Fotos Antes e Depois

Cólicas no Início da Gravidez: Causas e Tratamentos

Há muitos sintomas incómodos que ocorrem durante a gravidez. As cólicas no início da gravidez são um desses sintomas com os quais muitas mulheres têm que lidar.

Qualquer alteração que ocorra no seu corpo, enquanto carrega o seu filho, pode ser um grande indutor de estresse.

Por isso, o melhor será entender por que razão você tem cólicas, como é que elas são e de que forma poderá prevenir e tratar este problema de saúde comum.

Cólicas No Início Da Gravidez Como Se Fosse Menstruar

As cólicas no início da gravidez são normais?

É importante saber que as cólicas do início da gravidez são completamente normais e amplamente comuns.

Normalmente, não haverá nada com que se preocupar pois o seu corpo está a passar por uma enorme quantidade de alterações, à medida que uma nova vida se desenvolve no seu útero.

Enquanto o seu corpo se ajusta para acomodar o seu feto em crescimento, as cólicas são forçadas a acontecer.

É assim na maioria das mulheres.

No entanto, cólicas severas podem ser debilitantes e podem até indicar a existência de um problema com a gravidez.

Independentemente da sua gravidade, é aconselhável que as mencione ao seu médico, parteira ou doula para garantir que tudo está a progredir normalmente.

O que pode ser: Causas

Existem algumas causas de cólicas no início da gravidez, incluindo a ligação do embrião à parede do útero, o crescimento do feto, as relações sexuais ou o crescimento de novos músculos e alongamento de tendões/ligamentos, entre outros.

Ligação do embrião à parede uterina

Quando o embrião se liga pela primeira vez à parede do útero e começa a crescer, pode provocar cólicas e hemorragia ou corrimento ligeiros.

O que Procura?
Desenvolvimento do Bebê - 6 Semanas de Gestação

Estes poderão ser os primeiros sinais da gravidez e geralmente correspondem à primeira vez que a mulher grávida sente cólicas de qualquer tipo.

Relações sexuais

Ter relações sexuais durante a gravidez é uma atividade física incomum que pode causar algum deslocamento e pressão de impacto no útero.

Isso poderá resultar em cólicas ou em dor após a relação sexual. No entanto, tais sintomas são normais e não constituem motivo de preocupação.

Crescimento normal do feto

À medida que o feto se desenvolve e cresce no interior do seu útero, haverá um aumento natural do seu volume.

Além disso, o seu útero começará a crescer antes do crescimento do bebé, o que resultará em desconforto e pressão no abdómen.

Distensão dos ligamentos

À medida que a gravidez avança, os ligamentos e os músculos que rodeiam o seu útero, virilhas e quadris começarão a mudar para se prepararem para um eventual parto, o que pode causar cólicas

Problemas gastrointestinais

Se você está obstipada (prisão de ventre) ou inchada, que são dois dos sintomas mais comuns da gravidez, isso poderá colocar uma pressão excessiva sobre as paredes abdominais e sobre o intestino, resultando na sensação de cólicas.

Outras causas graves

Embora as causas referidas anteriormente sejam normais e não constituam motivos de preocupação, as cólicas nas primeiras semanas também podem ser causadas pela gravidez ectópica, gravidez química, aborto espontâneo, pré-eclâmpsia ou infecções do trato urinário.

Todas estas causas requerem atenção médica.

Sinais e sintomas de cólicas nesta fase

Alguns dos sinais e sintomas mais comuns de cólicas no início da gravidez incluem dor e rigidez abdominal, desconforto de um dos lados da virilha e hemorragia leve, além de outros sintomas mais graves.

Dor abdominal e pressão

Tal como acontece em qualquer outro tipo de cólicas, o sinal mais notável é a sensação de pressão no intestino e no abdómen inferior, como se você estivesse a contrair os seus músculos abdominais com muita força e não os pudesse relaxar.

Dor unilateral

Muitas vezes, as cólicas só aparecerão num dos lados da virilha, seja à esquerda ou à direita. Esta dor aguda pode ser preocupante, mas lembre-se, é bastante comum em mulheres grávidas.

O que Procura?
Sangramento Vaginal Pós-Parto? Dura Quanto Tempo? É Normal? Você Poderá Ficar Surpreendida...

Hemorragia ligeira

Nas primeiras semanas de gravidez, frequentemente na altura em que o seu período deveria ter ocorrido, você poderá sofrer algumas hemorragias ou corrimentos menores, assim que o embrião se ligue ao útero.

Tonturas

Este é um sintoma mais grave que deverá leva-la a visitar o seu médico, uma vez que uma queda durante a gravidez pode ser muito perigosa para a saúde do seu filho.

Cólicas constantes

Cólicas persistentes ou severas, especialmente se você estiver grávida de gémeos, podem ser graves e devem ser encaminhadas imediatamente para um médico.

Cólicas No Início Da Gravidez

Quando é que as cólicas param?

Não existe um tempo concreto para que as cólicas do início da gravidez parem, embora a maioria das mulheres afirme que este tipo de cólicas diminui de gravidade durante o segundo trimestre de gravidez.

Contudo, é possível a ocorrência de um pico entre a 15ª e a 18ª semanas.

Após esta breve pausa, é frequente que surja um novo tipo de “cólicas” durante o terceiro trimestre, mas estas assemelham-se mais a mini-contrações do que a cólicas propriamente ditas.

O início das cólicas pode ser tão precoce quanto a 1ª semana de gravidez.

Tratamentos para as cólicas

Felizmente, há uma série de tratamentos simples para cólicas, tais como os tratamentos térmicos, os exercícios de kegel, permanecer ativa, entre outros.

Permanecer hidratada

Se você beber uma quantidade suficiente de água durante a gravidez, pode garantir um bom movimento muscular e uma boa comunicação do sistema nervoso, o que poderá reduzir a gravidade das cólicas.

Exercícios de Kegel

Você pode exercitar os músculos que rodeiam a sua virilha e os quadris, além da sua parede abdominal e útero, realizando exercícios de kegel.

Estes exercícios tornarão os músculos mais flexíveis e capazes de se esticarem para acomodar o bebê, sem tanto desconforto.

Tratamentos térmicos

Tomar um banho ou aplicar uma compressa no local das cólicas pode estimular o fluxo sanguíneo e reduzir as cólicas, ao mesmo tempo que relaxa os músculos de todo o corpo.

O que Procura?
11 Benefícios Surpreendentes e Usos do Açúcar de Coco

Permanecer ativa

É importante permanecer ativa no início da gravidez. As caminhadas rápidas ou exercícios de cardio ligeiros podem reduzir a frequência das cólicas.

Prevenção das cólicas

Você poderá prevenir a ocorrência de cólicas, eliminando os alimentos fermentados da sua dieta e melhorando a sua postura, apenas para citar algumas atitudes que poderá tomar com esse objetivo.

Alongamentos

Alongar 1-2 vezes por dia pode ser uma maneira fácil de evitar o surgimento de cólicas, em particular no primeiro trimestre.

Alimentos Fermentados

Os alimentos como chucrute, iogurte, queijo e kefir são todos fermentados e podem aumentar a acumulação de gases no intestino.

Evite consumir estes alimentos, se estiver a sofrer de cólicas persistentes ou constantes.

Postura

Manter-se confortável durante a gravidez é fundamental, mas não se esqueça de prestar atenção à sua postura!

Massacrar o seu abdómen ou colocar pressão sofre os músculos abdominais normalmente estimula o surgimento de cólicas.

Conheça 15 Testes de Gravidez Que Pode Fazer em Casa

Referências

http://www.sciencedirect.com/
https://mospace.umsystem.edu/
http://onlinelibrary.wiley.com/
https://link.springer.com/
http://onlinelibrary.wiley.com/
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/8994238
http://jamanetwork.com/
http://onlinelibrary.wiley.com/
http://www.sciencedirect.com/
http://journals.humankinetics.com/
http://www.jstor.org/stable/24110346
http://www.sciencedirect.com/

04. setembro 2017 by Rui

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *