Como Calcular o Subsídio de Doença?

Como Calcular o Subsídio de Doença? Este subsidio trata-se de uma pequena quantia monetária atribuída pela segurança social aquelas pessoas que estão incapacitadas de trabalhar caso estejam doentes ou tenham que cuidar de alguém que esteja doente na sua família. O subsídio de doença é pago todos os meses e a quantia varia com a duração da doença que é atribuída com percentagens pré-estabelecidas por lei, uma doença que esteja destinada até 90 dias mais ou menos recebe apenas 65%, entre 91 dias e um ano recebe 70% do subsidio, e quando é mais de 354 dias recebe 75%.

Quando a doença é tuberculose e alguém tem que cuidar do doente essa pessoa que cuida recebe 80% do subsídio quando tem duas pessoas da família a seu cargo e recebe o subsídio todo quando são mais de dois familiares.

O que se recebe:
Recebe-se no mínimo 30% (4,19 euros por dia) do valor diário de retribuição mínima mensal que está estabelecida para o tipo de trabalho que tem; caso o subsídio de doença seja menor que a retribuição mínima mensal este valor passa a ser igual ao da remuneração de referencia; o valor líquido desta remuneração de referência calcula-se deduzindo a taxa contributiva para a Segurança Social e o IRS.

O valor do subsídio calcula-se:
Somando-se todas as remunerações dos primeiros seis meses dos últimos 8 (a contar com a partir do mês anterior aquele em que ficou incapacitado de trabalhar), divide depois o total por 180 (que dá o valor de remuneração de referencia) e por fim multiplica o valor obtido pela percentagem da duração da doença ( 0,65% ou 70% ou 75% ou outros valores dependentemente da doença) e aqui esta o valor do subsidio que receberá por dia.

Ler também:

Pagamento do subsídio de doença

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 4:09 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)