Causas do Choro do Bebê

Os bebês choram muito, principalmente os recém-nascidos, o que faz com que os pais sintam receio de estarem a fazer alguma coisa de forma incorreta. Principalmente quando se trata do primeiro filho, os progenitores sentem dificuldade em perceber as causas do choro do bebê, não conseguindo assim acalmá-lo.

O que fazer quando o bebê chora

É verdade, que por vezes, os bebês choram sem razão aparente, mas na maioria dos casos eles estão a chorar porque necessitam da atenção de um adulto e o choro é a única forma que eles têm de chamar a atenção.

Sempre que um bebé chora deve verificar se ele:

  • Precisa de trocar a fralda
  • Precisa de comer ou beber água
  • Precisa de mais ou menos agasalhos
  • Precisa de algumas massagens ou remédio para aliviar as cólicas
  • Precisa de dormir (quando eles dormem mal ou estão cansados têm a tendência de ficar mais chorões)

Estas são as principais causas do choro do bebê e na maioria destes casos, a solução para parar o choro do bebê é muito simples. Por exemplo, pode bastar mudar a fralda ou alimentar o bebé.

No entanto, o bebé também pode chorar porque precisa de atenção e sentir-se sozinho. Quanto isto acontece, basta pegar nele e dar-lhe alguma atenção.

O oposto desta situação também pode fazer com que o bebé chore, ou seja, se ele estiver num local com muitos estímulos visuais e auditivos, ele por ficar agitado e começar a chorar. Para que ele se acalme e pare de chorar, basta retirar o bebé deste ambiente e levá-lo para um local mais calmo.

O que fazer quando o bebê chora à tarde sem razão aparente

Muitos bebés pequenos (até aos 8 meses de idade) choram ao final da tarde, sem nenhuma razão aparente. Esse choro da tarde pode durar apenas alguns minutos, ou prolongar-se bastante, o que faz com que os pais se sintam desesperados e que pensem que estão a fazer algo errado.

Na verdade, não há nenhum problema com o bebé ou com os procedimentos dos progenitores. Os bebés pequenos têm a tendência de chorar à tarde, porque precisam de libertar a energia que acumularam durante o dia e esta é a única forma que eles conhecem para o fazer.

Os pais têm um papel muito importante neste momento da vida dos seus filhos, pois precisam de transmitir uma sensação de calma. Sempre que os pais ficam nervosos os bebés sentem isso mesmo e vão ficar cada vez mais chorões. É um ciclo vicioso.

É importante pegar no bebé e embalá-lo, compreendendo que aquela é a forma que o bebé encontrou de se expressar. Esta forma de expressão deve ser respeitada, não se devendo tentar “calar” o bebé.

Há bebés que gostam de ser colocados no carrinho de ir rua e ser abanados. Por norma, esse tipo de movimentos acalma-os.

À medida que vão crescendo, vão aprendendo outras formas de libertar a energia, e por isso o choro da tarde acaba por passar.

O que fazer para o bebê parar de chorar

A primeira coisa a fazer, sempre que o bebê chora, é verificar se há uma causa para o choro e caso haja, resolver a situação, como por exemplo, trocar a fralda ou dar água ao bebé.

Sempre que não há causa aparente para o choro, ou que ela já tenha sido resolvida, e o bebé continue a chorar, existem alguns truques que podem ser seguidos para ajudar a acalmar o bebé, como por exemplo:

  • Pegar no bebé e embalá-lo;
  • Colocar o bebé no carrinho de rua e empurrar:
  • Dar uma chupeta para que ele possa chuchar, os bebés gostam de movimentos repetitivos;
  • Colocar uma música clássica para bebés a tocar
  • Promover ruídos contínuos, como por exemplo o secador de cabelo, aspirador, máquina de lavar roupa ou loiça, etc. Quando os bebés estão na barriga da mãe estão acostumados a ouvir esse tipo de ruídos e o som deles é calmante.
  • Pegar numa manta ou lençol e enrolar bem o bebé, para que ele não consiga mover os braços e pernas. Mas atenção, não se pode apertar demais para não cortar a circulação sanguínea.

Se estes métodos não forem eficazes para acalmar o bebé e parar com o choro é aconselhável ir com o bebé ao pediatra. O bebé pode ter algum problema que necessite de tratamento médico.

O que Procura?

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *