Dieta para a Diabetes Gestacional - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Dieta para a Diabetes Gestacional

Atualizado em 13 Janeiro, 2018

Gravidez – Dieta para a Diabetes Gestacional:

Por vezes, durante o período da gravidez, os níveis de açúcar no sangue disparam para níveis semelhantes aos registados pelos diabéticos.

Nestes casos, é necessário controlar a ementa do dia-a-dia em nome da saúde da futura mãe e do feto.

O que é a diabetes gestacional?

A diabetes gestacional é diagnosticada quando o nível de glicose (açúcar) no sangue é demasiado elevado durante a gravidez. A diabetes gestacional desaparece, geralmente, após o parto.

O facto de ter diabetes durante a gravidez aumenta a probabilidade de vir a ter diabetes mais tarde. A diabetes é um problema associado à forma como o seu organismo utiliza o açúcar e produz insulina.

Tendo diabetes, o seu organismo não produz insulina em quantidade suficiente ou, então, a que produz não funciona devidamente. O açúcar acumula-se no sangue na ausência de insulina.

Controlar os seus níveis de glicose no sangue materno é extremamente importante para a saúde do feto.

A glicose é a principal fonte de energia do seu organismo e provém dos alimentos que ingere. Os hidratos de carbono provenientes da alimentação transformam-se em glicose ou em açúcar no sangue.

Os hidratos de carbono provêm dos alimentos com amido, tais como o pão, a massa, a batata, o arroz e outros cereais.

Os hidratos de carbono também se encontram na fruta, nos lacticínios, nos legumes, no açúcar e nos doces.

È necessário ingerir uma quantidade adequada de hidratos de carbono, proteínas e gorduras durante a gravidez.

Todos estes nutrientes influenciam o crescimento do bebé (feto) e assumem uma importância ainda mais vital se estiver a tomar insulina para controlar o nível de açúcar (glicose) no sangue durante a gravidez.

O que se entende por quantificação dos hidratos de carbono?

A quantificação dos hidratos de carbono implica a manutenção de um registo da quantidade de hidratos de carbono que ingere todos os dias.

Ingerir as mesmas quantidades de hidratos de carbono, à mesma hora, todos os dias, ajuda a manter o nível de glicose no sangue dentro da normalidade.

Os hidratos de carbono dos alimentos são medidos em gramas. Uma porção de um determinado alimento com hidratos de carbono contém entre 12 a 15 gramas de hidratos de carbono.

Um alimento com hidratos de carbono corresponde a uma porção de pão ou amido, a uma peça de fruta ou a um lacticínio, nas quantidades indicadas nas seguintes listas de grupos alimentares.

Poderá trocar ou substituir um alimento com hidratos de carbono por um outro pertencente ao mesmo grupo alimentar.

Por exemplo, poderá optar por uma fatia de pão em vez de 1/2 chávena de cereais ou escolher 1/2 chávena de sumo de fruta em vez de uma pêra média.

Os legumes contêm apenas cinco gramas de hidratos de carbono por porção. Não os contabilize como hidratos de carbono, a menos que ingira uma quantidade superior a duas porções por refeição.

A carne, os sucedâneos da carne e as gorduras não são contabilizados como hidratos de carbono.

Como fazer

Ingestão de calorias:

A maioria das mulheres grávidas necessita de um total de 200 a 300 calorias extra, por dia, para aumentar de peso na medida certa durante a gravidez.

Entre 10 a 15 gramas extra de proteínas por dia também são necessárias para ajudar o bebé a crescer normalmente.

O seu nutricionista ou médico ajudá-la-á a ajustar a sua ingestão de calorias ao aumento de peso correcto durante a gravidez.

A maioria das mulheres grávidas necessita de cerca de 14 a 15 calorias por cada 450 gramas do seu peso ideal, durante o primeiro trimestre da gravidez.

Durante o segundo e o terceiro trimestre, a necessidade aumenta para 16-17 calorias por cada 450 gramas.

Se tinha peso a menos antes da gravidez necessitará de, pelo menos, 18 calorias por cada 450 gramas, a partir do segundo trimestre.

O médico poderá sugerir-lhe que apenas ingira 12 calorias por cada 450 gramas, se tinha peso a mais antes da gravidez.

Plano de alimentação

O seu nutricionista também utilizará o Guia de Planeamento das Refeições para Diabéticas para determinar a quantidade em que deve ingerir os alimentos.

Este guia de planeamento descreve a quantidade que deve comer de cada tipo de alimentos, às várias horas do dia.

As listas seguintes dizem-lhe qual a quantidade de hidratos de carbono presente em cada grupo alimentar. Coma à mesma hora, todos os dias, sempre que possível, e nunca salte refeições.

Distribua a ingestão de alimentos de forma equitativa, ao longo do dia, de modo a comer, aproximadamente, a cada quatro a cinco horas.

Coma apenas a quantidade indicada na lista de alimentos ou a quantidade que o seu nutricionista lhe recomendar para cada tipo de alimentos com hidratos de carbono.

Consulte o seu nutricionista ou médico antes de substituir diferentes tipos de alimentos com hidratos de carbono.

Consulte-o, ainda, antes de ingerir alimentos com adição de açúcar, xarope de milho, mel, melaço ou compotas e geleias.

Leia os rótulos dos alimentos embalados para saber o número de gramas de hidratos de carbono que cada porção contém. Certifique-se de que acompanha as suas refeições com alimentos sem adição de açúcar.

Outros factores

Seleccionar alimentos com um elevado teor de fibra ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue. Exemplos de alimentos com um elevado teor de fibra são a fruta e os legumes frescos, o pão integral, o feijão cozido e os cereais.

Consulte o seu médico antes de começar a praticar exercício físico durante a gravidez. Informe o seu nutricionista acerca do seu plano de exercícios físicos para que a sua dieta possa ser, se necessário, alterada.

Poderá necessitar de hidratos de carbono extra, antes de começar a praticar exercício, a fim de evitar que os seus níveis de açúcar no sangue desçam demasiado.

Consulte o seu médico, se os seus níveis de açúcar no sangue forem demasiado baixos ou elevados.

Porções: Use as porções seguintes para medir os alimentos e a quantidade das doses.

  • 1-1/2 chávenas (340 gramas) de líquido corresponde ao tamanho de uma lata.
    1 chávena (226 gramas) de alimentos corresponde a uma mão cheia.
    1/2 chávena (113 gramas) de alimentos corresponde a cerca de metade de uma mão cheia.
    2 colheres correspondem aproximadamente a uma noz grande.
    1 colher tem o tamanho aproximado da ponta do polegar.
    1 colher de chá tem o tamanho aproximado da ponta do dedo mindinho (a partir da última dobra)

Cada porção está associada ao tamanho dos alimentos depois de confeccionados.

85 gramas de carne, peixe ou carne de aves confeccionada equivalem, aproximadamente, ao tamanho de um baralho de cartas.

GRUPOS DE ALIMENTOS COM HIDRATOS DE CARBONO:

PÃO / AMIDOS: Cada porção contém 15 gramas de hidratos de carbono.

  • 1 fatia de pão (28 gramas)
    1/2 chávena de massa, milho ou ervilhas cozidas
    1/3 chávena de arroz ou feijão e ervilhas confeccionadas
    1/2 pão para hambúrguer ou cachorro quente ou muffin inglês
    1/2 bolo congelado (28 gramas no total)
    3 chávenas de pipocas
    1 batata pequena (7,5 cm)
    1/2 chávena de puré de batata ou cereais cozinhados
    3/4 chávena de flocos de cereais
    2 bolos de arroz
    6 salgadinhos ou três crackers de cereais

FRUTA: Cada porção contém 15 gramas de hidratos de carbono.

  • 1/2 chávena de sumo de maçã, laranja ou toranja
    1/3 chávena de sumo de uva-do-monte, sumo de uva ou de ameixa
    1-1/4 chávena de uvas-do-monte frescas ou de melão aos cubos
    3/4 chávena de bagas frescas
    1/2 pêra grande ou toranja fresca
    1 maçã, pêssego ou laranja pequenos
    1 kiwi
    15 uvas pequenas
    2 colheres de uvas passas ou ¼ chávena de frutos secos
    1/2 chávena de maçã cozida ou de fruta enlatada

LACTICÍNIOS: Cada porção contém 12 gramas de hidratos de carbono.

  • 1 chávena de leite fresco
    1 chávena de iogurte magro sem açúcar
    1/2 chávena de gelado ou leite em gelo
    1/3 chávena de leite em pó magro
    1/2 chávena de leite evaporado

COMBINAÇÕES DE ALIMENTOS: Cada porção contém cerca de 15 gramas de hidratos de carbono.

  • 1/2 chávena de qualquer estufado, como massa com atum ou frango, macarrão com queijo, chili com carne ou esparguete com molho à base de carne
    1 chávena de natas, feijão, tomate ou sopa de legumes
    1/2 tarte de carne e legumes pré-confeccionada como, por exemplo, de frango, peru ou carne de vaca
    Um taco (tortilla mexicana recheada) de 85 gramas
    1/8 de uma fatia de pizza de 25 cm

LEGUMES: Cada porção contém 5 gramas de hidratos de carbono. Conte apenas um legume como tendo hidratos de carbono se ingerir mais de duas porções por refeição.

  • 1/2 chávena de legumes cozidos ou 1 chávena de legumes crus
    1 chávena de sumo de legumes ou tomate
    2 colheres de molho de tomate

Atualizado em 13 Janeiro 2018

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *