Corinthia Hotel em Londres - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Corinthia Hotel em Londres

O novo Corinthia Hotel em Londres foi criado para estar à altura dos melhores do mundo. Em Portugal, o grupo de hotéis Corinthia era, até há algum tempo, praticamente desconhecido. Isto, claro está, até à re­mo­delação e abertura de uma das melhores uni­dades hoteleiras de cinco estrelas em Lisboa. Mas, este ano, a empresa de Malta estreou-se em Londres e estabeleceu-se ainda mais como um concor­rente sério no mundo da hospitalidade de luxo.

Com uma pequena colecção de hotéis na Europa e Médio Oriente, o fundador e chairman Alfred Pisani tinha como objectivo a criação de um hotel em Londres para rivalizar não só com nomes como o The Savoy (seu vizinho) e o The Dorchester, mas também com os melhores hotéis de luxo do mundo. Este seria um grande desafio, mas os factos comprovam que o Corinthia London é bem capaz de estar à altura do sonho do seu fundador.

É óbvio que grande não equivale sempre a melhor, mas o projecto marca alguns pontos importantes no que diz respeito ao tamanho.

Para além de ser o segundo maior projecto recente de construção em Londres (a seguir ao estádio Olímpico), tem a maior média de área por cliente de qualquer hotel do seu segmento na cidade, bem como a maior suite. Juntemos a isto o maior spa em Londres, que é também uma das cidades com maior expressão a nível de spas do mundo, e a escala deste hotel começa a aparecer em contexto.

Mas, com apenas 294 quartos e suites, este não é um hotel grande. Mais importante que isso, é o nível de perícia e trabalho manual que o hotel reúne, em combinação com a cuidadosa requalificação de um importante marco de Londres. Situado no Whitehall Palace, nos arre­dores da Trafalgar Square, e mesmo ao lado do rio Tamisa, o hotel é o resultado da renovação, no valor de 300 milhões de libras, de um marco histórico que foi inaugurado oficialmente como o prestigiado Metropole Hotel em 1885, antes de ser ocupado pelo Governo britânico em 1936 e de passar a acolher o Ministério da Defesa.

O Corinthia London abriu em Maio deste ano e a fachada original foi mantida meticulosamente, ao passo que muitas das características originais da arquitectura no interior foram incorporadas nas áreas públicas do hotel. O que distingue o Corinthia de outros hotéis de luxo em Londres é a pura sensação de espaço, grandeza e luz natural, que vem do lounge do lobby, com um enorme candelabro de cristal Baccarat, e que se estende aos restaurantes e até mesmo aos quartos e suites.

A Royal Suite, por exemplo, com 470 metros quadrados distribuídos ao longo de dois andares e equipada com ginásio, cave de vinhos e terraço privado, é uma das sete suites de assinatura, a maioria das quais se estendem ao longo de dois pisos e ficam nas torres do sétimo andar do edifício, com vistas magníficas para o Tamisa.

Mas, todos os quartos e suites são supremamente confortáveis e luxuosos, com toques que incluem casas de banho imaculadas em mármore e walk-in closets em muitos dos quartos, feitos em couro e carvalho francês.

Enquanto edifício histórico, outro facto que distingue o Corinthia da maioria dos hotéis em Londres também situados em edifícios de especial interesse arquitectónico, cultural ou histórico é a decoração. Há muito poucas coisas na decoração de interiores deste hotel que nos lembram, de facto, que estamos em Inglaterra. É arrojado e grandioso, num estilo intemporal que remete para o luxo, mas sem ser demasiado formal.

Apesar das suas ofertas gastronómicas não terem (ainda) estrelas Michelin, o Corinthia tem dois excelentes restaurantes, que estão a atrair muita atenção. O Northall é o reino do chef Garry Hollihead, cuja comida é uma celebração dos melhores ingredientes regionais britânicos. Não há qualquer mestria envolvida na gastronomia aqui, mas sim uma filosofia de regresso às raízes, na qual os melhores ingredientes britânicos são preparados através de técnicas clássicas francesas, com resultados espantosos.

Mas o restaurante de excelência é o Mas­simo Restaurant & Oyster Bar. O interior, criado pelo reconhecido designer David Collins, é simplesmente espectacular, com enormes pilares listrados e bonitos candeeiros em forma de globo. O restaurante, que dispõe de um menu entusiasmante feito pelo conceituado chef italiano Mas­simo Riccioli, do famoso restaurante La Rosetta, em Roma, está rapidamente a tornar-se num dos mais falados restaurantes italianos em Londres.

O já mencionado spa, com 3.300 metros quadrados distribuídos ao longo de quatro andares, é gerido pelo grupo ESPA, sendo ainda um destino âncora para o novo conceito ESPA Lifestyle. A cavernosa zona húmida do spa é particularmente impressionante, e o seu ponto principal é a sauna em anfiteatro com paredes de vidro, rodeada pelas cintilantes piscinas e ardósia preta, iluminada por luz ambiente.

Somando todas as partes, é apenas uma questão de tempo até que o Corinthia Hotel London se torne reconhecido como um verdadeiro hotel na corrida pelos rankings dos melhores hotéis do mundo.

www.corinthia.com/london

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade