Colostro

Revisado por Equipe Editorial a 28 outubro 2018 - Publicado a 28 de agosto de 2014

O colostro é o nome dado ao primeiro leite que a mãe conseguirá produzir para amamentar o seu bebê. Geralmente, este leite tende a começar a aparecer a partir dos quatro meses de gestação da mãe.

O colostro é um leite que possui uma cor geralmente amarelada, e que é um leite que apresenta um valor calórico elevado e que é um leite muito gordo.

A quantidade produção deste leite é geralmente uma quantidade reduzida, que está adequada ao tamanho que o estômago do bebê terá nos seus primeiros 3 dias de vida.

Nem sempre a produção de colostro significa necessariamente que se está perante uma fase de gravidez. Depois de uma estimulação que seja derivada de contactos íntimos da mulher, em qualquer uma das fases do ciclo menstrual, poderá ser libertada uma secreção branca do mamilo das mulheres, e que se fica a dever precisamente a este tipo de estimulação.

O colostro é importante porque tem um papel que contribui significativamente para uma maturação do trato gastrointestinal do bebê, já que este leite possui substâncias anti-microbianas, anti-inflamatórias e ainda propriedades que no geral ajudam a uma defesa mais eficaz do organismo do bebê. Isto é importante porque ajuda o bebê a ficar protegido contra diversas doenças, entre as quais se encontram alergias, diarreia e prisão de ventre. Ao mesmo tempo, este leite é de fácil digestão para o bebê, ao mesmo tempo que ajuda ainda a fortalecer a relação que existe entre a mãe e o bebê.

Composição do colostro

O colostro é um tipo de leite que se apresenta como sendo bastante rico em vitamina A, minerais e proteínas. Para além disso, é um leite menos concentrado em gorduras e carboidratos quando comparado com o leite materno numa fase madura.

As características que compõem este leite fazem com que o mesmo seja um leite muito apropriado para um bebê recém-nascido.

Este leite, para além de tudo o que já foi mencionado, é um tipo de leite que geralmente dura apenas cerca de três dias, que é a altura em que a subida do leite ocorre e se começa a produzir um outro tipo de leite, ainda amarelado, mas já com características diferentes.

Informação nutricional do colostro

  • Proteínas: Colostro (3,1), Leite de Transição (0,9), Leite Maduro (0,8);
  • Gordura: Colostro (2,1), Leite de Transição (3,9), Leite Maduro (4,0);
  • Lactose: Colostro (4,1), Leite de Transição (5,4), Leite Maduro (6,8);
  • Oligoassacarídeos: Colostro (2,4), Leite Maduro (1,3).

Durante a amamentação, se a mãe tiver alguma rachadura nos mamilos é normal que possa sair colostro com algum sangue, mas isso não afecta a amamentação do bebê.

O médico poderá, nestes casos, recomendar a utilização de uma pomada cicatrizante para os mamilos, que poderá ser utilizada durante toda a amamentação e evitar este problema.