Fotos Antes e Depois

Aspirina: (ácido acetilsalicílico, AAS)

Para que serve? O ácido acetilsalicílico (AAS) popularmente conhecido pelo nome aspirina é uma substância activa que se encontra no mercado farmacêutico em apresentações sujeitas ou não a receita médica. Este medicamento é um fármaco anti-infamatório não esteróide (AINE). Actua por inibição de diferentes processos químicos no organismo que causam a dor, a inflamação e a febre. Reduz também a tendência para o sangue formar coágulos impedindo que as plaquetas agreguem.

Aspirina Bayer

A aspirina é um analgésico usado e indicado para tratar a dor e a febre, aliviar a dor e a infamação associadas a artrite e outras situações inflamatórias e impedir que as plaquetas formem agregados no sangue. Pode também ser usado para tratar outras situações determinadas pelo médico.

Que doenças ou sintomas trata a aspirina

A aspirina oral é utilizada para tratar:

Ataque cardíaco, Previne o Reinfarto do Miocárdio, prevenir o ataque cardíaco, Síndrome Coronária Aguda, dor no peito Constritiva e imprevisível, Prevenção de coágulos de sangue no cérebro, trombose cerebral aguda, ataque isquêmico transitório, prevenção de ataques isquêmicos transitórios, Prevenção de coágulos de sangue após uma cirurgia coronária percutânea, dores, artrite reumatóide, doença inflamatória das articulações em crianças e adultos jovens, lesões articulares que causam dores e perda de função dos membros, febre, dores de cabeça.

O ácido acetilsalicílico também pode ser utilizado no tratamento da Febre reumática, inflamação do coração com febre reumática, doença de Kawasaki.

Antes de usar este medicamento

Alguns medicamentos ou situações clínicas podem interagir ou impedir o uso deste medicamento. Informe o médico de todos os medicamentos sujeitos ou não a receita médica que está a tomar tendo especial atenção aos inibidores da anidrase carbónica (ex: acetazolamida), mifepristone, acetazolamida, diluentes de sangue: anticoagulantes (heparina, varfarina), fármacos anti-inflamatórios não esteróides (ex.: ibuprofeno, cetorolac, naproxeno), antidiabéticos orais, metotrexato, ácido valpróico, inibidores da enzima de conversão da angiotensina (ex.: enalapril), corticosteróides (como a prednisona), metotrexato, medicamentos à base de plantas, tais como ginkgo biloba.

Antes de utilizar este produto, consulte o médico se você tiver recebido recentemente certas vacinas (como vacina contra a varicela ou vacina contra a gripe).

Para evitar a overdose de aspirina, leia os rótulos cuidadosamente antes de tomar outros analgésicos ou produtos para se certificar que não contêm aspirina.

Informe o médico de outras situações clínicas, tais como asma, alterações da coagulação do sangue, pólipos nasais, doença hepática ou doença renal, úlcera gástrica, azia, dor de estômago, deficiência de vitamina K, alergias, gravidez ou amamentação.

O que Procura?
Remédios que podem fazer mal e causar danos nos rins

Se se tratar de uma criança informe o médico caso tenha fragilidade dos vasos sanguíneos (aneurisma cerebral), hemorragia cerebral, ou síndrome de Kawasaki.

O uso diário de NSAIDs (tais como o ibuprofeno) pode diminuir a capacidade da aspirina na prevenção de ataques cardíacos / acidente vascular cerebral. Se estiver a tomar uma dose baixa de aspirina como prevenção de ataques cardíacos / acidente vascular cerebral, consulte o seu médico ou farmacêutico para mais informações e discuta outros possíveis tratamentos (tais como o acetaminofeno) para as dores / febre.

Testes laboratoriais

A aspirina pode interferir com alguns testes laboratoriais (incluindo alguns testes de açúcar na urina), causando resultados falsos. Certifique-se de que o pessoal do laboratório de análises e todos os médicos sabem que está a tomar este medicamento.

Medicamentos que interagem com a aspirina

A aspirina pode interagir com os seguintes medicamentos:

Interações graves:

Estes medicamentos não são normalmente tomados em conjunto. Consulte o seu profissional de saúde (por exemplo, médico ou farmacêutico) para obter mais informação.

  • AINEs; Aspirina (> 81 mg) / KETOROLAC (injetáveis)
  • ANTICOAGULANTES / MIFEPRISTONE
  • NSAID; Aspirina (> 81 mg) / KETOROLAC (não injectáveis)

Interações graves:

Estes medicamentos podem interagir e causar efeitos muito prejudiciais. Consulte o seu profissional  ou farmacêutico para obter mais informação.

  • Aspirina (<OR = 81 mg) / KETOROLAC (injetáveis)
  • Aspirina (<OR = 81 mg) / KETOROLAC (não injetáveis)
  • Salicilatos SELECIONADOS / metotrexato (ONCOLOGIA-injecção)
  • Antiagregantes plaquetários / Edoxaban
  • ASPIRINA / anagrelida
  • Antiagregantes plaquetários / apixaban
  • antiagregantes plaquetários; Aspirina (> 81 mg) / rivaroxabana
  • ALTA dose de aspirina / ticagrelor
  • Salicilatos / vírus varicela vacina viva
  • Antiagregantes plaquetários / dabigatrana
  • AINEs selecionada; Aspirina (> 325 mg) / pemetrexed
  • Salicilatos / VÍRUS INFLUENZA vacina viva
  • Salicilatos selecionar / metotrexato (baixa resistência INJ, ORAL)
  • Aspirina (> 81 mg); Salicilatos / ANTICOAGULANTES SELECIONADOS

Interacções moderadas:

Estes medicamentos podem causar algum risco, quando tomados em conjunto. Consulte o seu médico ou farmacêutico para mais informação.

  • Salicilatos / CORTICOSTERÓIDES
  • Aspirina (Para cardioproteção) / AINEs SELECIONADOS
  • Aspirina (> 81 mg E <= 325 mg) / pemetrexed
  • Aspirina (<OR = 81 mg) / rivaroxabana
  • Aspirina (<OR = 81 mg) / ANTICOAGULANTES
  • LOW dose de aspirina / metotrexato (ONCOLOGIA-injecção)
  • Dose baixa de aspirina / dabigatrana
  • Dose baixa de aspirina / apixaban
  • ANTICOAGULANTES; antiagregantes plaquetários; Trombolíticos / DROTRECOGINA
  • Aspirina (> 81 mg); Indometacina / tiludronato DISODIUM
  • ALTA dose de aspirina / inibidores da ECA
  • AINEs; ASPIRINA / SSRIS; IRSNs
  • PLAQUETAS AGREGAÇÃO INIBIDORES / Lepirudina
  • Salicilatos / ácido valpróico
  • ASPIRINA / ticlopidina
  • Aspirina (> 81 mg); Salicilatos / inibidores da anidrase carbônica
  • Aspirina (> 81 mg); Salicilatos / antidiabéticos, ORAL
  • Aspirina (> 81 mg); Salicilatos / uricosurics
  • Salicilatos SELECIONADOS / HEPARINA

Como usar o ácido acetilsalicílico

Embalagem de ácido acetilsalicílico (AAS)

Antes de usar este medicamento, consulte um médico ou farmacêutico no caso de ter dores de cabeça causadas por lesões na cabeça, tosse, ou se você tem uma dores de cabeça persistentes, vómitos, febre e rigidez do pescoço.

Tome este medicamento exactamente como indicado na bula do folheto informativo, a menos que tenha instruções diferentes do médico. Tome este medicamento com ou sem alimentos. Tome com um copo cheio de água ou leite.

O que Procura?
Top 10 Suplementos Ayurvédicos Para Aumentar a Altura

O que fazer se esquecer de tomar o ácido acetilsalicílico

Se se esqueceu de tomar uma dose deste medicamento e o estiver a tomar regularmente deve tomá-la o mais cedo possível. Se estiver quase na hora da dose seguinte então salte a dose esquecida e retome o esquema habitual de tomas. Não tome 2 doses de uma só vez. Armazene este medicamento no recipiente original à temperatura ambiente, ao abrigo da luz e da humidade. Não use este medicamento se ele apresentar um cheiro típico a vinagre.

Cuidados e contra indicações

Não tome este medicamento se teve alguma reacção alérgica ao ácido acetilsalicílico, ibuprofeno, naproxeno, ou a qualquer outro medicamento usado para tratar a dor, a febre, o edema, ou a artrite.

Se estiver a tomar este medicamento para as dores ou para a febre e os sintomas não melhorarem no período de alguns dias ou se se agravarem, contacte o seu médico. Não tome este medicamento por mais de 7 dias após qualquer cirurgia, a não ser que tenha essa indicação do médico.

Não tome este medicamento durante mais de 10 dias para as dores ou mais de 3 dias para a febre, a não ser que tenha essa indicação do médico. Não dê este medicamento a uma criança ou a um adolescente que tenha varicela, gripe, ou alguma outra infecção viral.

O uso deste medicamento para tratar os sintomas de uma infecção viral pode causar uma doença grave chamada síndrome de Reye.

Se beber mais de 3 bebidas alcoólicas por dia não tome o ácido acetilsalicílico sem primeiro falar com o médico. Antes de iniciar a toma de qualquer novo medicamento, sujeito ou não a receita médica, consulte o seu médico ou farmacêutico. Isto é válido para medicamentos que contenham ácido acetilsalicílico ou salicilatos.

Antes de efectuar qualquer tratamento, cuidados de emergência, ou cirurgia, incluindo cirurgia dentária, diga ao médico ou ao dentista que está a tomar este medicamento.

Gravidez

A aspirina não é recomendada durante a gravidez. Consulte o seu médico antes de usar este medicamento caso esteja ou pensa que pode estar grávida. Informe o médico imediatamente se engravidar enquanto estiver a tomar este medicamento.

Se estiver nos últimos 3 meses de gravidez não tome este medicamento sem primeiro falar com o médico, uma vez que pode causar possíveis danos ao bebê, problemas na gestação ou durante o parto.

Amamentação

A aspirina passa para o leite materno e pode prejudicar o lactente. Não se recomenda a amamentação durante o uso desta droga. Consulte o médico antes de amamentar.

Reacções adversas / Efeitos secundários

Os efeitos adversos, que podem aparecer durante o tratamento, incluem dor de estômago, azia, sensação de ardência ou náuseas. Se persistirem ou forem incomodativos fale com o médico.

O que Procura?
Vick Vaporub: 16 Utilidades Impressionantes da Pomada Vicks VapoRub

Contacte o médico o mais cedo possível se sentir ou tiver uma reacção alérgica grave (vermelhidão, urticária, comichão, cansaço inexplicável, coceira, dificuldade respiratória, urina escura, sintomas de problemas nos rins, urina em excesso, aperto no tórax, inchaço: edema da boca, face, lábios ou língua) vómitos, náuseas, olhos e pele amarela (icterícia) diarreia, confusão, sonolência, dor forte de estômago, fezes com sangue ou negras, tonturas, perda de audição ou zumbido.

A aspirina raramente pode causar hemorragias graves no estômago, intestino ou outras áreas do corpo. Se notar qualquer um dos seguintes efeitos secundários raros, mas muito graves, procure atenção médica imediata: fezes escuras / pretas,  dor persistente no abdomen e estômago, vômito que se parece com borra de café, fala arrastada, fraqueza em um lado do corpo, alterações súbitas da visão ou dor de cabeça severa.

Se observar outros efeitos não referidos anteriormente contacte o seu médico ou farmacêutico.

Não esmague ou mastigue os comprimidos ou cápsulas de libertação prolongada. Se o fizer, pode libertar todo o fármaco de uma só vez, aumentando o risco de efeitos colaterais.

Lista de efeitos colaterais da aspirina por ordem de gravidade

Os seguintes efeitos secundários estão associados com a aspirina:

Efeitos colaterais comuns:

  • excesso de ácido no estômago
  • Vontade de vomitar
  • Azia
  • Irritação do estômago ou intestinos
  • Cólicas
  • Vomitar

Efeitos secundários raros:

  • Ruptura na parede do estômago ou do intestino
  • Anemia
  • Sangramento do estômago ou intestino
  • Sangue proveniente do ânus
  • broncoespasmo
  • Diminuição da capacidade de coagulação das células de plaquetas
  • Diminuição de plaquetas no sangue
  • Diminuição das células brancas no sangue
  • sonolência
  • angioedema
  • Anemia hemolítica
  • Hemorragia cerebral dentro do crânio
  • Hepatite causada por drogas
  • urticária
  • Inflamação da pele causada por uma alergia
  • Nefrite intersticial
  • coceira
  • Grandes manchas roxas ou marrom na pele
  • Reações alérgicas fatais
  • Zumbido nos ouvidos
  • convulsões
  • pequenas bolhas na pele
  • úlcera no estômago ou úlcera intestinal
  • Dificuldade em respirar
  • sibilância
  • Testes de função hepática anormais
  • ardência no estômago
  • Indigestão
  • Perda de apetite
  • Erupção cutânea
  • Vermelhidão da pele

Esta não é uma completa lista de possíveis efeitos secundários. Se você observar outros efeitos não listados acima, contacte o seu médico ou farmacêutico.

Sobredosagem / Overdose de aspirina

Se tomou mais do que a dose recomendada de aspirina contacte o centro de Informação Antivenenos (CIA\) do INEM: 808 250 143, imediatamente. Os sintomas da sobredosagem de aspirina podem incluir agitação, febre, perda de audição, respiração lenta, tonturas, letargia, zumbido, dor de cabeça, vómitos, dor abdominal e convulsões.

Para mais informações sobre a bula do fármaco, consulte o folheto do Infarmed disponivél em PDF: http://www.infarmed.pt/infomed/download_ficheiro.php?med_id=639&tipo_doc=fi

Nomes comerciais

AAS; ASP; Ácido Acetilsalicílico Ratiopharm; Actipiril; Asacard; Aspirina; Cartia; Migraspirina; Toldex retard; Tomalyt.

Preço (Infarmed)

Preço da aspirina (Ácido acetilsalicílico)

18. agosto 2016 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *