Dieta para tratar a caspa (dermatite seborreica) - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Dieta para tratar a caspa (dermatite seborreica)

Disfrute de uma dieta (alimentação) adaptada ao tratamento da caspa, dermatologicamente conhecida como dermatite seborreica (sebopsoríase ou seborreia).

caspa

Ter cuidado com o corpo exige hábitos de higiene, de alimentação e de cuidados diários. Quando esses cuidados são postos de lado, torna-se mais fácil para os parasitas, vírus e bactérias atacarem o nosso corpo, seja interna ou extenamente.

A caspa é um destes problemas comuns, que surge por falta de cuidado. Este desleixo pode levar a problemas mais sérios, como o aparecimento da dermatite seborreica.

Este tipo de caspa afecta cerca de dois a cinco por cento da população, sobretudo do sexo masculino. Causada pela presença de um fungo no couro cabeludo e pela oleosidade extrema, que por vezes encontramos no cabelo, a caspa seborreica afecta, mais intensamente, recém-nascidos e adolescentes.

Enquanto a caspa normal se caracteriza pela liberação de pequenas escamas brancas do couro cabeludo, a caspa seborréica caracteriza-se pela descamação do couro cabeludo em partículas amarelas e finas e pelas manchas vermelhas que surgem não só no couro cabeludo, como também em sobrancelhas, orelhas, face, peito, costas, umbigo, área genital e virilhas.

Esta descamação é acompanhada por uma comichão forte. Esta dermatite é uma doença crónica, passando por diversos picos e fases: no tempo frio a situação piora, enquanto durante o tempo de maior exposição solar, as crises são menos intensas.

É importante fazer medicação intercalada entre as fases para prevenir um pico de seborreia. Apesar de não existir um tratamento que cure esta forma de dermatite, esta medicação evitará lesões de maior gravidade.

Pode ainda prevenir-se através de uma alimentação adequada. O ditado diz que nós somos o que comemos e, por isso, deve fazer uma alimentação eficaz para tratar a caspa seborréica. Crises de fígado, problemas digestivos ou prisão de ventre são problemas que podem ajudar a desenvolver estas crises.

Faça uma dieta baseada em alimentos gordurosos e elimine os lactícinios. Coma mais verduras, frutas e cereais (de preferência, sempre em estado cru). Deve ainda beber entre um a dois litros de água por dia.

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade