Como prevenir as Estrias

Descubra Como prevenir as Estrias?

São várias as causas que levam ao aparecimento de estrias: processos naturais do organismo, o uso de certos medicamentos e excesso de exercícios de musculação podem estar por trás do aparecimento de estrias.

A evolução do problema é sempre igual: a distensão da pele gera um processo inflamatório e linhas avermelhadas. Nesta fase as estrias são recentes e mantêm-se assim de três meses a um ano. O organismo passa a produzir um colagénio mais espesso e a estria fica semelhante a uma cicatriz com coloração perolada.

Consequência da ruptura das fibras de sustentação da pele: colagénio e elastina, as linhas aparecem em pessoas predispostas geneticamente, mas certos factores desencadeiam o problema, como alterações hormonais na adolescência e na gravidez, o uso de corticóides e estiramento da pele provocado pela gravidez, aumento de peso, crescimento e excesso de musculação.

Como prevenir as estrias: basta espalhar cremes e beber muita água (cerca de 2 litros por dia) para diminuir o risco de estrias. A única maneira de evitar as estrias é manter a pele hidratada e nutrida com cremes à base de lactato de amónio, uréia, óleos vegetais e vitaminas, espalhados diariamente pelo corpo. Eles reforçam as fibras de sustentação e a qualidade da pele. De referir que as fibras de uma pele bem hidratada resistem mais às estias.

Quando já não vale a pena prevenir, o melhor será erradicar o problema através de um bom tratamento. Os Institutos de Beleza oferecem uma variedade de tratamentos contra as estrias. A maioria ajuda, mas há um mais adequado consoante o tipo de estria. 

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 3:00 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)