Bioplastia para Aideticos

Para os homens aideticos e mulheres aideticas a lipoatrofia ou lipodistrofia facial , que é a perda de gordura no rosto é uma lembrança muito constante para quem têm a sida. As principais características desta lipoatrofia facial são o encovar das bochechas, olhos e têmporas devido à perda de gordura subcutânea.fotos lipodistrofia facial antes e depois Em alguns casos, a lipodistrofia facial associa-se muito ao desgaste provocado pelo Hiv e confere um aspecto de doente a alguns indivíduos com sida mas que estão perfeitamente saudáveis. Em muitos casos, as pessoas VIH positivas que têm uma lipoatrofia facial podem sentir-se bastante estigmatizados e fortemente deprimidos.

A lipodistrofia facial é caracterizada pelo rosto afundado, perdendo bitemporal, e um sulco nasogeniano profundo, ou seja, os pacientes começam a desenvolveer um rosto oco ao longo dos anos . Esta aparência facial é facilmente reconhecível e pode servir como um estigma social para os pacientes com HIV, causando um enorme estresse psicológico. Muitos destes pacientes aideticos associados a uma  lipoatrofia da face estão ansiosos para corrigir a sua aparência. Na bioplastia, o polimetilmetacrilato (PMMA) é muito usado em implantes faciais e do corpo, pelas seguintes razões:

  • Biocompatibilidade
  • Não migra ou move-se do local da aplicação
  • Não tem Nenhuma reação alérgica
  • Não há necessidade de testes de sensibilidade
  • A zona é Esculpida no momento da aplicação
  • O Preço de Custo é relativamente barato
  • O Tratamento é ambulatorial
  • Apenas são necessarias pequenas quantidades de um anestésico local
  • A quantidade do produto  a aplicar depende do grau de correção desejado
  • O Pmma pode ser aplicado em diversas camadas da pele e nos tecidos mais profundos (subcutâneo, justa-periostium, mucosas e intramuscular)
  • Tem uma  incidência baixa de complicações

 

A Bioplastia não é apenas mais uma técnica de preenchimento facial e corporal igual ás tecnicas tradicionais, ela vai muito além do enchimento. Enquanto que um preenchimento de biomateriais é feito no interior ou sob a pele, a Bioplastia é feita em níveis muito mais profundos, permitindo a criação de novas formas e ângulos faciais, o que é o ideal para os Aideticos.

Em 2006 foi feita uma pesquisa realizada por Luiz Carlos Duílio Garbossa, em que bioplastia foi usada com sucesso no tratamento desta sidrome.

Nas pessoas soropositivas, a síndrome aparece como um efeito colateral do uso dos medicamentos anti-retrovirais, o chamado coquetel. Há dois anos, em 2004, uma Portaria do Ministério da Saúde (nº 2.582, de 2/12/2004) prevê a realização de cirurgias reparadoras, entre elas a bioplastia está incluida, para o tratamento “visual” desta doença em aidticos (Aids) pelo SUS ( o Sistema Único de Saúde do Brasil). Todos os custos do tratamento são bancados pelo Ministério da Saúde e pela Secretaria Estadual de Saúde.

Riscos e possiveis Complicações

Não se apresentam grandes reações adversas, como rejeição ao produto ou necrose dos tecidos. As complicações mais frequentes poderão ser : Aparecerem pequenos hematomas ou ser necessario retiral o PMMA devido a este ficar muito aparente e pouco estético em alguns casos.

Conclusões Finais

O uso da bioplastia para este tratamento representa um grande avanço para os soropositivos, já que a perda de gordura no rosto é o maior problema para as pessoas aideticas afetadas por um efeito colateral da terapia anti-HIV. E nós sabemos que uma roupa bem escolhida pode disfarçar o nosso corpo, como um abdomen mais saliente e membros corporais mais magros, mas o rosto fica sempre visivel, o que pode causar serios problemas psicologicos, depressão severa entre outros.

Até breve…

Sonia C

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Esta matéria tem 1 Comentário
  1. Keila Reply

    Sou soro positivo e gostaria de fazer a bioplastia facial,moro em Duque de Caxias,como devo proceder para a realização do procedimento?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 2:26 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)