Ceratoconjuntivite

Revisado por Equipe Editorial a 24 outubro 2018 - Publicado a 27 de julho de 2014

A ceratoconjuntivite é uma doença que se caracteriza por uma inflamação nos olhos, que pode resultar em lesões na superfície da córnea.

Esta condição é mais habitual em crianças, surgindo antes do início da puberdade, e mantendo-se até ao início da vida adulta. Dessa forma, a ceratoconjuntivite tende a desaparecer até aos 20 anos de idade.

Neste artigo poderá conhecer os sintomas da cerotoconjuntivite, e ainda, o tratamento mais adequado para este problema.

Sintomas da ceratoconjuntivite

Os sintomas de uma cerotoconjuntivite ocorrem especialmente em meses mais quentes, desaparecendo normalmente no tempo frio. Os sintomas tendem a ficar mais leves e menos intensos com o tempo, até desaparecerem totalmente. Os sintomas da cerotoconjuntivite incluem:

– sensibilidade à luz do sol;

– olhos avermelhados e lacrimejantes;

– coceira;

– secreção viscosa e espessa.

Nalguns casos pode mesmo ocorrer o inchaço das pálpebras, juntamente com uma cor acinzentada e rosada em todo o olho, ou na zona sob a pálpebra.

Tratamento para ceratoconjuntivite

O tratamento habitual para a cerotoconjuntivite baseia-se em medicação via oral específica, e ainda, na aplicação de colírios.

Nalgumas situações o médico pode prescrever medicamentos anti-histamínicos, orais ou sob a forma de um colírio, e medicamentos corticosteroides. Estes últimos apenas podem ser usados em períodos curtos, pois em contrário, podem provocar efeitos secundários como cataratas, infecções oportunistas e aumento da pressão ocular.