Dor Lombar Crônica Invalidante - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Dor Lombar Crônica Invalidante

As dores nas costas são um dos problemas mais comuns entre a população.

Seja devido a problemas reumatológicos derivados do envelhecimento, posições posturais incorretas ou o levantamento de pesos excessivos, as dores nas costas são muito frequentes.

Dor Lombar Crônica Invalidante

A região nas costas mais frequentemente afetada é a zona lombar. A dor lombar, também denominada de lombalgia, é assim uma dor que afeta esta área, isto é, no fundo das costas, podendo ainda espalhar-se para as pernas e glúteos.

Na maior parte dos casos, a dor na zona lombar é de natureza aguda, ou seja, surge subitamente, passando em pouco tempo de uma forma espontânea ou logo que cessem as suas causas.

A dor aguda é mais frequente em casos de posturas erradas, exercícios mais intensos ou o levantamento incorreto de algum peso.

Já no caso da dor crônica, os sintomas agravam-se progressivamente, podendo durar bastante tempo.

Saiba mais sobre a dor lombar crônica invalidante, ou seja, com intensidade tal que afeta as atividades do dia-a-dia.

Dor lombar crônica invalidante

Este evento é caracterizado por uma sensação dolorosa constante e intensa no fundo das costas, ou seja, na zona lombar, e que pode persistir durante vários meses.

O sintoma pode em muitos casos espalhar-se para pernas e pés, impedindo assim o paciente de continuar a realizar as atividades do seu dia-a-dia.

Existem várias origens para este problema, entre os quais contraturas e estiramentos musculares, ou ainda, a formação de hérnias e bicos de papagaio, causados devido ao mau posicionamento das vértebras da coluna.

Como o próprio nome indica, esta doença é invalidante, e como tal, é necessário tratar adequadamente de modo a aliviar sintomas e aumentar a capacidade funcional do indivíduo.

Tratamento

Dor Lombar Crônica Invalidante

Caso seja diagnosticada dor lombar crônica invalidante, o médico ortopedista irá então definir o tratamento mais adequado, que inclui normalmente a toma de medicação e a realização de sessões de fisioterapia.

O tratamento fisioterapêutico é fundamental pois, além de ajudar a aliviar os sintomas, irá ainda promover a redução da inflamação e aumentar a qualidade de vida do paciente.

Caso o tratamento conservador não consiga dar resposta ao problema, pode ser indicado o tratamento cirúrgico.

No entanto, apesar de a cirurgia poder ser muito útil na resolução da dor crônica, há casos onde mesmo assim pode não existir cura, mas apenas o alívio dos sintomas.

Os pacientes com o problema devem evitar a realização de esforços, levantamento de pesos, ou mesmo empurrar objetos pesados.

Caso contrário, podem ver o problema agravado, com aumento da dor e das dificuldades funcionais.

Após a dor ser reduzida, é recomendada a prática de natação.

Este exercício é o mais indicado para estes casos, pois promove o fortalecimento dos músculos das costas.

Sendo um exercício feito dentro de água, o peso sobre a coluna é reduzido substancialmente, aumentando assim a sustentação e reduzindo o atrito.

Como tal, é um excelente exercício para quem tem dores de costas. Deve realizar treino de natação 2 a 3 vezes por semana.

Como prevenir

As dores lombares agudas são muito frequentes e comuns, e na maioria dos casos, são esporádicas e terminam espontaneamente.

Contudo, para que uma dor lombar aguda não se torne crônica, é essencial ter alguns cuidados.

A dor lombar crônica invalidante é um problema debilitante e que traz consigo uma redução considerável da sua qualidade de vida, e como tal, deve evitá-la a todo o custo.

Confira de seguida vários cuidados que deve seguir de modo a prevenir o problema:

– A forma como se senta a estudar, a trabalhar ou simplesmente a ver televisão é muito importante, já que se o fizer de uma forma errada ao longo do tempo, isso trará consequências. Dessa forma, corrija a sua postura.

– Deve evitar utilizar colchões para dormir demasiado duros ou excessivamente moles. Este cuidado é ainda mais importante para as pessoas muito magras.

– Evite ao máximo carregar objetos pesados.

– Faça atividade física regular e adequada, de modo a fortalecer os músculos das suas costas, e assim, evitar com maior facilidade o surgimento de dores lombares.

– Não permanecer em posições curvadas durante muito tempo.

– No ginásio, se fizer exercícios com pesos, proteja sempre a sua coluna. Para isso, sente-se com apoio nas costas ou deite-se durante o exercício.

– Sempre que tiver que se baixar ou apanhar algo do chão, procure dobrar os joelhos e evitar dobrar a sua coluna.

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade