois minutos a náusea forte, a tontura e a fraqueza não passarem, ponho mais dois debaixo da língua. Sempre deu certo.

    A penúltima vez que isto aconteceu foi a mais ou menos dez meses e a última foi a quatro horas atrás. Só usei dois comprimidos. Por isso vim pesquisar na Internet e achei seu site.

    É que tem uma coisa estranha: eu nunca tive dor nenhuma no peito, nem no braço esquerdo. Só os outros sintomas. Uma vez fui fazer um eletro no Hospital Vicente da Fontoura, com a Dra. Martha, por insistência de minha mulher que telefonara para ela porque eu não estava muito bem, e após dois eletros em eletrocardiógrafos diferentes, ela me internou.

    Não me deixou sequer ir caminhando até o CTI. Fiquei uma semana no estaleiro. Mas nada de dor.

    A Dra. Marthe falava em isquemia silenciosa. Será Prinzmetal, ou será que é hipoglicemia. Meus exames clínicos sempre mostram a glicose normal (82 no último).

    Não vejo a Dra. Martha a muitos anos. Perdi contato. A minha mulher, que é epilética, tem problemas com a vitamina K, tem sequelas de trombose (toma Varfanina e mais outras cinco medicações), faz tantas consultas e exames médicos, que a última vez que fiz um eletro (não foi por nada) desisti de entregar. Não sobra tempo para mim.

    Agradeço qualquer orientação sua.

    Darley

  2. Bom dia, espero que podem mim ajudar, no no final do Mês de Novembro, sofri um angina de PRINZMETAL, fiz um cateterismo, e o médico mim indicou medicamentos diários como ditiliazem 60mg, e a sinvastatina, e mais o AAS infantil, e após esse infarto, mesmo tomando os medicamentos não sinto muito bem, e bem variante meu estado, tem dia que estou bem, mas tem dia que sinto corpo mole, ânsia de morte, corpo enfraquecido, falta de ar, gostaria de uma explicação melhor, se possível algum especialista da aréa, tenho 34 anos, obrigada, tenha uma tarde de paz, fk com Cristo.

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade

Isensão de Responsabilidade: A nossa plataforma foi criada com o objetivo de facilitar o acesso a informação de valor "Saúde com Ciência", baseada em estudos científicos. Tudo o que publicamos tem uma base científica. No entanto, nenhuma das publicações têm o objetivo de servir como diagnóstico, sendo sempre indicada consulta médica. O mesmo se refere a tratamentos, clínicas, suplementos e medicamentos indicados. A indicação, dosagem, e forma de uso é apenas ilustrativa, não estando indicada a automedicação ou suplementação sem antes haver indicação médica profissional. O mesmo se refere aos preços dos produtos por vezes indicados. Esses valores são baseados no ano de 2018 e servem apenas como informação auxiliar, não estando a nossa plataforma de nenhuma forma a ligada a essas empresas.