Chá de frângula para prisão de ventre

Chá de frângula para prisão de ventre

Quem é que nunca teve com a barriga inchada? Esse sintoma é caraterístico de prisão de ventre e as mulheres grávidas são as que sofrem mais deste problema. A prisão de ventre é interpretada como a dificuldade de evacuação de fezes e, por vezes, acontece quando nós não escolhemos uma alimentação equilibrada rica em fibras, minerais e vegetais.

Para ultrapassar essas dores e o incómodo indesejado, nós apresentamos-lhe o chá de frângula para prisão de vente. Este chá é um autêntico tratamento natural para pessoas que sofrem de prisão de ventre e em poucos dias livra-nos dessa sensação. Aprenda já connosco a confecionar!

Ingredientes

• 400 ml de água
• 5 g de cascas secas de frângulas

Modo de preparação

1) Inicialmente corte em pedaços pequeninos e fininhos 5 g de cascas secas de frângulas;
2) Coloque dentro de um recipiente com 400 ml de água a ferver;
3) Deixe ao lume durante 10 minutos até atingir o ponto limite de ebulição;
4) Desligue o lume e filtre;
5) Repouse este chá durante 2 horas;
6) Ao fim desse período, sirva e beba o chá de frângula.

Antes de cada refeição, todas as pessoas que sofram de prisão de ventre incluindo as grávidas deverão tomar uma xícara de chá de frângula para acabar com a prisão de ventre. Para quem não sabe, a frângula é uma planta medicinal também denominada por amieiro-negro que é recomendada para tratamentos intestinais e para a prisão de ventre devido as suas propriedades de calme e laxantes.

Se sofre do estômago, então este chá é fundamental para voltar a sua vida normal e livrar-se desses incómodos. Experimente e conte-nos a sua experiência!

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 5:21 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)