Fotos Antes e Depois

Artrite infantil – Sintomas e Tratamento

Quando se fala em artrite, a primeira coisa que vem à cabeça são pessoas mais velhas com problemas reumatológicos. Contudo, na realidade, esta doença não afeta apenas idosos, podendo ocorrer em qualquer idade.

Nalguns casos mais raros, pode até atingir bebês e crianças, desde recém-nascidos até adolescentes de 16 anos.

Também denominada de artrite reumatóide juvenil ou artrite idiopática infantil ou juvenil, esta doença provoca dor, febre, inchaço e rigidez nas articulações. Conheça um pouco melhor esta doença, as suas causas e sintomas, e ainda, como diagnosticar e tratar. Confira.

O que é artrite infantil

Artrite infantil ou Artrite Idiopática Juvenil

A artrite infantil é um problema reumatológico crônico raro que leva ao surgimento de inflamação em uma ou mais articulações.

Geralmente, esta doença surge devido a uma alteração no sistema imunitário da criança, que provoca a inflamação e a destruição da membrana articular.

As causas de artrite são ainda desconhecidas, estando a ser estudados atualmente fatores infecciosos, hereditários, endócrinos, imunológicos e genéticos. Apesar do estudo de fatores hereditários, na realidade este problema não passa de pais para filhos, sendo muito habitual não haver mais que um caso numa família.

Embora esta doença possa surgir em crianças até aos 16 anos, a artrite infantil afeta geralmente crianças que vão dos 18 meses até aos 3 anos de idade, sendo mais frequente ocorrer em elementos do sexo feminino. Este é um problema que não tem cura, mas que com o tratamento adequado, pode ser controlado, permitindo assim a criança ter uma vida normal.

Sintomas da artrite infantil

Este problema reumatológico manifesta-se através de vários sintomas. Estes incluem:

  • inchaço de articulações;
  • dores na ou nas articulações afetadas;
  • febre constante, geralmente à noite;
  • fadiga excessiva;
  • falta de apetite;
  • dificuldade em movimentar os membros com as articulações afetadas;
  • rigidez articular.
O que Procura?
Tendinite no Tornozelo

Em várias situações, há crianças que não se queixam das dores, e como tal, há outros sinais que permitem perceber que algo está errado. Assim, nestes casos deve estar atento a dificuldade em usar as mãos em movimentos como agarrar com os dedos, pintar ou escrever, começar a mancar, ou estar muito quieto.

Como diagnosticar a artrite infantil

Caso verifique alguns dos sintomas anteriormente mencionados no seu filho e suspeite de que possa existir artrite infantil, deve então consultar o médico pediatra, que fará uma primeira avaliação, e caso seja necessário, que reencaminhe para um médico especializado.

O diagnóstico para esta doença não é muito simples, pois não existem exames que consigam confirmar a existência deste problema.

Para diagnosticar a artrite infantil o médico irá realizar vários exames para despistar outros problemas, sendo por isso um processo de eliminação e de exclusão de partes. Caso o médico diagnostique esta doença ao seu filho, é então necessário definir o tratamento mais adequado para aliviar sintomas e dar qualidade de vida.

Como tratar a artrite infantil

O tratamento para a artrite infantil, como referimos em cima, não tem como objetivo curar, mas sim dar maior qualidade de vida, e assim, permitir uma rotina normal à criança.

O tratamento, definido e orientado por um médico reumatologista pediátrico, consiste na toma de medicação, mas também, em fisioterapia.

A medicação é feita com remédios anti-inflamatórios como o Naproxeno ou o Ibuprofeno. Estes remédios são receitados com doses apropriadas e adaptadas para o peso da criança.

Nos casos em que este problema afete apenas uma articulação, o médico pode ainda prescrever corticoides injetáveis, como por exemplo o Prednisona. Este medicamento irá ajudar a aliviar os sintomas durante algum tempo, complementando a ação dos anti-inflamatórios.

Relativamente ao tratamento fisioterapêutico, este tem como objetivo aliviar a dor e aumentar a capacidade de utilização da articulação. Dessa forma, a criança com artrite infantil tem maior capacidade funcional para realizar algumas atividades físicas, o que ajudará a aumentar a qualidade de vida e a própria autoestima da criança. A realização de atividade física tem de ser definida pelo médico e pelo fisioterapeuta.

O que Procura?
Fisioterapia para tendão de Aquiles

Continua » 19 Óleos Essenciais para Artrite, Dores e Rigidez nas Articulações

19. setembro 2015 by Filipe

One Comment

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *


  1. Eu gostava de saber mais como combater a artrite séptica nos bebês de 0 a 2 anos.

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *