Coqueluche

Coqueluche (pertússis ou tosse convulsa) – Sintomas, Causas e Características do diagnóstico

Infecção aguda do trato respiratório, propagada por gotículas respiratórias.

História de omissão de vacinação contra difteria-coqueluchetétato (DPT).

Estágio catarral prodrômico de duas semanas, com mal-estar, tosse, coriza e anorexia; observado predominantemente em lactentes menores de 2 anos de idade.

Tosse paroxística, que termina em “guincho” inspiratório profundo (tosse quintosa).

Linfocitose absoluta com possível leucocitose extremamente alta.

Diagnóstico confirmado por cultura.

Diagnóstico diferencial

. Pneumonia viral
. Aspiração de corpo estranho
. Bronquite aguda
. Leucemia aguda (quando a leucocitose é proeminente)

Tratamento da doença Coqueluche (Bordetella pertussis)

. Imunização ativa preventiva (como parte da DPT)
. Eritromicina com imunoglobulina em determinados pacientes
. Tratar pneumonia secundária e outras complicações

Dica
A causa das maiores contagens benignas de leucócitos na medicina clínica.

Referência
Von Konig CH, Halperin S, Riffelmann M, Guiso N: Pertussis of adults and infants

Saiba mais sobre a Vacina Contra Difteria, Tétano e tosse convulsa) Durante a Gravidez

O que Procura?

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *