Blefarite: Óleo de rícino e Ômega 3 ajuda a aliviar a coceira, irritação, ardor e dor

Com esta matéria vamos dar continuidade aos remédios caseiros indicados para o tratamento e alivio da coceira, irritação, ardor e dor causada nos cílios, alguns dos sintomas de blefarite.

Óleo de Rícino

óleo de rícino 100% puro, orgânico, e livre de hexano

O óleo de rícino é um tratamento bastante eficaz que você pode realizar em sua casa. O ácido ricinoleico (ácido 12 – hidroxi-9-cis-octadecenóico) presente no óleo de rícino funciona como um agente anti-inflamatório. Ajuda a aliviar a coceira, irritação, ardor e as dores associadas a esta condição oftalmológica.

  • Lave as pálpebra e os cílios cuidadosamente com água morna.
  • Aplique uma compressa quente sobre as pálpebras durante 5 minutos.
  • Use um cotonete para aplicar o óleo de rícino nos cílios, mantendo as pálpebras fechadas, antes de ir para a cama, para evitar a formação de crosta.
  • Na manhã seguinte, lave os olhos abundantemente com água morna.
  • Repita este processo uma vez por dia, durante alguns dias.

Nota: Certifique-se de usar óleo de rícino 100% puro, orgânico, e livre de hexano.

Ômega 3

Alimentos ricos em ácidos gordos ômega 3

Os ácidos gordos ômega 3 pode ajudar a aliviar os sintomas de blefarite, especialmente quando esta está associada com a rosácea ocular.

Esses ácidos gordos ajudam a garantir um funcionamento saudável das glândulas meibomianas, essenciais para uma lubrificação adequada dos olhos e conforto das pálpebras.

Um estudo realizado em 2013, publicado no International Journal of Ophthalmology relata que os ácidos gordos ômega 3 têm um papel positivo na síndrome do olho seco, bem como em condições tais como a blefarite e doenças das glândulas meibomianas.

Inclua na sua dieta alimentos ricos em ácidos gordos ômega-3, como o salmão, atum, truta, sementes de linhaça e nozes. Também pode tomar suplementos. Para saber a dosagem correta a tomar, consultar sempre o seu médico oftalmologista.

Continuação » Blefarite: Óleo de coco e Aloe Vera ajudam a reduzir vermelhidão, inchaço, coceira e dor

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 16/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 16/01/2018 às 2:56 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)