8 Benefícios Surpreendentes do Arroz Integral para a Saúde

O arroz é um alimento básico em muitas partes do mundo. No início, existia apenas o arroz integral, direto da fazenda para o prato.

Quando o arroz branco começou a inundar o mercado, isso chamou nossa atenção porque ele era bonito e ficava apresentável no prato, além de ser mais macio, rápido e fácil de se cozinhar.

Arroz Integral Ou Arroz Castanho

Mas, o arroz integral voltou à disputa para se tornar o melhor grão integral disponível do mercado.

Se você gosta de arroz, deve preferir o integral. Confira as razões a seguir.

Por que você deve preferir o arroz integral

O arroz integral é produzido por meio da remoção apenas da casca ou palha usando um pilão e um almofariz ou rolos de borracha.

A cor pode ficar marrom, avermelhada ou púrpura. Dependendo do processo de descascar, o broto pode ou não ser deixado intacto, o que torna o arroz mais nutritivo.

O arroz integral/castanho é rico em fibras, carboidratos e minerais, como o manganês e o selênio, e em fitonutrientes, como as lignanas e os compostos fenólicos. (1)

O que isso significa para sua saúde? Há muitos benefícios para a saúde.

Confira alguns:

Benefícios do arroz integral para a saúde

Arroz Integral

Reduz o colesterol e a pressão arterial

A American Heart Association (Associação Americana do Coração) recomenda que metade do prato seja composta por grãos integrais (arroz integral incluso) para reduzir o colesterol. (2)

O arroz integral não só tem fibras, como também o farelo, que ajuda a diminuir o LDL (ou colesterol ruim).

Alguns estudos foram feitos para avaliar o efeito das fibras solúveis e insolúveis na alimentação quanto à diminuição dos níveis da pressão arterial.

Os resultados do estudo foram cruzados, mas os comentários dos usuários sugerem que uma dieta com arroz integral pode regular a pressão arterial. (3)

Promove a perda de peso e controle da diabetes

Muitas vezes, o ganho de peso e a obesidade resultam do nosso apetite insaciável por “saborosos” alimentos ricos em calorias.

Pode ser uma surpresa para você…mas o arroz integral pode realmente influenciar seu cérebro a escolher alimentos saudáveis.

Isto se deve principalmente ao y-orizanol (Orz), um importante componente do arroz integral que reduz o estresse (induzido por dieta hiperlipídica) do retículo endoplasmático situado no hipotálamo.

O referido composto é excelente na prevenção do diabetes relacionado à obesidade. (4)

Além disso, o arroz integral tem uma alta quantidade de ácido fítico, polifenóis, fibra dietética e óleo, o que ajuda a diminuir os níveis de açúcar no sangue. (5)

É o complemento perfeito para a dieta diária daqueles que procuram a regularidade intestinal. Além disso, ele também faz a barriga sentir-se mais completa, o que se traduz em refeição menores.

Possui propriedades antioxidantes

As frutas e legumes costumam ser considerados alimentos antioxidantes. Adicione também o arroz integral na lista para ajudar a eliminar os radicais livres do corpo.

Os radicais livres são formados quando nós nos exercitamos ou quando o corpo converte alimentos em energia.

Eles podem causar danos nas células, resultando em muitas doenças, como câncer, mal de Alzheimer, mal de Parkinson, etc.

Esses radicais livres precisam ser controlados por meio da ingestão de alimentos ricos em antioxidantes. (6)

O arroz integral tem compostos fenólicos e flavonoides, o que o classifica como um alimento antioxidante. (7)

Previne o câncer e os cálculos biliares

Os estudos têm mostrado que os grãos integrais, como o arroz integral, exercem os efeitos antimutagênico e quimiopreventivo — apenas dois benefícios dentre muitos outros que podem ser atribuídos às propriedades antioxidantes mencionadas acima. (8)

Uma dieta regular com arroz integral pode igualmente prevenir os cálculos biliares. Tal resultado se deve ao teor de fibras presente nesse tipo de arroz. (9)

Previne a asma infantil

Há uma preocupação crescente com o aumento da prevalência da asma nas crianças das sociedades ocidentais. A elevação da incidência pode, em grande parte, ser atribuída às mudanças da alimentação.

