Azeda (Erva Azeda): Conheça seus Benefícios e Propriedades - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Azeda (Erva Azeda): Conheça seus Benefícios e Propriedades

Atualizado em 30 novembro, 2016

A planta Azeda de nome cientifico (Rumex acetosa) é uma erva cheia de benefícios. A sua raiz purifica o sangue. Quando Tomada em forma de chá alivia problemas respiratórios (bronquite, asma). É mais rica em vitamina A que a cenoura. Os talos e as folhas usam-se contra doenças do sangue e dos sistema nervoso.azeda Rumex acetosa

Em portugal também é conhecida por outros nomes, sendo eles, azedas-bravas, erva-vinagreira ou vinagreira. A erva azeda é uma planta do género Rumex que cresce no Norte da Península Ibérica.

Apesar de ser uma planta que se dá bem em qualquer tipo de solo, a erva azeda prefere os terrenos mais húmidos dos bosques, mais ricos em ferro e as zonas sombrias, principalmente onde predominam alguns cursos de água.

A erva azeda é uma planta fácil de cultivar e pode recolectar-se entre os meses de Abril e Junho.

Outros usos – Graças ao seu sabor peculiar, ela é usada como condimento na elaboração de vários pratos, cozida ou em saladas. A sopa de erva azeda é um prato muito vulgar em vários países da europa. Apresenta também efeitos diuréticos e é expectorante.

Devido ao seu elevado conteúdo de Vitamina C considera-se uma planta antiescorbútica.

Propriedades da planta azeda

A sua acidez deve-se ao bioxalato de potássio (5 a 9%), que é também um dos principais responsáveis pelas suas qualidades medicinais. Contém vitamina C (80 mg/100 g), quercitrina, vitexina e derivados antraquinónicos como a emodina e os taninos.

Atualizado em 30 novembro 2016

4 Comentários no Fórum

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *


  1. Obrigadoooo, meus amigos la na minha escola de ha muitos anos comiam isso, e eles diziam que era muito bom, mas como era uma erva pensei que fosse nojento.

  2. Em resposta ao Sr. Pedro lhe respondo que aqui na minha zona do Algarve, não há campo que não tenha “”AZEDAS”” a florir, principalmente de baixo de pomares de laranjeiras.
    Por acaso o Sr. Pedro tem alguma boa ideia de como utilizar ou extrair benefícios de esta linda planta e que possa compartilhar comigo? Pois eu já lhe chamo de praga. É tantas que tenho que não dou vencido em as controlar, e ainda bem que o seu ciclo de floricultura é até meados de Abril a Maio, sendo que com o calôr sucumbem e voltam depois a aparecer no fim ou no principio do ano seguinte. Assim também acontece com as “”urtigas”” que também tenho bastante e difícil de as controlar e também não sei o préstimo de esta planta, ou mesmo como a utilizar para obter benefícios de ela.
    Agradeço o seu comentário
    Jack

  3. Bom Dia…
    Cá na minha zona do “”Algarve”” a erva a que se chama de “”AZEDAS””, que tem um cale compridinho e uma florinha amarela, que se abre durante o dia soleado e se fecha há noite, se chama de “”BOAS NOITES”” ou “”ervas boas-noites””, talvez pelo facto de ela se fechar ao não mais ter a luz direta do sol.
    Tem alguma relação com este vosso titulo?
    “”Azedas ou erva-canária, erva-azeda-amarela, trevo azedo, erva mijona/ Bermuda buttercup, African wood-sorrel – (Oxalis pes-caprae)”” Eu no meu campo tenho muita de esta erva, linda, linda e que faz lindas paisagens. E a minha pergunta será? Será benéfica para algum uso para chá ou extrair o suco azedo para pesticidas biológicas ou para tratamentos há base de chá ou mesmo para consumo? Eu e meus colegas quando eramos pequeninos, costumávamos a mastigar os caules e que sentíamos o azedum, mas que nos diziam que aquele azedum vitaminoso era bom e fortificante para nos proporcionar forças em muitos sentidos. Seria verdade? Hoje não uso esta dica.
    Agradeço os nossos comentários
    Atenciosamente
    Jack

  4. Ola… sabe onde posso encontrar à venda a erva azeda?
    tenho procurado pelo porto inteiro e nao a encontro
    um abraço…
    Pedro Renato

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *