Depressão, Dieta e Musculação

Tenho 28 anos, 1,70 cm, 89 Kg e uma estrutura óssea bastante larga.

Há cinco meses comecei uma terapia antidepressiva que me fez engordar 8Kg.

Pratico musculação três vezes por semana e neste momento estabilizei o peso, mas não consigo emagrecer. Gostaria de saber qual o meu peso ideal e que me desse algumas dicas para perder peso.

Cláudia Santos

Cara Cláudia, a razão de não conseguir emagrecer, poderá dever-se ao facto de praticar musculação com uma certa regularidade.

Este tipo de atividade favorece o desenvolvimento da massa muscular e, por isso, a possibilidade de um aumento de peso e não de uma diminuição.

Isto explica-se pelo facto de a massa muscular ser mais pesada do que a massa gorda. Daí, não ser capaz de perder peso uma vez que a sua massa muscular, devido aos exercícios de musculação, continua a crescer.

Tendo em conta apenas o seu sexo, idade e estatura, o seu peso ideal situa-se entre os 64 e os 72 kg o que significa que terá cerca de 17 kg de excesso ponderal.

No entanto, não quer isto dizer, dada a sua actividade física, que este excesso de peso seja devido a uma acumulação de massa gorda.

Aqui vão algumas dicas para perder peso:

– Consulte um nutricionista (ao vivo!) para que este possa fazer uma correcta avaliação do seu estado nutricional.

Isto porque, para prescrever uma dieta adequada são necessárias outras informações suplementares (tipo de alimentação, massa muscular, etc);

– Se consome produtos hiperproteícos ou outros utilizados para aumentar a sua massa muscular, deverá mencionar este facto ao nutricionista que a acompanhar;

– Repense o tipo de actividade física que pratica;

– Faça pelo menos cinco a seis refeições diárias (poucos alimentos de cada vez, distribuídos ao longo do dia);

– Não passe mais de três a três horas e meia sem comer;

– Consuma frutos e legumes (cuidado com os sumos de fruta em demasia!);

– Beba bastante água;

– Elimine da sua alimentação diária bebidas alcoólicas, açúcar, doces, refrigerantes com açúcar e todo o tipo de confecção culinária com muita gordura.

Conheça Algumas Alternativas Naturais aos Antidepressivos

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 2:56 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)