Saiba como reduzir o suor nas axilas

Saiba como reduzir o suor das axilas com a simples aplicação de uma substância chamada toxina botulínica (botox).

hiperidrose excesso de suor

O suor é uma excreção natural e totalmente necessária ao seu organismo. Além de ser uma das formas que o seu corpo tem para filtrar e eliminar as substâncias tóxicas que estão no sangue, resultado da respiração celular, é também uma defesa do organismo contra o sobre aquecimento da pele. Por isso é que sua mais quando faz um grande esforço, como numa actividade desportiva, ou então, em dias de muito calor.

No entanto, há casos em que o suor não é regulado devidamente, e dessa maneira, facilmente há libertação de suor, por vezes em grande quantidade. A este problema chamamos sudorese excessiva, e tem implicações bastante desagradáveis na higiene diária, mas também, na relação com as outras pessoas. A grande maioria sente um grande embaraço pelas manchas de suor debaixo dos braços, que normalmente vêm associados com um odor menos agradável!

O que fazer para reduzir o suor das axilas?

Existe hoje em dia um método muito eficaz, que consegue reduzir drasticamente a quantidade de suor, normalizando a sua produção. Apesar de ser uma solução temporária, permite controlar ao longo dos tempos este problema. Assim, através de injeções de toxina botulínica, mais conhecida por botox, nas regiões afetadas, irá promover a redução da produção de suor para níveis normais.

Depois deste tratamento, ao fim de aproximadamente 5 dias, a situação estará regularizada, e permanecerá assim durante alguns meses, 6 a 10, dependendo do organismo de cada pessoa. No final desse tempo, apenas terá de fazer um novo tratamento, e o efeito estender-se-á por mais esse período de tempo.

Não sendo uma solução permanente, o procedimento com a toxina botulínica é no entanto uma solução muito eficaz, e bastante compensadora, pois durante o tempo de duração do seu efeito, o controlo sobre o suor excessivo das axilas é total!

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 5:33 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)