Bloqueio Atrioventricular - Tratamentos, Sintomas, Diagnostico e Causas
Fotos Antes e Depois

Bloqueio Atrioventricular

Saiba tudo sobre o Bloqueio Atrioventricular – Tratamentos, Sintomas, Causas e Diagnosticos

CARACTERISTICAS DO DIAGNOSTICO
. Bloqueio Atrioventricular de primeiro grau: condução retardada no nível do nó atrioventricular; intervalo PR > 0,20 s.
. Bloqueio Atrioventricular de segundo grau: Mobitz I – prolongamento progressivo do intervalo PR e intervalo R-R decrescente, antes de um impulso sinusal bloqueado; o Mobitz II apresenta intervalo PR fixo, antes da omissão de um batimento.
. Bloqueio Artioventricular de terceiro grau: bloqueio total no nó ou abaixo dele; as ondas P e os complexos QRS ocorrem independentemente um do outro, ambos em frequência fixa.
. As manifestações clínicas do bloqueio de terceiro grau incluem dor torácica, síncope e dispnéia; ondas a em canhão aparecem nas veias do pescoço; a intensidade de B1 varia

DIAGNOSTICO DIFERENCIAL
Causas de bloqueio atrioventricular de primeiro grau e Mobitz I:
. Aumento do tônus vagal
. Fármacos que prolongam a condução atrioventricular
. Todas as causas de bloqueio de segundo e terceiro graus

Causas de Mobitz II e bloqueio atrioventricular de terceiro grau:
. Doença degenerativa crônica do sistema de condução (síndromes de Lev e de Lenègre)
. Infarto agudo do miocárdio; infarto miocárdico inferior provoca bloqueio total no nó, enquanto o infarto miocárdico anterior ocorre abaixo dele.
. Miocardite aguda (p. ex., doença de Lyme, miocardite viral, febre reumática)
. Intoxicação digitálica
. Congênito

BLOQUEIO ATRIOVENTRICULAR TRATAMENTOS
. Em pacientes sintomáticos com Mobitz I, marca-passo permanente
. Para aqueles com Mobitz II ou bloqueio atrioventricular de terceiro grau infranodal, marca-passo permanente, a menos que exista uma causa reversível (p. ex., toxicidade farmacológica, infarto miocárdico inferior ou doença de Lyme)

Dica
Uma “confusão de sons atriais” pode ser criada por contrações atriais em frequências diferentes das ventriculares, como, por exemplo, no bloqueio atrioventricular total.

Referência
Da Costa D, Brady WJ, Edhouse J

Atualizado em 13 Janeiro 2018

One Comment

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *


  1. Tenho bloqueio atrioventeicular de segundo grau. Não sei se é do tipo 1 ou do tipo 2. Mais sinto muito cansaço e de uns tempos para cá os cansaços aumentaram, antes eu sentia 1 vez por semana ou até mesmo umas 2 a 3 vezes por mês ou só quando ficava muito nervosa, agora mesmo estando tranquila sem nervoso passo quase a semana toda cansada como se eu tivesse andado a pé por muitos quilômetros. Será que o meu caso já está avançado? Obg

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade

Isensão de Responsabilidade: A nossa plataforma foi criada com o objetivo de facilitar o acesso a informação de valor "Saúde com Ciência", baseada em estudos científicos. Tudo o que publicamos tem uma base científica. No entanto, nenhuma das publicações têm o objetivo de servir como diagnóstico, sendo sempre indicada consulta médica. O mesmo se refere a tratamentos, clínicas, suplementos e medicamentos indicados. A indicação, dosagem, e forma de uso é apenas ilustrativa, não estando indicada a automedicação ou suplementação sem antes haver indicação médica profissional. O mesmo se refere aos preços dos produtos por vezes indicados. Esses valores são baseados no ano de 2018 e servem apenas como informação auxiliar, não estando a nossa plataforma de nenhuma forma a ligada a essas empresas.