Café Instantâneo

Publicado por Andre a 1 de março de 2011 - Atualizado em 28 outubro 2018

Breve História do Café Instantâneo:

O primeiro café instantâneo que surgiu foi um extracto de café, em forma líquida e pouco prático. Isto passou-se em 1838 quando o Congresso dos Estados Unidos começou a substituir o rum por café nas rações do exército e da marinha.

Terá sido Satori Kako, um químico japonês de Chicago que, em 1901, inventou um café em pó, instantâneo (café soluvel). Vendeu este produto na Exposição Pan-Americana de Buffalo, em Nova Iorque.

Em 1906, um químico também norte-americano, chamado G. Washington inventou um café solúvel refinado, lançando-o em grande escala no mercado. Durante a Grande Guerra, o Governo dos EUA insentivou o uso do café instantâneo e, quando inrompeu o segundo conflito mundial comprou 100.000.000 quilos, para uso das forças armadas.

Até meados dos anos 50, havia dois tipos de café instantâneo: o tipo produto a que se acrescentavam hidratos de carbono, e o tipo só café. Este útlimo foi o que sobreviveu até aos nossos dias.