Sentir Dor nas costas durante a gravidez é normal?

Mais de metade de todas as gestantes, nalgum momento da gravidez, sente o desconforto de dores nas costas. Este é um sintoma muito comum durante a gestação, especialmente nos últimos meses, quando o peso do bebê é maior.

Além disso, certos movimentos, normais no dia-a-dia, podem piorar ainda mais a dor, como por exemplo caminhar, levantar algo do chão, abaixar-se, ou mesmo quando a gestante se sente mais cansada.

Apesar de ser um problema à qual a maioria das grávidas não consegue fugir, osintoma não afeta na saúde do bebê, podendo ainda ser amenizada com alguns cuidados diários.

Conheça melhor as causas deste tipo de dor durante a gravidez, os vários tipos de dor, e ainda, como prevenir e aliviar. Confira.

Quais as Causas da dor nas costas durante a gravidez

Na maior parte dos casos, a dor durante a gestação é essencialmente causada pelo aumento do peso do útero, devido ao crescimento do bebê, mas também pelas alterações hormonais naturais nesta fase da vida da mulher.

No que diz respeito ao aumento de peso do útero, este facto implica também o enfraquecimento dos músculos abdominais, o que provoca a alteração do centro de gravidade.

Ora, esta situação irá mudar igualmente a postura da gestante, o que tem como consequência a sobrecarga de esforço sobre a coluna e sobre os nervos.

Já as alterações hormonais podem deixar os ligamentos e as articulações demasiado móveis, o que irá tornar certos movimentos, como ficar de pé, sentar-se por muito tempo, levantar-se, virar-se na cama ou andar, mais instáveis, causando dor.

Apesar de ser algo que possa ocorrer em quase toda a gestação, estas dores durante a gravidez são mais comuns e frequentes no último trimestre, podendo agravar à medida que o dia do parto se aproxima.

Nalguns casos, a dor pode mesmo persistir durante algum tempo após o nascimento do bebé. Contudo, em poucos meses a dor desaparece.

Tipos de dor nas costas na gravidez

A dor durante a gestação pode ter vários tipos, relacionados com a causa que está na sua origem. Assim, existe a dor tradicional, com causas idênticas às dores de costas de pessoas que não estejam grávidas, e ainda, a dor ciática, a dor pélvica e a dor das contrações. Conheça melhor cada um destes tipos de dor na gravidez.

Nas costas

Este tipo de dor é causada pelos mesmos fatores que afetam pessoas que não estejam grávidas.

Ou seja, devido a problemas relacionados com a hipotrofia muscular, lesões, carregamento incorreto de pesos, posturas inadequadas, fraqueza, etc., estruturas como os músculos, articulações, tendões, ligamentos ou discos podem ficar sobrecarregados, levando ao surgimento de dores.

Como geralmente estes problemas existem já antes da gravidez, as dores normalmente também já existem anteriormente.

Contudo, com o aumento de peso e a mudança do centro de gravidade, a dor tende a agravar, especialmente quando a gestante fica muito tempo em pé ou ao fim do dia.

Isto ocorre principalmente devido à distensão de ligamentos e à fadiga muscular.

Dor ciática

A ciática é um dos tipos de dor na gravidez, muito menos frequente, que pode afetar a gestante. Causada por inflamação ou pressão, a ciática provoca uma sensação dolorosa na base das costas e na zona lateral.

Esta dor pode ainda estender-se pela zona posterior da perna.

Nalgumas situações, o próprio funcionamento do nervo ciático pode ficar comprometido, causando sensação de formigamento ou fraqueza na perna.

Dor pélvica

A dor mais frequente durante a gestação é aquela que ocorre no plexo pélvico. Esta dor é consequência direta da gravidez, devendo por isso ter um tratamento específico, já que as formas tradicionais não irão ter os resultados pretendidos, podendo até agravar a situação.

Dor causada por contrações

O tipo de dor de costas mais raro é causado por contrações de trabalho de parto prematuro.

Nalgumas situações, muito pouco comuns, a dor de costas regulares podem ser sinal de que a gestante entrou em trabalho de parto.

Por isso, a partir do 5º ou 6º mês, quando tiver dores de costas, preste atenção para identificar alguma regularidade ou se tem a sensação de virem em ondas.

Como aliviar a dor

Durante a gestação não é possível tomar a maior parte dos medicamentos, devido às suas contraindicações. Como tal, necessita de formas naturais de alívio.

Se mesmo com estas medidas não conseguir aliviar o problema, não se automedique. Consulte antes o seu médico obstetra, que a ajudará a descobrir a melhor solução. Confira de seguida como aliviar o sintoma durante a gravidez:

Como aliviar a dor nas costas na gestação

Como aliviar a dor nas costas na gestação com alongamentos

– utilize uma cinta de sustentação para gestantes, pois ajudará a distribuir melhor o peso da sua barriga, e assim, a reduzir a sobrecarga em músculos e articulações;

– a utilização de travesseiros ao dormir, seja com um debaixo da barriga enquanto dorme de lado, ou com um no meio das pernas, pode ajudar no alivio;

– o calor pode ser uma excelente ajuda no alívio das dores, podendo para isso usar um saco de água quente nas costas, tomar um banho de imersão, ou ainda, apontar o jato do chuveiro para a região afetada;

– existem exercícios, para a região do baixo abdómen e para a pélvis, que ajudam a aliviar as dores nesta fase;

– quando a dor afetar a zona do cóccix, sente-se com cuidado, arqueando as costas até se sentir confortável;

– ainda para a dor sentida na região do cóccix, existem almofadas específicas, vendidas em lojas de artigos médicos e ortopédicos, em forma de anel e com um buraco do meio, que irão ajudar a sentir-se mais confortável;

– as massagens na região lombar e na zona da coluna podem ajudar a aliviar a dor muscular, podendo ser feitas por si, pelo seu parceiro, ou ainda, por um médico, fisioterapeuta, quiropraxista ou por um massagista profissional.

Como prevenir a dor nesta fase

Apesar das dores poderem ocorrer em qualquer altura da gestação, elas são mais frequentes e intensas nos últimos meses.

Como tal, existem algumas medidas que pode adotar que a irão ajudar a prevenir o seu aparecimento. Confira de seguida vários cuidados a ter para a sua prevenção:

  • quando escolher o calçado para usar deve preferir sapatos firmes e confortáveis, evitando assim usar salto alto;
  • se trabalha muito tempo de pé, faça intervalos frequentes durante o dia para descansar um pouco;
  • faça regularmente exercícios de alongamentos para as costas e para as pernas;
  • procure fazer frequentemente exercício adequado, mantendo sempre uma postura correta;
  • evite levantar pesos, e se tiver que carregar algo, procure segurar o objeto bem perto do seu tronco, dobrando os joelhos e não as costas;
  • controle o seu peso, para não engordar mais do que o indicado pelo médico obstetra;
  • evite esforços mais intensos;
  • procure manter sempre a coluna direita e reta, especialmente se fica muito tempo sentada;
  • caso tenha de passar muito tempo sentada durante o dia, procure levantar-se regularmente e dar pequenas caminhadas;
  • utilize uma cinta específica para grávidas, mesmo antes de começar a sentir dores.

Já Ouviu falar de Colestase da Gravidez? Conheça os Sintomas, Causas e Tratamentos

Informações que lhe podem ser Úteis:

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 15/01/2018 às 11:04 horas por: Filipe