7 Benefícios do Colágeno: Para que serve, e a sua importância de acordo com a ciência - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

7 Benefícios do Colágeno: Para que serve, e a sua importância de acordo com a ciência

Provavelmente já ouviu falar sobre os benefícios do colágeno para a saúde.

Existem na verdade sete benefícios do colágeno suportados pela ciência.

Para começar, vamos esclarecer por que ele é tão importante para sua saúde.

O Colágeno é Um Suplemento Com Muitos Benefícios Para A Saúde

O que o colágeno é tão importante?

Para entendermos a sua importância, devemos saber quatro coisas:

É a proteína mais abundante encontrada no corpoÉ também uma das proteínas mais importantes que o corpo precisa para funcionar.

O colágeno é a cola que mantém o corpo unido. Uma vez que é um componente importante encontrado no tecido conjuntivo, o colágeno mantém a estrutura e integridade da pele, tecido muscular, ossos e tendões.

Envia sinais importantes para as células. Esses sinais podem combater a inflamação e reparar as células danificadas.

A produção de colágeno diminui naturalmente à medida que envelhecemos. Pode ser necessária suplementação para ele conseguir suportar as necessidades do corpo.

7 benefícios comprovados do colágeno para a saúde

A Injeção Estimulante De Colágeno Sculptra Antes E Depois

A maioria das pessoas está familiarizada com o colágeno graças ao seu uso em produtos e tratamentos de beleza.

Este conjunto de proteínas tem sido elogiado pela sua capacidade de ajudar a aumentar a umidade da pele (hidratar), eliminar linhas finas, fazer com que as estrias desapareçam e melhorar e acelerar o crescimento do cabelo.

,Mas, antes de tentar reabastecer os seus níveis de colágeno através de cremes de pele caríssimos, você deve saber que não obterá os benefícios discutidos no artigo, quando usado através de aplicação tópica.

Por quê? Porque é necessário consumir o colágeno para capturar todos os seus incríveis benefícios para a saúde.

Quando ingerido, o colágeno beneficia o cérebro, coração e sistema digestivo.

Dica: Ao tomar colágeno, a combinação com vitamina C ajuda a absorver melhor os nutrientes presentes no colágeno.

Agora que já entendeu melhor a sua importância, vamos conhecer as sete razões apoiadas pela ciência para considerá-lo na sua dieta.

Proteção do cérebro e da doença de Alzheimer

Um tipo de colágeno (conhecido como colágeno IV) pode prevenir o desenvolvimento da doença de Alzheimer.

Num estudo realizado, verificou-se que o colágeno IV protegeu o cérebro contra proteínas beta-amilóide – que se acredita ser uma das causas da doença de Alzheimer [ R ].

O beta-amilóide refere-se ao tipo de aminoácido que se aglomera, formando uma placa que é muitas vezes encontrada em cérebros de pacientes com Alzheimer [ R ].

Ao aumentar a ingestão de colágeno, é possível criar uma forma de proteção para o cérebro que combate as mesmas proteínas beta-amilóides que atacam os neurônios e causam a doença de Alzheimer.

Previne e ajuda a tratar doenças cardíacas

O produto pode ajudar a diminuir o colesterol e prevenir doenças cardíacas. Durante um estudo, os participantes receberam a suplementação duas vezes ao dia durante seis meses para se perceber se ele ajudava realmente a prevenir o acúmulo de placas nas artérias.

Aqui está o que aconteceu com os participantes no estudo [ R ]:

  • Houve uma redução significativa na sua taxa de colesterol (lembre-se que, níveis elevados aumentam o risco de doença cardíaca)
  • Preveniu e tratou o acúmulo de placa em suas artérias

Um acúmulo de placa é o que obstruí as artérias, impedindo que o sangue circiule para outros órgãos.

A substância pode ajudar a prevenir esse acúmulo nos vasos sanguíneos, protegendo contra ataques cardíacos e derrames cerebrais [ R ].

Cura a Síndrome do intestino irritável

A síndrome do intestino irritável (ou SII) e a síndrome do intestino permeável são duas condições dolorosas em que o trato digestivo e o revestimento do estômago ficam inflamados e irritados.

A primeira pode ser desencadeada pelo estresse, má alimentação, ingestão de medicamentos, muito álcool e um estilo de vida sedentário.

Os nutrientes e substâncias tóxicas são “vazadas” de volta para a corrente sanguínea, em vez de serem processadas.

Este evento afeta negativamente a saúde digestiva, causando efeitos colaterais desconfortáveis, como inchaço, fadiga, dores de estômago, diarréia, prisão de ventre e desnutrição.

Em vez de serem absorvidas, as vitaminas e minerais passam através do sistema.

O caldo de osso, uma fonte incrível de colágeno, é uma das melhores formas naturais de tratar o intestino permeável.

Estudos mostram que os pacientes com SII têm um baixo índice de colágeno IV [ R ].

O caldo de ossos contém a substância biodisponível, o que significa que o corpo consegue usar rapidamente esta proteína e outras vitaminas, minerais e aminoácidos importantes (os blocos de construção das proteínas) que vêm com ela.

Mesmo que o indivíduo não sofra de sintomas de síndrome do intestino irritável, o produto é um excelente complemento para a saúde intestinal.

Alivia a dor nas articulações e no joelho

Você não precisa ser um atleta para sentir dores nas articulações.

Quer o seu trabalho o mantenha acorrentado à mesa ou o obrigue a ficar de pé o dia todo, a dor nas articulações é um desconforto que nos toca a todos (de tempos em tempos).

Algumas pessoas são tão frágeis que até o tempo frio é o bastante para endurecer as suas articulações.

As pesquisas mostram que o produto pode ser capaz de fornecer alívio natural.

Num estudo de 24 semanas, os pesquisadores introduziram a suplementação em atletas sem doenças articulares, para ver como isso afetaria tanto os níveis de cartilagem como de dor [ R ].

Os resultados mostraram que o produto reduziu a dor em pé, levantando objetos pesados ​​e até mesmo em repouso.

Embora sejam necessárias mais pesquisas, o estudo apoia a possibilidade de que o colágeno possa ajudar a retardar a deterioração das articulações em indivíduos, como aqueles com artrite ou artrite reumatóide.

Em outro estudo, foi usado o suplemento para saber como este afetaria a dor no joelho (especificamente, a dor da osteoartrite).

Após 180 dias, os participantes apresentaram menores escores no índice de osteoartrite e menos dor, rigidez e limitações físicas, melhorando a capacidade do corpo curar [ R ].

Menos dor nas costas

Os indivíduos que sofrem de dor nas costas podem encontrar alívio tomando colágeno.

Um estudo suplementou 1.200 miligramas de colágeno por dia (ou placebo) em 200 indivíduos. Todos os participantes tinham mais de 50 anos e dores na região superior ou inferior das costas [ R ].

O resultado: na marca dos seis meses, mais de 20% do grupo que usou o produto teve uma melhora significativa em suas dores nas costas depois de ingerir o suplemento todos os dias.

Melhora a elasticidade da pele

O produto tem propriedades anti-envelhecimento únicas na saúde da sua pele.

Mas o que a pesquisa diz?

Num estudo publicado recentemente, os cientistas analisaram como o colágeno afetaria os peptídeos de colágeno encontrados na pele.

O estudo observou 69 mulheres entre as idades de 35 e 55 anos durante oito semanas.

As mulheres que tomaram o suplemento mostraram diferenças notáveis ​​na elasticidade da pele em comparação com as mulheres que tomaram um placebo [ R ].

Os cientistas notaram também mudanças positivas nos níveis de umidade e secura da pele das participantes.

Outro estudo descobriu que a suplementação oral com colágeno melhorou os níveis de hidratação da pele em apenas oito semanas [ R ].

Aqui está uma descoberta importante a ser observada: os pesquisadores apenas verificaram mudanças na pele dos participantes quando foi consumido o colágeno hidrolisado. Por quê?

Quando ingerido nesta forma, é imediatamente absorvida pelo intestino e enviado diretamente para as articulações e para a pele através da corrente sanguínea.

Diga adeus às unhas quebradiças e frágeis

Existem poucas situações tão chatas quanto uma unha quebrada ou lascada. E se você estiver em movimento sem uma lixa de unha por perto 🙁 você fica com um punhal afiado no dedo preparado para cortar e se prender a tudo o que são tecidos e outras coisas.

Felizmente, a substância pode ajudar a fortificar as unhas para que elas não se tornem frágeis e propensas à quebra.

Num estudo, 25 participantes receberam uma dose de 2,5 gramas de peptídeo de colágeno por dia durante 24 semanas. Aqui está o resultado [ R ]:

  • Aumento de 12% no crescimento das unhas
  • 42 por cento de menos unhas quebradas
  • 64 por cento de melhoria geral em unhas anteriormente frágeis e quebradiças

Além disso, 88% dos participantes relatou que essas mudanças positivas foram visíveis em apenas quatro semanas!

Como adicionar mais colágeno à sua vida (sem tratamentos caros)

Você deve comprar um suplemento de colágeno? Ou pode encontrá-lo nos alimentos que consome diariamente?

A verdade é que você não precisa desembolsar centenas de euros ou reais para aumentar os níveis da substância no organismo – ele pode ser encontrado em alimentos saudáveis ​​como o caldo de osso.

Este caldo maravilhoso é uma das fontes mais ricas em colágeno, e é fácil de fazer.

Alimentos

Aqui estão alguns outros alimentos que podem ajudar o corpo a criar mais colágeno [ R ]:

  • Salmão selvagem
  • Bacalhau
  • Atum
  • Ovos
  • Amendoim
  • Abacate
  • Verduras folhosas como a couve e o espinafre
  • Bagas (frutos silvestres)
  • Alho
  • Sementes de Chia
  • Sementes de Abóbora

Gelatina

A gelatina não é apenas um docinho maravilhoso.

Ela é feita a partir de colágeno, substância responsável pela gelatina ficar sólida, e tem ainda proteínas que, quando digeridas pelo sistema digestivo, irão facultar uma quantidade importante de aminoácidos, fundamentais para a saúde dos ossos e das articulações.

A gelatina tem na sua constituição 18 aminoácidos, 9 dos quais estão dentro da lista de 10 aminoácidos essenciais para o organismo humano.

É assim uma importante fonte de proteínas, sendo ainda um alimento muito fácil de utilizar e de digerir.

O único aminoácido essencial que não está presente na gelatina é no entanto facilmente encontrado noutros alimentos comuns na alimentação humana.

O colágeno encontrado na gelatina pode ter origem vegetal ou animal.

O de origem animal é extraído da cartilagem e dos ossos de animais, passando depois por um processo chamado hidrólise, que irá quebrar as moléculas da proteína, para que o produto possa ser facilmente digerido pelo sistema digestivo.

Tenha em mente que o organismo não recebe o colágeno diretamente dos alimentos.

As fontes alimentares descritas apenas ajudam o corpo a produzir mais a substância.

A suplementação é a única maneira de o corpo absorver o colágeno diretamente – estando disponível em pó ou cápsulas.

Suplentação De Colágeno

Tratamentos estéticos para estimular novo colágeno, existem?

Sim! O objetivo da maioria dos tratamentos de rejuvenescimento da pele é o de estimular o desenvolvimento do novo colágeno através de um processo chamado neocolagênese.

Muitos tratamentos fazem o uso do laser, radiofrequência ou luz intensa pulsada, enquanto outros escolhem as injeções de ácido hialurônico entre outras opções para estimular a sua produção.

Comece agora

O consumo de colágeno beneficia todo o corpo. Dá-lhe uma pele, unhas e cabelos brilhantes, e ajuda a:

  • Proteger o cérebro
  • Prevenir doenças cardíacas
  • Curar a SII e a síndrome do intestino permeável
  • Aumenta a saúde das articulações e reduz a dor nas costas

Agora que compreende os benefícios da adição de colágeno à sua vida e sabe como é fácil consumir alimentos para ajudar o corpo a produzir mais, é hora de começar a prestar atenção aos seus níveis de ingestão.

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade