Chás para Gases Intestinais

Tanto o chá de funcho quanto o de erva cidreira são excelentes alternativas para ajudar a eliminar os gases intestinais.

São extremamente económicos, podem facilmente ser encontrados farmácias, drogarias ou supermercados e representam uma forma verdadeiramente eficaz e natural de se ver definitivamente livre deste problema, daí ser aconselhável tê-los sempre à mão.

Geralmente este chá poderá ser encontrado em sacos grandes ou saquetas mais pequeninas, que costumam estar prontas para usar, sendo por isso muito mais práticas.

Chás para Gases Intestinais

Coloque 1 saqueta ou 1 colher de sopa de erva cidreira ou funcho dentro de uma chávena com água fervente e deixe repousar durante uns 5 minutos.

Assim que verificar que a infusão foi atingida, coe o chá e deixe arrefecer durante mais alguns minutos.

Para este tratamento, em particular, é importante não adicionar qualquer tipo de adoçante ao chá, na medida em que os adoçantes podem contribuir para a produção de gases, piorando assim o problema em vez de resolvê-lo.

Tome este chá ao natural, e verá que os efeitos benéficos serão verdadeiramente surpreendentes.

Os gases são, maioritariamente, provocados por alimentos que fermentam nos intestinos, como é o caso da batata, feijão, leite, pratos preparados com natas, assim como uma combinação incorrecta dos alimentos.

Para que problemas deste tipo possam ser evitados, é de vital importância prestar atenção a tudo aquilo que ingere, assim como seguir uma dieta o mais equilibrada possível, sempre caracterizada pela ingestão variada de alimentos, e uma presença abundante de frutas, vegetais e substâncias líquidas naturais, como é o caso de sumos e frutas.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 5:09 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)