Dificuldades em Engravidar

Um em cada 10 casais tem dificuldades em engravidar

Mais de um terço das mulheres “não faz a mínima ideia” do que impede a gravidez.

Um estudo da Associação de Defesa do Consumidor (DECO), publicado no passado dia 29 de Março na revista TESTE SAÚDE, revelou que um em cada 10 casais tem dificuldades em engravidar. A maioria destes procurou soluções em clínicas privadas devido às listas de espera no Serviço Nacional de Saúde. O inquérito aplicado a 1 650 portuguesas sublinhou os custos em solucionar o problema como principal entrave à terapia. Os aspirantes a pais que não necessitaram fertilização in vitro gastaram em média 2 900 euros.

Com recurso ao tubo de ensaio, a despesa atingiu 3 800 euros. Mas de acordo com testemunhos citados pela TESTE SAÚDE, o investimento pode chegar aos 20 mil euros. Segundo a DECO, os casais inférteis esperam 11 meses, em média, pelos tratamentos e mais nove para engravidar. Um processo descrito pela maioria das inquiridas como desgastante. O estudo apurou que mais de um terço das mulheres “não faz a mínima ideia” do que impede a gravidez, ou porque o diagnóstico da infertilidade é difícil ou porque não procuram um profissional.

Seis em cada 10 casais com dificuldade em engravidar submeteram-se a testes clínicos e a maioria conseguiu um diagnóstico. Os motivos mais identificados são a falta ou irregularidade da ovulação e o reduzido número ou baixa mobilidade dos espermatozóides. Na sequência da investigação, a DECO pediu ao Ministério da Saúde um investimento mais rápido em tratamentos para a fertilidade.
Para a Associação, os casais em lista de espera nos serviços públicos há mais de um ano devem ser encaminhados para privados, sem custos adicionais.

10. Abril 2010 by admin

3 Comentários no Fórum

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *


  1. sera que em Mocambique existe esta clinica,

  2. Olá , tenho 37 anos e um sonho que a cada ano que passa percebo que esta mais distante de se tornar realidade. Desejo ser mãe.Sou bem sucedida na minha vida profissioinal e tenho uma renda estável que daria para mim pagar um tratamento porém onde eu moro nunca tem a facilidade de encontrar clinicas que possam me ajudar. Meu problema: Obstrução tubária bi lateral.

  3. eu e minha mulher estamos casados a 5 anos,em 2008 minha esposa sofreu um aborto espontaneo,medicos falaram que a dificuldade seria pelo utero estar virado,outros dizem que ela tem varios cistos no utero chamado policisticos nao sabemos o que pensar pois cada um fala uma coias.

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *