14 Benefícios do Suplemento de Castanha-da-Índia + Efeitos Colaterais


Notice: Undefined variable: ad in /home/nginx/domains/fotosantesedepois.com/public/wp-content/themes/wpex-powered/functions.php on line 300

Warning: key() expects parameter 1 to be array, null given in /home/nginx/domains/fotosantesedepois.com/public/wp-content/themes/wpex-powered/functions.php on line 300

Notice: Undefined variable: ad in /home/nginx/domains/fotosantesedepois.com/public/wp-content/themes/wpex-powered/functions.php on line 300

Warning: key() expects parameter 1 to be array, null given in /home/nginx/domains/fotosantesedepois.com/public/wp-content/themes/wpex-powered/functions.php on line 300

Notice: Undefined variable: ad in /home/nginx/domains/fotosantesedepois.com/public/wp-content/themes/wpex-powered/functions.php on line 300

A castanha-da-índia é originária da Grécia e Península Balcânica. Atualmente é cultivada em todo o mundo.

Sabia que o extrato da Castanha-da-Índia pode ajudar no tratamento de problemas nas veias das pernas, como varizes, inchaço e hemorróidas?

Sim! Ricas em antioxidantes, estas sementes maravilhosas, ajudam também a proteger o organismo contra a inflamação e o câncer.

Outros usos tradicionais (não testados), incluem a prevenção do aumento da próstata, dor menstrual e eczema. ( R )

14 Benefícios Da Castanha Da Índia (Aesculus Hippocastanum)

Leia mais para conhecer os principais benefícios da Castanha-da-Índia para a saúde, bem como da sua árvore, casca e respectivas folhas.

O Que É?

Castanheiro Da índia (Aesculus Hippocastanum)

O castanheiro-da-índia (Aesculus hippocastanum) é reconhecido pelos seus enormes troncos e galhos que promovem multidões de flores brancas e sementes castanhas deliciosas (também conhecidas como castanha-de-cavalo).

Embora existam 15 espécies reconhecidas, a variedade “europeia” (Aesculus hippocastanum) é geralmente a mais usada na medicina suplementar e fitoterápica.

As sementes cruas, cascas, folhas e flores não devem ser ingeridas (não é comestível na sua forma pura), pois contêm um veneno chamado esculetina que pode levar ao aumento do risco de sangramento e danos no DNA [R , R].

Os veados e os javalis são dos poucos animais que podem ingerir o fruto ao natural, uma vez que conseguem quebrar os compostos tóxicos que contêm. (R)

As sementes são usadas tradicionalmente para reduzir a dor nas articulações, o inchaço dos tecidos moles e a febre, além de combater alguns problemas relacionados com o intestino e bexiga.

Atualmente, o extrato de Castanha-da-Índia é um tratamento promissor no alivio de problemas nas veias das pernas (insuficiência venosa crônica)hemorróidas e inchaço (edema) [R] .  

Outros benefícios menos comuns incluem o aumento da fertilidade masculina, alivio do eczema, reduzir a dor menstrual e curar feridas na pele [R].

Componentes da Castanha da Índia

O principal componente ativo da Castanha-da-Índia é a escina, uma mistura de saponinas triterpênicas. A escina protege os vasos sanguíneos, promove a circulação sanguínea e é anti-inflamatório maravilhosoR , R ].

É importante não confundir a escina com a esculetina – o ingrediente venenoso presente no fruto cru, quando ainda não foi processado [R] .

O extrato da Castanha-da-Índia também contém antioxidantes, flavonóides antiinflamatórios e fenólicos, como [ R ]:

  • Ácido P-cumárico
  • Ácido cafeico
  • Quercetina
  • Kaempferol
  • Apigenina

Mecanismo de ação

A escina presente na Castanha-da-Índia age na:

  • Redução do inchaço pelo fortalecimento e estreitamento dos vasos sanguíneos (via canais de cálcio) [ R ].
  • Fortalecimento dos vasos sanguíneos (aumento da prostaglandina F2)
  • Redução da coagulação do sangue e pressão arterial (reduzindo a agregação plaquetária) [ R ]
  • Reduz a inflamação (bloqueando o óxido nítrico)
  • Reduz as alergias (suprimindo os glóbulos brancos) [R]
  • Luta contra o câncer, causando a morte de células cancerígenas (apoptose) e aumentando a autofagia [R]
  • Combate o câncer, diminuindo o crescimento e disseminação das células cancerígenas [R] .

Benefícios da Castanha-da-Índia para a saúde

O benefício mais bem pesquisado e estudado é o tratamento da insuficiência venosa crônica, um problema relacionado com a pressão venosa, muitas vezes precedido por veias varicosas e / ou coágulos sanguíneos, que afeta boa % da população.

Outros privilégios da semente incluem:

  • Pode ajudar a tratar a insuficiência venosa crônica.
  • Pode causar morte celular em alguns tipos de câncer.
  • Contém antioxidantes poderosos.
  • Aumenta os efeitos dos prebióticos.
  • Possivelmente benéfica na cicatrização de feridas.
  • Pode apoiar a fertilidade nos homens.
  • Ativação a circulação sanguínea
  • Trata a flebite que ocorre geralmente nas pernas,
  • Trata processos reumáticos
  • Previne varizes,
  • Previne hemorroidas e apresenta ação anti-inflamatória.
  • Apresenta propriedades: adstringente, anti-hemorroidal, estimulantes, redutoras da permeabilidade capilar e vasoconstritoras.

É também indicada para úlceras varicosas, cólicas menstruais, inchaço derivado da má circulação, dermatite, eczema, e dores nas pernas.

Na indústria cosmética é usada na formulação de cremes de beleza para prevenir da formação de varizes nas pernas e celulite. É também utilizada em tônicos capilares e shampoos que tratam e previnem a queda de cabelo (calvície).

Reduz o inchaço

O edema é causado pelo acúmulo de fluidos na pele, levando ao inchaço. Pode afetar as pernas, os pés, e os sintomas incluem rigidez articular, dor nos membros, alterações na cor da pele e ganho de peso [R] .

As injeções de escina, administradas após cirurgia, ajudam a reduzir o inchaço, diz estudo [R].

A mesma saponina diminuiu também a produção de compostos inflamatórios (suprime a ativação de neutrófilos) e aumenta o uso de energia (aumenta o ATP ) nas células humanas [R].

Um estudo mostrou que a mesma substância (escina), aumentou a contração das veias, ajudando a empurrar o sangue de volta ao coração e diminuir o inchaço (através da redução da sensibilidade ao cálcio) nas células musculares [R] .

Trata Varizes e Problemas Crônicos nas Veias das pernas

Castanha Da Índia Trata Problemas Crônicos Nas Veias Das Pernas

Alguns problemas nas veias das pernas podem resultar em insuficiência venosa crônica (IVC), também conhecida como síndrome pós-trombótica ou flebite.

A condição é caracterizada por válvulas que não funcionam nas veias (geralmente nas pernas e por vezes nos braços), o que faz com que o sangue se acumule nos membros e aumente a pressão interna dentro das veias.

As válvulas presentes nas veias ajudam a transportar o sangue das pernas de volta ao coração. Quando essas válvulas ficam enfraquecidas ou danificadas, pode haver o desenvolvimento de inchaço, dor, fadiga, tensão e coceira nas pernas.

Varizes e coágulos sanguíneos (trombose venosa profunda) são fatores de risco para o desenvolvimento de IVC.

Muitos são os estudos realizados em humanos que confirmam realmente os benefícios do fruto no tratamento de varizes e problemas crônicos das veias, reduzindo a quantidade de líquidos na parte inferior das pernas, bem como o inchaço nos tornozelos e panturrilhas, em pessoas com problemas crônicos nas pernas [R] [R].

Fortalece os Pequenos Vasos Sanguíneos

A escina pode fortalecer os pequenos vasos sanguíneos (capilares) que, de outra forma, ficam inchados quando enfraquecidos [R].

Outro estudo mostrou também que a saponina bloqueia as enzimas que quebram as paredes dos vasos sanguíneos, impede o vazamento e mantém a estrutura dos capilares [R].

Melhora as hemorróidas

As hemorróidas são causadas por veias inchadas no ânus. Um estudo mostrou que a escina melhorou o sangramento e o inchaço em mais de 80% dos pacientes durante dois meses [R].

Reduz a inflamação

Num estudo realizado em humanos, verificou-se que a escina presente na Castanha-da-Índia (5 mg duas vezes por dia, intravenosa, durante 2 semanas) reduziu a inflamação em 24 mulheres com problemas nas veias.

A substância atua bloqueando a liberação de compostos inflamatórios e reduzindo a ativação de células imunes que aumentam a inflamação [R].

O Kaempferol, um flavonol natural encontrado na Castanha-da-Índia, diminui a inflamação nas células de câncer de mama (reduzindo o estresse oxidativo e a atividade das células imunes), diz estudo [R].

As folhas da árvore têm sido usadas para reduzir o inchaço presente na doença da gengiva [R].

Pode melhorar a fertilidade masculina

Castanha Da Índia Melhora A Fertilidade Masculina

Um estudo realizado em 219 pacientes chineses com infertilidade (devido ao inchaço da veia da próstata), verificou que 60 mg de escina aministradas durante 2 meses, melhorou a qualidade, a motilidade e a quantidade de espermatozóides (em pelo menos 30%) [R].

Tem efeitos anti-envelhecimento

Testes clínicos realizados com gel de Castanha-da-Índia a 3% em 40 mulheres voluntárias (3 vezes ao dia, durante 9 semanas) verificaram uma redução das rugas ao redor dos olhos, em comparação com outros testes [R] .

Melhora a Saúde Intestinal

A escina bloqueia os efeitos da serotonina, um neurotransmissor importante no intestino [R]. Em raatos, a escina aumentou o fluxo intestinal e diminuiu a inflamação. O fluxo intestinal em ratos com músculos intestinais paralisados ​​melhorou com a suplementação da saponina [R].

Outro estudo realizado verificou também que o ácido para-cumárico (C9H8O3) presente no fruto, ajudou a microbiota intestinal a desintoxicar o corpo [R].

Pode reduzir o açúcar no sangue

Um estudo verificou que a escina presente na castanha-da-índia japonesa (Aesculus turbinatareduziu os níveis de açúcar no sangue em ratos que receberam grandes quantidades de açúcar (teste de tolerância à glicose), podendo ser importante para tratar diabetes e a obesidade [ R , R ].

Protege os rins em pessoas com diabetes

Algumas complicações diabéticas podem danificar os rins. Em ratos diabéticos com danos renais, verificou-se que o extrato de semente de castanha-da-Índia reduziu a inflamação e os marcadores de danos renais (nitrogênio ureico no sangue e creatinina), sendo capazes de restaurar a função renal [R].

Pode combater o câncer

Os Flavonóides e ácidos fenólicos encontrados na Castanha-da-Índia podem desempenhar um papel importante no combate ao câncer.

Um estudo realizado em células verificou que a apigenina (uma flavona), reduziu o crescimento e disseminação do tumor de câncer de mama humano [R].

Em células cancerosas pancreáticas, a esculetina bloqueou o crescimento do câncer pancreático.

Num estudo realizado em células cerebrais, os flavonóides quercetina e kaempferol, bloquearam a disseminação de um tumor cerebral que afeta crianças (meduloblastoma) [ R , R ].

É um antioxidante maravilhoso

Os antioxidantes ajudam a atrasar o dano celular. Estudos realizados mostram que o ácido p-cumárico presente no extrato de castanha-da-Índia é um excelente antioxidante [R ,  R].

Estudos realizados em células mostram que a escina é um antioxidante ainda mais potente que a vitamina E. O efeito da escina é potencializado por muitos dos antioxidantes presentes no fruto / semente [ R ].

Combate infecções

O ácido cafeico encontrado na semente é eficaz no combate contra bactérias, diz estudo [R] .

Protege a pele

Castanha Da Índia Protege A Pele

O extrato da semente protege as células e reduz a inflamação, que está ligada aos efeitos antienvelhecimento. Estas qualidades benéficas, juntamente com a “sensação suave a sabão” da escina, sugerem o seu uso potencial em cosméticos [R].

Castanha-da-Índia em combinação com outros compostos

Em ratos, a escina reduziu a artrite em combinação com uma baixa dosagem de prednisona (Deltasone, Rayos) [R].

Em ratos com câncer de cólon, o consumo do fruto melhorou a atividade das bactérias benéficas do intestino em combinação com prebióticos e óleo de linhaça [R] .

Efeitos colaterais e Riscos

A castanha-da-índia precisa ser processada adequadamente antes de consumida. Caso contrário (NÃO SE ESQUEÇA), as sementes contêm esculetina, uma substância venenosa. O consumo de esculetina pode causar dor de cabeça, náusea, coma e paralisia [R].

Quando preparadas e usadas corretamente, as castanhas-da-índia têm poucos efeitos colaterais.

Em alguns casos, o extrato purificado, ainda assim pode causar erupção cutânea grave, tonturas, dor de estômago, dor de cabeça e espasmos musculares.

Um estudo realizado verificou que a castanha-da-Índia danificou os glóbulos vermelhos de coelhos que receberam doses elevadas durante um mês (cerca de 10 vezes mais que a dose habitual), mas não foram registados outros efeitos tóxicos [ R ].

O seu consumo em excesso poderá também originar fraqueza, dilatação da pupila, vómitos, depressão do sistema nervoso central e paralisia.

Contra-indicações

Mulheres grávidas ou amamentando, e Pessoas comDistúrbios hemorrágicos, Diabetes (pode baixar o açúcar no sangue), Problemas digestivos (pode irritar o trato gastrointestinal), Alergia ao látex, Doença hepática (pode agravar os sintomas), Doença renal, não devem consumir o suplemento

Em caso de cirurgia, não deve ser administrada antes ou após o procedimento, uma vez que pode interferir no fluxo sanguíneo e coagular.

Limitações e Advertências

Embora muitos estudos comprovem os benefícios da escina no tratamento de problemas nas veias das pernas e varizes, certifique-se de falar sempre com um profissional de saúde sobre o melhor tratamento, no caso de doença venosa.

Outros benefícios da escina, como o alívio da dor menstrual, não existem estudos que suportem tal benefício. O uso a longo prazo não foi avaliado, e não é recomendado.

Devido à escassez de pesquisas, não é recomendado o uso da escina em crianças, sendo totalmente contraindicado em mulheres grávidas ou em fase de amamentação.

Interações medicamentosas

Uma vez que a castanha-da-índia reduz a coagulação sanguínea, pode certamente interagir com drogas que tenham efeito similar, como (ibuprofeno, aspirina, naproxeno, varfarina e outros) e aumentar o risco de hemorragia [ R ].

A semente pode diminuir a glicose no sangue. Em combinação com medicamentos antidiabéticos ou insulina, pode aumentar o risco de níveis muito baixos de açúcar (hipoglicemia) [ R ].

Sabendo que as castanhas-da-índia reduzem os fluidos e os líquidos no corpo, podem levar ao aumento dos níveis de lítio [R].

Dosagem / Como Consumir

A dosagem a usar depende do benefício de saúde procurado.

A dose oral máxima recomendada para uso em humanos por dia é de 150 mg [ R ].

Os extratos de castanha-da-índia padronizados contêm cerca de 20% de escina [R] .

A dose usada em estudos, para injeções de escina, é de 5-10 mg, duas vezes ao dia, até 2 semanas [R] .

Os géis ou cremes com castanha-da-Índia contêm 2% de escina e podem ser aplicados 3-4 vezes ao dia, até um máximo de 2 meses [R] .

São muitas as marcas que já oferecem cremes com castanha-da-índia, que podem ser aplicados diretamente em áreas ou veias problemáticas, ou cremes de hamamélis combinada de castanha-da-índia, usados para veias varicosas ou hemorróidas.

Formas de Suplementação

A castanha-da-Índia é um suplemento de ervas que pode ser comprado em forma de pomadas, cremes, gel, comprimidos, cápsulas (seco), em pó, ou extrato líquido.

Atualmente, a maioria dos extractos são feitos a partir da semente / fruto, em oposição à folha ou casca da árvore, uma vez que a semente contém a maior concentração de escina [R] .

Experiências do usuário

Alguns usuários afirmam que o extrato os ajudou na má distribuição da gordura corporal (lipedema) e na redução do inchaço. No entanto, alguns usuários testemunharam também náuseas e vômitos depois de tomar o suplemento.

A maioria dos usuários toma a castanha-da-índia juntamente com alimentos para evitar problemas estomacais.

Muitos usuários mencionam o fruto como eficaz na redução de varizes e inchaço nas pernas. Outros relatam cãibras nas pernas como um dos grandes efeitos colaterais, bem como dor no peito e dores de cabeça.

Chá

Se optar por tomar em forma de chá, adicione 30g de folhas da planta por cada litro de água e beba entre duas a três chávenas por dia.

A principal ação farmacológica da Castanha da Índia é o melhoramento da circulação, uma vez que os seus ativos aumentam a resistência e o tônus das veias, o que faz com que diminua a fragilidade e a permeabilidade dos capilares.

Tudo isto faz com que a sua circulação fique ativa, favorecendo o retorno venoso, prevenindo desde pequenos derrames até acidentes vasculares de maior dimensão.

Remédios Caseiros

Em situações de má circulação ou pernas cansadas adicione cinco colheres de pó de Castanha da Índia a uma garrafa de álcool etílico, feche a garrafa e deixa-a à luz solar durante duas semanas.

Após esse período, coloque cinco colheres num litro de água e use / aplique na zona afetada.

Para quem tem a pele oleosa os sabonetes com Castanha da Índia podem ser uma boa solução.

Diz-se por ai que esta maravilhosa planta emagrece, mas a sua eficácia no emagrecimento ainda não foi comprovada.

Preço

Para ter uma pequena ideia, na www.onlinefarma.com.br encontra 400mg divididas por 60 cápsulas com um valor de R$ 18,00

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 10/05/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Esta matéria tem 10 Comentários
  1. Anne Reply

    Quem tem hemorroidas pode fazer sexo anal

  2. Felipe Reply

    Ola Manoel Martiniano! Passar (deixar bem molhado) a tintura de castanha da india tres vezes por dia no local afetado diminui as dores. abraco. Melhoras!

  3. eva da silva Reply

    quero emagrecer ja tentei de tudo ate tratamento com nutricionogista deu serto so por um tempo

  4. angela Reply

    Estamos na época da castanha da India, vejo pelo chão lindos frutos que ninguém apanha. Gostaria de saber se se podem comer frescos, e qual a quantidade diária ? Estou a pensar passa los pela máquina e deixar secar, o que devo fazer…
    Obrigada

  5. Claudia Reply

    Nao funciona como falam tanto tenho problema de circulação e fez foi piorar a queimação

  6. EMERSON GEONIMO Reply

    como tomar castanha da india ???

  7. luzilene Reply

    tomo outra castanha da índia essa que aparece no saite não e a mesma que eu tomo mais ela causa diarreia e muita dor no corpo e na nuca fico disserao para mim que emagrecia eu fasso qualquer coisa para emagrecer me sinto orivel .

  8. fabio Reply

    eu queria saber dos beneficios da castanha da india p/coraçao,obrigado.

  9. manoel martiniano mo Reply

    EU TOMO CASTANHA DA INDIA EM COMPRIMIDOS, PORQUE TENHO VARICOCELE NO TESTICULO DO LADO ESQUERDO, GOSTARIA DE SABER SE TEM UM REMEDIO QUE COMBATE AS DORES, UMA VEZ QUE O COMPRIMIDO CASTANHA DA INDIA NÃO ESTA COMBATENDO

  10. Carlos Fernandes Reply

    Isso serve para curar gastrite e pangastrite, e como fica o couro cabeludo, com artéria que sai do coração e vai na cabeça, e como fica a femoral….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 10/05/2018 às 4:41 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)