Os estudos revelam que a adoção de uma dieta rica em grãos integrais e peixes pode diminuir consideravelmente a ocorrência da doença. (10)

Regula o sistema nervoso

O arroz integral tem uma boa quantidade de magnésio, o qual ajuda a regular o funcionamento do sistema nervoso.

O magnésio é um importante mineral que desempenha papel primordial como bloqueador do canal de cálcio, impedindo que este mineral se desloque para as células nervosas e ative-as.

Por meio do bloqueio de cálcio, o magnésio mantém o nosso sistema nervoso relaxado.

Logo, uma quantidade insuficiente de magnésio no organismo pode acarretar muitos problemas de saúde, como hipertensão arterial, enxaquecas, espasmos musculares, etc. (11)

Promove a manutenção de ossos saudáveis

Sempre soubemos que o cálcio é ótimo para manter nossos ossos saudáveis. Mas o magnésio, encontrado em abundância no arroz integral, também tem um papel a desempenhar no mesmo sentido.

Os ossos são um armazém de magnésio — contêm dois terços de todo o mineral presente no corpo. O arroz integral pode ajudar a manter esses estoques bem reabastecidos.

Candidíase

É o complemento perfeito durante o tratamento da candidíase, uma vez que níveis glicêmicos elevados e alimentos açucarados estão proibidos durante a maioria dos protocolos de tratamento de infecções fúngicas causadas pelo fungo Candida.

A sua digestibilidade natural juntamente com o seu alto teor de fibras ajuda os sistemas digestivos mais sensíveis a recuperar de um supercrescimento de organismos candida.

Descubra os Benefícios do Leite de Arroz

O arroz integral é melhor do que o arroz branco?

O Arroz Integral é Melhor Do Que O Arroz Branco

Sim, é. Enquanto muitos benefícios nutricionais do arroz integral provêm das fibras (mantidas intactas), o arroz branco é o produto derivado de um profundo refinamento.

A trituração completa dos grãos destrói 67% da vitamina B3, 80% da vitamina B1, 90% da vitamina B6, metade do manganês, metade do fósforo e 60% do ferro.

Quase todas as fibras alimentares e ácidos graxos essenciais são perdidos nesse processo de trituração, tornando o arroz branco um “primo pobre” do arroz integral.

Enquanto o arroz integral ajuda a diminuir os níveis de glicose do sangue, o arroz branco é incapaz de fazer o mesmo, pois as quantidades elevadas de ácido fítico, polifenóis e fibras alimentares presentes no arroz integral se perdem na moagem.

Conheça os Benefícios do Vinagre de Arroz

Tipos de arroz integral e seus benefícios

O arroz integral está disponível em várias versões — grão longo, grão curto, arroz basmati, arroz germinado, etc.

Apesar de todas as variedades serem nutritivas, o arroz germinado fica à frente dos demais. Muitos estudos têm sido realizados para entender por que o arroz germinado é o melhor de todos.

Ele não supera os outros apenas quanto aos componentes nutricionais, como vitaminas, minerais, fibras e aminoácidos essenciais.

O arroz germinado contém mais compostos bioativos, como o ácido ferúlico, y-orizanol e ácido gama-aminobutírico. (12)

Esses nutrientes estimulam o sistema imunológico, reduzem a pressão arterial, inibem o desenvolvimento de células cancerosas e diminuem a ansiedade. (13)

Além disso, eles costumam desempenhar uma atividade antioxidante superior a de outras variedades de compostos. (14)

Então, na próxima vez que você ficar entre o arroz branco e o arroz integral, prefira o segundo.

Se possível, experimente o arroz integral germinado para obter benefícios adicionais.

Informação Nutricional

Informação Nutricional Do Arroz Integral

Desvende os Benefícios do Arroz Integral Germinado

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 01/10/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 1/10/2018 às 12:19 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)