Os 9 Melhores Benefícios da Dieta Cetogênica

Surgem constantemente novas opções alimentares e a dieta cetogênica é uma das mais populares dos últimos anos.

Antes de adotar esta dieta Low-Carb (pobre em carboidratos), é importante que entenda as exigências que ela acarreta, os benefícios que ela pode oferecer e alguns dos melhores alimentos que podem tornar este objetivo nutricional uma realidade!

Dieta Cetogênica

O que é a dieta cetogênica?

A dieta cetogênica é, em termos simples, uma dieta pobre em hidratos de carbono e com alto teor em gorduras, semelhante a várias outras dietas populares dos dias de hoje, tais como a Dieta Atkin.

É conhecida principalmente como uma dieta de emagrecimento, uma vez que pode ajudar a estimular o metabolismo e a acelerar a queima de calorias.

Embora muitas pessoas acreditem que uma dieta rica em gorduras é pouco saudável, o que importa é o tipo de gorduras que você consome.

Numa dieta cetogênica, por exemplo, a sua ingestão de proteínas será bastante elevada, em vez de fazer uma alimentação repleta de hidratos de carbono.

Tanto os hidratos de carbono como as gorduras podem ser utilizados ​​pelo organismo para produzir energia.

No entanto, quando a gordura é a principal fonte de metabolismo energético, o corpo entra num estado conhecido como cetose.

Depois do seu corpo entrar neste estado deficiente em hidratos de carbono, ele começa a queimar gorduras para obter energia.

Esta queima de gorduras provoca uma libertação de cetonas que são fontes densas de energia com a capacidade de estimular partes críticas do corpo, como o cérebro.

Ao mudar drasticamente a sua dieta da dependência de carboidratos para a dependência de gorduras, você poderá disfrutar de uma série de benefícios impressionantes para a saúde, além da perda de peso.

Conheça os Benefícios da Dieta Militar

Benefícios da dieta cetogênica para a saúde

Dieta Cetogênica

Alguns dos principais benefícios para a saúde da dieta cetogênica incluem a melhoria das capacidades cognitivas, o controlo dos níveis de açúcar no sangue, o aumento dos níveis de energia e a melhoria da função do sistema nervoso, entre outros.

Conheça os Benefícios da Dieta Low Carb

Cuidado da pele

Um dos efeitos colaterais benéficos da dieta cetogênica é o impacto que ela pode ter na sua pele.

Os alimentos altamente processados e com alto teor em hidratos de carbono têm muitos açúcares artificiais, que se provaram ser maus para o aspeto da pele.

De forma particular, a dieta cetogênica é capaz de afetar positivamente os sintomas da acne em muitas pessoas.

Perda de peso

Conhecida principalmente como uma dieta de emagrecimento, uma abordagem cetogênica irá permitir que o seu corpo utilize fontes alimentares de maior qualidade para produzir energia e armazenar menos gordura.

Quando se trata dos carboidratos, qualquer excesso de calorias será armazenado como gordura para utilização posterior.

Isso só resultará em aumento de peso e em níveis de energia mais baixos, particularmente após o ímpeto inicial do açúcar proveniente dos hidratos de carbono simples.

Uma maior quantidade de proteínas no organismo também impulsionará o metabolismo, o que aumentará o potencial de queima de gorduras, principalmente se você estiver a consumir gorduras de alta qualidade como parte da dieta cetogênica.

Conheça » 8 Dietas da Moda que Realmente Funcionam

Redução dos níveis de colesterol

As dietas que se concentram na redução dos carboidratos e no aumento das gorduras têm sido associadas a níveis mais baixos de colesterol “mau” e a níveis mais elevados de colesterol “bom”.

Para além disso, é típico observar níveis mais baixos de triglicerídeos em pessoas que estejam a realizar uma dieta cetogénica.

Um melhor equilíbrio do colesterol e uma menor quantidade de triglicerídeos podem ajudar a proteger contra a deposição de placas nas artérias, o que pode reduzir o seu risco de aterosclerose, doenças cardíacas, ataques cardíacos e AVC.

Prevenção da diabetes

Além da perda de peso, o benefício mais notável de uma dieta cetogênica é a redução da resistência à insulina, o que pode ajudar a prevenir o desenvolvimento de diabetes.

Ao reduzir as concentrações de insulina para níveis saudáveis, é possível atenuar os sintomas da diabetes, além de ajudar os indivíduos não diagnosticados a preveni-la.

