O que é Chocolaterapia: Conheça os Benefícios, Preços, e onde fazer em Lisboa, Porto e Coimbra

A mais doce de todas as tentações. A delícia das delícias.

A magia tornada num sabor irresistível. O chocolate, esse pedaço de maravilha que nos adoça os dias, dando-lhes aquele toque especial, impossível de ignorar.

Felizmente, ele está por todo o lado, nos bolos, nas bolachas, nos gelados, em grande parte das sobremesas e claro, na sua forma mais pura onde assume os mais diversos formatos e variedades que vão desde do chocolate de leite, amargo, branco, preto, com frutos secos até ao chocolate com recheio.

Conheça também os benefícios da Chocolaterapia.

A Imagem Ilustra Uma Mulher Realizando Uma Sessão De Chocolaterapia Através De Massagens

A terapia que está na moda e, que consiste em envolver com uma fina camada de produtos à base de cacau quente, deixando-o actuar sobre a pele durante 20 minutos.

Inclui também outras variedades terapêuticas como por exemplo a esfoliação.

Os envolvimentos com máscara de chocolate proporcionam um bem-estar mais doce, ajudando a hidratar e suavizar a pele.

Esta máscara quando utilizada, faz a penetração dos princípios activos do cacau, sendo em seguida retirada. Como complemento pode fazer-se uma massagem com mousse de leite.

A História do chocolate

A história conhecida do chocolate mistura-se com o descobrimento da América por Cristóvão Colombo.

Hoje sabe-se que terão sido os Astecas os primeiros admiradores desta preciosidade, colectando sementes de cacau que infundiam dando origem àquilo que acreditavam ser um poderoso afrodisíaco – “o chocolate”.

O seu imperador Montezuma chegava inclusivamente a tomar mais de 50 porções diárias.

Ainda assim, as primeiras sementes de cacau apresentadas por Cristóvão Colombo à corte do Rei Ferdinando e da Rainha Isabella foram relativamente ignoradas.

Só mais tarde, em 1528, quando o conquistador Hernando Cortez regressou a Espanha e presenteou o Rei Carlos V com uma grande quantidade sementes de cacau, o chocolate começou verdadeiramente a escrever a sua história na Europa.

No entanto, e durante mais de um século, Espanha manteve a sua produção em segredo originando uma escassez tal que o transformou num presente de elevado valor.

Na época, os principais responsáveis pela produção deste precioso líquido eram os monges que foram passando a sua sabedoria e assim tornando conhecido o segredo guardado durante anos e anos.

Na segunda metade do século XVII foi a vez de chegar à Grã-Bretanha, tendo surgido a primeira fábrica de chocolate inglesa em 1657. Foi assim que se iniciou a popularização deste líquido delicioso.

Curiosamente, foi apenas em meados do século XIX que o chocolate solidificou, graças a uma técnica desenvolvida em 1861 e aperfeiçoada mais tarde pelo chocolatier suíço Daniel Peter que “inventou” a adição de leite.

Já a empresa Fry & Sons, misturou a pasta de cacau com açúcar produzindo aquela que viria a ser, provavelmente, a primeira barra de chocolate preto comercializada.

Nos dias de hoje, existem vários tipos de chocolate, destacando-se sobretudo:

• Chocolate amargo – é usado principalmente em culinária pois tem uma grande percentagem de manteiga de cacau.
• Chocolate preto – tem um teor de cacau superior a 35% e é pouco doce.
• Chocolate de leite – leva na sua composição leite e deve conter no mínimo 25% de cacau.
• Chocolate branco – é feito com manteiga de cacau, leite, açúcar e lecitina, podendo ser acrescentados aromas como o de baunilha.
Este tipo de chocolate foi inventado na Suíça após a I Guerra Mundial, mas só foi divulgado nos anos 80.

CURIOSIDADES
Não deve ser guardado no frigorífico, pois desenvolve uma película branca (humidade) e cristaliza o açúcar nele contido. Deve ser guardado fechado em local seco a cerca de 20ºC.

Chocoterapia ou Chocolaterapia

Vários estudos comprovam que o cacau faz bem á saúde e recomenda-se. A sua ingestão deve ser moderada, mas a aplicação em problemas dermatológicos é bastante aconselhada por médicos e em toda a medicina estética.

A chocoterapia já chegou a Portugal e ao Brasil, portanto se és amante do chocolate, aconselho-te este tratamento.

No âmago do tratamento Slim & Sculpt, produtos activos e manobras técnicas orquestram-se sinfonicamente para oferecer uma dupla acção de Adelgaçamento e Firmeza.

Nesse programa, deparamos com uma Modelagem baseada nos princípios da escola russa, uma exclusividade Thalgo.

Garantindo resultados e sensações, a massagem Slim & Sculpt é, também, um banho de aromas de cacau e gengibre, para despertar os seus sentidos!

Os Resultados são visíveis desde a primeira sessão! No final de um programa de tratamentos, o seu corpo encontrar-se-á reesculpido, rejuvenescido, podendo-se observar um nítido e rápido progresso.

A pele fica mais macia. É excelente como adelgaçante e óptimo para a celulite, pele casca de laranja e gordura localizada.

Duração do tratamento: 1 hora
Contra indicações da chocoterapia: Doentes com trombolfibete e a pessoas que não suportam o calor.

Onde fazer

Centros Thalgo
Tratamento Slim & Sculpt Anti-Celulite:
Favorece o desfibramento dos nódulos de celulite e a eliminação das gorduras
Benefícios: Combate a celulite e hidrata a pele
Duração: de 45 a 90 minutos
Preço: A partir de 67 €

Centro de Estética Thalgo – Coimbra – Sé Nova, Rua Antero Quental 263,4º-loja 420, Coimbra – 3000-033 COIMBRA

Thalgo ChiadoLisboa, Rua Nova do Almada, 85/87 – Lisboa

Thalgo Colombo – Centro Comercial Colombo, Loja 0168 – Av. Lusíada, Lisboa

Thalgo Saldanha – Avenida Fontes Pereira de Melo, Galerias Saldanha, Loja 026, 1050-250 Lisboa

Thalgo Portela –Rotunda Nuno Rodrigues Santos, 1-D, 6.º A/B, 2685-223 Portela – Lisboa

Thalgo Porto – Rua:Avenida Boavista, 117 – C.P./Cidade:4050-115 Porto

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 03/09/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça uma Pergunta ou Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 3/09/2018 às 1:46 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)