Depilação Masculina - Como fazer: Laser, Cera, Gilete ou Cremes Depilatórios - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Depilação Masculina – Como fazer: Laser, Cera, Gilete ou Cremes Depilatórios

A depilação masculina já há muito que deixou de ser tabu, e começa agora a ser encarada com bastante naturalidade por um número cada vez maior de Homens. Veja um Exemplo do resultado conseguido através da depilação masculina – Em Fotos Antes e Depois

Mais do que uma medida de carácter estético, a depilação pode, também, ser encarada como uma boa prática de higiene, que quando levada a cabo correctamente, muitos e bons resultados poderá originar.

A depilação pode ser feita por qualquer Homem. No entanto, são aqueles que apresentam problemas de elevada pilosidade que mais benefícios poderão retirar desta prática que, nos dias de hoje, é cada vez mais recorrente.

Como fazer – Ideias e Sugestões de depilação para todos os gostos

À semelhança daquilo que acontece na depilação feminina, também poderão ser utilizadas diversas técnicas na depilação masculina. É difícil determinar qual a melhor de todas elas, na medida em que todas possuem vantagens e desvantagens, e aquelas que agradam a uma pessoa, poderão não agradar a outras.

Depilação a cera

Entre as mais comuns e producentes, está a depilação com cera quente ou fria. Esta técnica oferece a vantagem de arrancar o pêlo desde a raiz, promovendo assim uma depilação mais prolongada. Apesar de representar uma excelente técnica, possui a grande desvantagem de poder revelar-se bastante dolorosa.

Apesar de ser facilmente suportada pelas Mulheres, o mesmo nem sempre é válido para os Homens, uma vez que, ao possuírem pêlos mais densos e em maior número, as dores resultantes desta prática poderão revelar-se muito superiores.

Depilação com Gilete

A gilete também poderá ser utilizada, e é uma alternativa que, apesar de não oferecer resultados tão duradouros, poderá revelar-se extremamente prática, rápida e fácil de levar a cabo.

O nível de suavidade oferecido também não é tão elevado quanto o da cera. No entanto, para regiões com pêlos finos, em baixo número e de crescimento demorado, a gilete poderá até ser uma solução bem pensada, na medida em que, ao contrário da cera, não oferece qualquer tipo de dor. Como alternativa à gilete, a própria máquina de barbear poderá ser utilizada.

Creme depilatório

Para além disto, também existem cremes e espumas que produzem um efeito semelhante ao da gilete. São, a nível geral, mais práticos, mas oferecem o risco de reacções alérgicas em peles mais sensíveis. Segundo especialistas, alguns destes produtos podem revelar-se tóxicos para o organismo, por isso é necessária muita cautela na sua utilização.

Depilação a Laser

Para quem procura uma solução mais definitiva, o indicado é fazer sessões a laser. Este procedimento permite-lhe em alguns casos passar anos sem ter de se preocupar com a depilação, o que, para aqueles que odeiam todo o processo de remoção de pêlos, poderá ser encarado como uma grande vantagem. Possui a desvantagem de ser uma alternativa dispendiosa. No entanto, a médio prazo, talvez acabe por compensar.

Fazer a depilação não contribui apenas para beneficiar a imagem do Homem, mas também para conferir uma maior sensação de leveza e conforto, que durante os meses mais quentes do ano poderá ser de grande utilidade.

O excesso de pêlo também poderá contribuir para infecções e alergias dermatológicas, e por isso é também nesse campo que a depilação se poderá revelar bastante favorável ao seu bem-estar.

Atualizado em 13 Janeiro 2018

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade

Isensão de Responsabilidade: A nossa plataforma foi criada com o objetivo de facilitar o acesso a informação de valor "Saúde com Ciência", baseada em estudos científicos. Tudo o que publicamos tem uma base científica. No entanto, nenhuma das publicações têm o objetivo de servir como diagnóstico, sendo sempre indicada consulta médica. O mesmo se refere a tratamentos, clínicas, suplementos e medicamentos indicados. A indicação, dosagem, e forma de uso é apenas ilustrativa, não estando indicada a automedicação ou suplementação sem antes haver indicação médica profissional. O mesmo se refere aos preços dos produtos por vezes indicados. Esses valores são baseados no ano de 2018 e servem apenas como informação auxiliar, não estando a nossa plataforma de nenhuma forma a ligada a essas empresas.