Dieta Rica em Fibras

Para que serve uma Dieta Rica em Fibras?

Uma dieta rica em fibras implica a ingestão de alimentos com muita fibra. A fibra é a parte da fruta, dos legumes e dos cereais que não é decomposta pelo organismo.

Uma dieta com um elevado teor de fibra torna as fezes mais volumosas e moles. O seu médico poderá solicitar-lhe que ingira mais fibras em caso de diverticulose no cólon ou de síndrome do intestino irritável.

Esta dieta ajudá-lo-á se tiver prisão de ventre, colesterol elevado ou diabetes.

Dieta Rica em Fibras – Inicio

Adicione, lentamente, a fibra à sua dieta a fim de diminuir o desconforto e o “inchaço” abdominal. Comece por adicionar 2 ou 3 alimentos novos com alto teor de fibra por semana.

Beba pelo menos 5 a 6 copos de água por dia. A carne, o peixe, a carne de aves, o queijo, os ovos e o leite praticamente não contêm fibra.

São, no entanto, alimentos importantes para manter uma alimentação equilibrada.

Tente ingerir um total de 5 frutos e legumes diferentes por dia. Inclua os alimentos abaixo indicados tanto quanto possível.

Os médicos poderão sugerir-lhe que tome um pó ou comprimidos à base de fibra para tratar a prisão de ventre. Alimentos ricos em fibra fornecem vitaminas e minerais extra que os pós e comprimidos não conseguem proporcionar.

Uma alimentação rica em fibra constitui a maneira mais saudável de combater a prisão de ventre e regularizar a actividade intestinal.

Consulte o seu médico antes de tomar quaisquer produtos de venda livre para o inchaço ou o desconforto abdominal.

Comprimidos ou gotas que contenham um enzima alimentar designado por “alfa-galactosidase” podem diminuir os gases.

Produtos que contenham “simeticone” podem ajudar a eliminar bolhas de gases e a atenuar os sintomas.

Alimentos ricos em fibra para acrescentar à sua alimentação

Pão e alimentos cozidos e confeccionados com:

Trigo integral ou qualquer outra farinha de grão integral, farelo, gérmen de trigo, centeio, aveia
Farelo de aveia, triticale ou cevada
Bolachas de trigo ou centeio
Produtos de trigo mourisco
Cereais:
Farelo de cereais
Granolas
Aveia laminada ou farinha de aveia

Amidos:

Arroz castanho (arroz integral, não descascado)
Milho
Batata e batata-doce (com casca)

Feijão:

Feijão cozido
Feijão comum
Favas
Feijão frade
Lentilhas
Grão-de-bico
Feijão-de-lima
Ervilhas

Legumes:

Coma legumes crus ou apenas ligeiramente cozinhados tanto quanto possível. Não há qualquer problema em ingerir as cascas ou as grainhas se tal não representar qualquer risco.

Espargos
Feijão verde
Espinafres
Couves de Bruxelas
Hortaliça
Abóbora
Brócolos
Cogumelos
Tomate
Couve
Nabo
Cenoura
Cebola
Courgettes
Couve-flor
Pimentos verdes
Aipo
Ervilhas

Fruta:

Coma tanta fruta fresca quanto possível. Não há habitualmente qualquer problema em ingerir as cascas ou as grainhas. Opte por sumo com a polpa para obter mais fibra.

Maçã e maçã cozida
Uva
Pêssego
Banana
Kiwi
Pêra
Manga
Ananás
Melão
Ameixa
Figos
Nectarinas
Toranja
Laranja

Frutos secos e sementes:

Pergunte ao seu médico se há algum problema em comer frutos secos ou sementes no caso de ter divertículos.

Amêndoas
Avelãs
Sementes de sésamo
Castanha-do-maranhão
Amendoins e respectivas peles
Soja
Sementes de abóbora
Sementes de girassol

CONTACTE O SEU MÉDICO SE:

Tiver questões sobre como preparar ou confeccionar os alimentos desta lista.
Tiver questões sobre como ou onde comprar os alimentos desta dieta.
Tiver questões ou preocupações sobre a sua doença, sobre os seus medicamentos ou sobre esta dieta.

O que Procura?

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *