Carboxiterapia para Gordura Localizada nas laterais das costas, flancos, braços e coxas

Publicado por Equipe Editorial a 5 de fevereiro de 2015 - Atualizado em 15 janeiro 2018

Usada desde meados do século 18, atualmente a carboxiterapia possui alguns objetivos específicos, atuando ora sobre a supressão das olheiras, ora sobre o couro cabeludo, ou ainda com ação voltada à eliminação da temida gordura localizada.

Carboxiterapia para Gordura Localizada

Entretanto, no último caso é preciso salientar que o método apenas apresenta resultados satisfatórios quando o volume de gordura acumulada é mínimo.

O lado positivo é que a técnica da carboxiterapia pode ser utilizada em diversas áreas do corpo nas quais é comum que existam depósitos de gordura, como as laterais das costas, os flancos, os braços, as coxas, e principalmente a região abdominal.

Conheça Os 8 Melhores Exercícios para Eliminar a Gordura nas Costas

Características gerais da carboxiterapia

A carboxiterapia consiste na inserção de dióxido de carbono (gás carbônico, ou CO2) no organismo através de aplicações realizadas na epiderme.

O processo proporciona uma melhora do fluxo da corrente sanguínea que passa pela região tratada, ampliando assim a quantidade de oxigênio transportada para o local.

Essas condições interferem diretamente na produção das fibras colágenas, que passa a ser maior devido à substituição das células mortas por células novas. Ao término de todas essas etapas, a pele deixará de ser flácida para se tornar bem mais elástica e robusta.

Como a carboxiterapia ajuda a combater a gordura localizada

Conforme já citado, um dos benefícios mais importantes propiciados pela carboxiterapia é a queima de gordura.

Essa consequência também está associada ao aprimoramento da circulação do sangue, já que esse detalhe promove uma exclusão mais rápida das toxinas presentes no organismo, além de acelerar a degradação das moléculas de gordura e liberar ácidos graxos.

Consequentemente, a sensação de inchaço tende a diminuir consideravelmente.

Resultados proporcionados pela carboxiterapia quanto à eliminação de gordura localizada

Na ampla maioria dos casos, são necessárias cerca de 10 sessões para que a carboxiterapia surta o efeito desejado quanto à queima de gordura acumulada.

Por outro lado, os resultados podem ser amplificados desde que o indivíduo pratique atividades físicas com frequência e mantenha uma dieta balanceada.

Por fim, nunca é demais ressaltar que, em situações nas quais haja muita gordura alojada, a carboxiterapia deve ser substituída por outro método.

Para que não exista nenhuma dúvida quanto ao que se pode esperar da carboxiterapia, o paciente deve consultar o médico responsável pelo caso, que também indicará outras alternativas de tratamento, caso julgue necessário.