Deficiência De Colina: 6 Sintomas da Falta do Nutriente

É importante ter quantidades suficientes de colina no sistema para a execução de muitos processos corporais. No entanto, antes de recorrer a suplementos ou mudanças na dieta, é importante conhecer melhor esta vitamina.

Sintomas Provocados Pela Falta De Colina

O Que É a Colina?

A colina é uma vitamina hidrossolúvel agrupada nas vitaminas do complexo B.

É produzida pelo ser humano no fígado, sendo que a maioria das pessoas é capaz de manter diariamente os níveis adequados desta vitamina tão essencial ao incluir na dieta alimentos que contêm colina.

É um nutriente essencial muito importante, pois pode afetar o desenvolvimento do cérebro, os níveis metabólicos e a produção de energia no corpo, entre outros.

Dito isto, a deficiência de colina existe em muitas pessoas, o que pode causar complicações no fígado, bem como problemas cardiovasculares e neurológicos.

Sintomas de Falta de Colina

Quem tem dificuldade em manter os níveis de colina adequados, pode experimentar alguns sintomas que incluem:

  • Falta de energia
  • Dificuldade na concentração e no foco
  • Lentidão quando se tratam de processos cognitivos

A acetilcolina por exemplo, é um composto neurotransmissor importante no organismo que se relaciona com muitas destas funções, e não pode ser produzido sem colina.

Sintomas mais graves, se a deficiência persistir:

  • Dificuldade em dormir
  • Aumento dos níveis de colesterol
  • Problemas nos músculos e nervos

Em casos mais graves, o indivíduo pode começar a experimentar distúrbios renais ou Fígado gorduroso (doença hepática gordurosa), bem como um aumento do risco de doenças neurodegenerativas à medida que avança na idade.

Fatores De Risco

Está em maior risco de deficiência de colina se não está a comer alimentos que o fígado necessita para criar as quantidades da vitamina que o corpo precisa. Pode ver os alimentos ricos no nutriente mais abaixo.

Os vegetarianos e veganos têm um risco particularmente mais alto, já que em muitos casos evitam muitas das fontes ricas em proteína, onde a colina é encontrada, incluindo leite e ovos.

Os corredores de longa distância e outras modalidades extremas também enfrentam um risco acrescido de deficiência, já que consomem / gastam grande parte da vitamina durante os treinos.

Para terminar, as pessoas que consomem grandes quantidades de álcool tendem a inibir a produção de colina e são mais propensas a desenvolver essa falta.

De um modo geral, os homens devem ingerir cerca de 550 mg da vitamina por dia, enquanto as mulheres necessitam de cerca de 425 mg.

Alimentos ricos em colina

O Bife De Fígado é Uma Excelente Tonte De Colina Para Evitar A Deficiência Da Vitamina

As fontes alimentares mais ricas nesta vitamina tão essencial são:

  • Ovos
  • Sementes De Abóbora
  • Tomates
  • Pepinos
  • Bife de fígado
  • Amêndoas
  • Repolho
  • Brócolis
  • Repolho-chinê (Bok choy)
  • Manteiga
  • Produtos lácteos crus
  • Tofu
  • Frango
  • Salmão
  • Lecitina de soja

A colina é considerada um nutriente seguro. No entanto, tal como todos os nutrientes, quando tomado ou consumido em excesso, pode tornar-se tóxico. Recomendamos sempre conselho médico antes de fazer qualquer alteração na sua dieta.

Referências

http://psycnet.apa.org/
http://onlinelibrary.wiley.com/
http://www.fasebj.org/
https://www.sciencedirect.com/
http://www.gastrojournal.org/
http://jandonline.org/

O que Procura?

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *