Astrágalo: Para que serve, quais os Benefícios e Contra indicações - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Astrágalo: Para que serve, quais os Benefícios e Contra indicações

O que é o Astrágalo? o Astrágalo ou Astragalus é uma planta nativa da Ásia.

O nome chinês da erva, huang qi, significa “líder amarela”, porque a raiz é amarela e é considerada uma das ervas mais importantes na medicina tradicional chinesa.

A parte da planta utilizada medicinalmente é a raiz.

astragalo-astragalus-propinquus

Na medicina tradicional chinesa, o astrágalo é normalmente usado em decocção – as raízes são fervidas em água, e em seguida, removidas.

É muitas vezes combinada com outras ervas, como o ginseng.

O Astrágalo também pode ser encontrado e comprado em forma de suplemento em algumas lojas de produtos naturais e ervanárias.

Outros nomes pelos quais é conhecido: Astragalus membranaceus, Astragalus propinquus, Huang Qi, Bei Qi, Hwanggi, ervilhaca do leite.

Para que serve o Astrágalo?

raiz-de-astragalo

O astrágalo é usado na medicina tradicional chinesa para os suores nocturnos, diarreia e como um tónico energizante, que é tomado diariamente em determinadas épocas do ano.

No entanto faltam apoios científicos que afirmem realmente os potenciais benefícios potenciais do astrágalo para a nossa saúde.

Função Imune

Um dos usos principais do astrágalo, na medicina alternativa, é melhorar a função imunológica.

Embora ainda sejam necessárias provas científicas, os benefícios referidos pela Medicina Tradicional Chinesa é que a planta aumenta a produção de células do sistema imunológico, possui atividade antiviral e ajuda na prevenção de resfriados.

Existem poucas evidências de estudos em seres humanos, sobre a eficácia do astrágalo como uma planta antiviral.

Veja 11 remédios naturais para resfriados.

Doenças cardíacas

O Astrágalo também é usado para diversos problemas cardíacos.

Tem um efeito diurético que ajuda a diminuir a pressão sanguínea, ajudando a relaxar os vasos sanguíneos.

A planta não tem sido explorada em estudos com seres humanos, e desta forma não deve ser utilizada como um substituto ao tratamento convencional.

Contra indicações e Efeitos Secundários

As pessoas com doenças auto-imunes, tais como a doença de Crohn, esclerose múltipla, psoríase, artrite reumatóide, diabetes tipo 1 ou lúpus eritematoso sistémico, não devem usar o astrágalo, a menos que recomendado por um profissional de saúde qualificado.

As pessoas que realizaram uma cirurgia de transplante também não devem usar a planta.

O astrágalo é uma planta que pode interferir com a eficácia dos medicamentos corticosteróides e dos fármacos que suprimem o sistema imunitário.

Teoricamente“, o astrágalo pode aumentar a eficácia dos medicamentos antivirais, tais como o aciclovir (Zovirax) e a amantidina (amantadina).

Os suplementos à base de astrálago ainda não foram testados quanto à sua segurança devido ao fato de grande parte desses suplementos não serem regulados, sendo necessária muita cautela com a origem destes suplementos, porque muitas vezes o conteúdo destes produtos são diferentes do que é especificado no rótulo do produto.

Tenha também em mente que ainda não foi estabelecida qualquer segurança com a ingestão deste tipo de suplementos em mulheres grávidas, lactantes, crianças e aqueles com condições médicas ou que estão a tomar medicamentos.

Se você está a considerar comprar e usar o astrágalo, antes de o fazer fale com o seu prestador de cuidados primários.

Atualizado em 13 Janeiro 2018

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade

Isensão de Responsabilidade: A nossa plataforma foi criada com o objetivo de facilitar o acesso a informação de valor "Saúde com Ciência", baseada em estudos científicos. Tudo o que publicamos tem uma base científica. No entanto, nenhuma das publicações têm o objetivo de servir como diagnóstico, sendo sempre indicada consulta médica. O mesmo se refere a tratamentos, clínicas, suplementos e medicamentos indicados. A indicação, dosagem, e forma de uso é apenas ilustrativa, não estando indicada a automedicação ou suplementação sem antes haver indicação médica profissional. O mesmo se refere aos preços dos produtos por vezes indicados. Esses valores são baseados no ano de 2018 e servem apenas como informação auxiliar, não estando a nossa plataforma de nenhuma forma a ligada a essas empresas.