Alívio dos sintomas de epilepsia

Os ácidos gordos ómega-3 são muitas vezes associados à saúde do coração e ao colesterol, mas eles também podem ter um impacto no sistema nervoso.

Uma importante investigação sobre epilepsia descobriu que seguir uma dieta cetogénica reduz os sintomas desta doença e permite que a medicação antiepilética funcione de forma mais eficaz no organismo.

Aumento da energia

Conforme mencionado anteriormente, o metabolismo das gorduras resulta na liberação de cetonas, que são uma excelente fonte de energia pura.

Na verdade, as gorduras são consideradas o melhor tipo de molécula para processar em energia, dando-lhe um estímulo que pode suportá-lo ao longo do seu dia.

Redução da tensão arterial

Muitas investigações foram realizadas para perceber os efeitos da dieta cetogénica, tendo as descobertas revelado uma redução geral da tensão arterial.

Tal fato pode dever-se à maior concentração de potássio e à menor quantidade de açúcar presentes nos alimentos comuns desta dieta.

Também pode se dever aos benefícios do emagrecimento, uma vez que a obesidade é um dos fatores causadores de hipertensão.

Melhoria da saúde digestiva

Ao seguir uma dieta cetogênica, é muito provável que você aumente a quantidade de fibras ingeridas, sobretudo através de frutas e de vegetais não amiláceos.

Este aumento das fibras dietéticas ajudará a melhorar a saúde digestiva, promovendo os movimentos peristálticos e facilitando a passagem dos movimentos intestinais.

Isto pode diminuir o seu risco de sofrer de indigestão, obstipação (prisão de ventre), diarreia, inchaço, cãibras, úlceras gástricas e até mesmo de câncer colorretal.

Prevenção do câncer

Falando acerca do cancro, vários estudos relacionaram as dietas cetogénicas com uma redução dos sintomas de câncer.

Em suma, acredita-se que as cetonas são incompatíveis com as células cancerígenas.

Deste modo, essas células mutadas não conseguem aceder aos recursos e, consequentemente, acabam por morrem.

Por outro lado, uma dieta rica em carboidratos e repleta de alimentos processados ​​fornece às células cancerígenas todos os recursos de que elas necessitam para prosperar.

Lista de alimentos para uma dieta cetogênica

Lista De Alimentos Para Dieta Cetogênica

Se planeia seguir uma dieta cetogênica, alguns dos alimentos-chave que deverá incluir na sua alimentação são as frutas, os vegetais não amiláceos (sem amido), as gorduras saudáveis ​​e a carne biológica magra, entre outros.

Gorduras saudáveis

O elemento mais importante desta dieta são fontes saudáveis ​​de gorduras.

Elas provêm principalmente de formas magras de proteína, incluindo os peixes gordurosos, como o salmão e o bacalhau, bem como o azeite, as nozes de macadâmia, os abacates, entre outros alimentos ricos em gordura.

Proteínas magras

Qualquer carne de animais alimentados com pastagem, desde a carne bovina e das aves de capoeira aos peixes gordurosos, pode ser incluída numa dieta cetogênica.

Contudo, outras formas de proteína, como os ovos pastoreados, a manteiga e certos órgãos animais também são excelentes opções.

Vegetais sem amido (não amiláceos)

Alguns vegetais contêm altos níveis de amido, um hidrato de carbono.

Os vegetais como o espinafre, a couve-rábano, a couve-galega, os espargos, o pepino, os rebentos de bambu e o aipo são opções mais seguras.

Frutas

Abacate é Um Dos Alimentos A Incluir Na Dieta Cetogênica

Com elevados níveis de fibras, açúcares naturais, antioxidantes, minerais e vitaminas, as frutas são uma parte importantíssima de qualquer dieta cetogênica, em particular as frutas como as bagas e os abacates.

No entanto, muitas frutas contêm demasiados carboidratos para se adequarem a uma dieta cetogênica.

Por esta razão, fale com o seu médico ou com um nutricionista acerca dos frutos que pode incluir na dieta.

Referências

http://europepmc.org/abstract/med/9265974
https://www.karger.com/article/Abstract/336404
https://www.ncbi.nlm.nih.gov
https://link.springer.com
https://doi.org/10.1186/1743-7075-2-34
http://pediatrics.aappublications.org
http://www.sciencedirect.com
http://jamanetwork.com
https://academic.oup.com
https://doi.org/10.1186/1743-7075-4-5

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 01/10/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 1/10/2018 às 12:27 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)