Drenagem Linfática Manual: Indicações, Edema, linfedema, celulite e preço

A Drenagem linfática manual é uma metodologia de massagem terapêutica suave e indolor usada principalmente no tratamento de distúrbios do sistema linfático.

Para compreender melhor estes distúrbios, vamos primeiro descrever o sistema linfático e quais as suas funções.

A Drenagem Linfática Manual Está Indicada Em Casos De Edema, Linfedema, Celulite, Saiba O Preço

O que é o sistema linfático?

O sistema linfático envolve uma extensa rede de vasos que passa por quase todos os nossos tecidos para permitir o movimento de um fluido chamado linfaA linfa circula pelo corpo de forma semelhante ao sangue.

Existem cerca de 600 linfonodos no corpo, – que incham em resposta à infecção, a um acúmulo de fluido linfático, a bactérias ou outros organismos e células presentes no sistema imunológico.

Uma pessoa com uma infecção na garganta, por exemplo, pode sentir as “glândulas” inchadas. As glândulas inchadas podem ser sentidas especialmente na região da mandíbula, axilas ou virilha. Estas na verdade, não são glândulas, mas sim gânglios linfáticos.

Os vasos Linfáticos transportam nutrientes, tais como lipídios, para combater infecções presentes no sangue.

Outra função da linfa é o transporte de moléculas, tais como restos celulares, glóbulos de gordura, e pequenas partículas de proteínas.

A linfa é drenada para os vasos linfáticos e circula através do nó da linfa e restaura a circulação de sangue nas veias.

O sistema linfático é um sistema de transporte secundário e não tem propulsão para bombear o sangue. O fluxo da linfa depende exclusivamente da pressão do sistema circulatório e do efeito da “massagem natural” dos músculos.

Os linfonodos são pequenas estruturas ovais.

O sangue é limpo e filtrado nos linfonodos lifáticos onde as células em conjunto lutam contra várias espécies de micróbios.

Esse filtro impede que as bactérias, células cancerosas e outros agentes infecciosos entrem na corrente sanguínea e se distribuam por todo o corpo.

Edema, linfedema e celulite

O Edema é a retenção de água e várias substâncias em um organismo ou tecido (pele e tecido subcutâneo, principalmente).

Esta retenção de água ocorre quando o equilíbrio entre a filtração e o nível  de reabsorção das substâncias sanguíneas capilares estão anormais.

São muitos os fatores que podem alterar este equilíbrio, tais como o mau funcionamento do coração, fígado, rim e deficiência venosa.

O linfedema é simplesmente uma falha da drenagem linfática, pois é incapaz de conduzir o excesso de resíduos e água para a corrente sanguínea. Daí a impossibilidade de drenar o edema.

A celulite é uma inflamação do tecido conjuntivo subcutâneo que dá à pele a aparência de “casca de laranja”.

A celulite constitui 4 estágios. O primeiro é marcado por uma diminuição progressiva veno linfática, que irá criar um edema intersticial (incluindo os tecidos), a segunda é a formação de células de adipócitos “presos” a este estado, a elasticidade da pele é reduzida.

A terceira etapa é a formação de micronódulos, uma vez que estes micronódulos e células são cobertas com os adipócitos do tecido conjuntivo.

Finalmente, a última Etapa é a instalação de uma permanente fibrose cicatricial irreversível que reduz a circulação no local.

Indicações da drenagem linfática manual

O método de massagem que usa a técnica de drenagem linfática serve para proporcionar territórios saudáveis onde existe excesso de líquido acumulado em áreas de edema, através de manipulação ou massagem.

Alguns dos usos da drenagem linfática são indicadas para:

  • após a cirurgia do câncer de mama;
  • para reduzir o edema após a cirurgia de varizes ou qualquer cirurgia estética;
  • reduzir o edema pós-traumático (fraturas, entorses) e é um auxílio de tratamento da celulite.

Como é realizada?

A drenagem linfática deve ser realizada por um especialista ou um terapeuta especializado em (linfologia) Lymphology.

Durante a sessão existem diferentes ações essenciais de drenagem, relaxamento (a preparação inicial do paciente é muito importante para que se sinta confortável e tranquilo).

Após o diagnóstico das diferentes zonas de bloqueio de drenagem da linfa e dos movimentos fundamentais segue-se a massagem.

Existem 2 movimentos importantes. Um para a evacuação ou a eliminação da distância dos vasos linfáticos (área doente), e outra para a captação, reabsorção ou penetração da linfa nos vasos linfáticos na área do edema.

Benefícios da drenagem linfática

Os fluídos orgânicos estagnados podem originar vários problemas de saúde – membros inchados, celulite, propensão a infecções e diminuição do sistema imunitário.

Através da drenagem linfática manual são obtidas grandes melhorias metabólicas, endócrinas e circulatórias, em todo o organismo.

Desta forma, e ao contrário do que acontece com muitos tratamentos à base de medicamentos ou cirúrgicos, a drenagem linfática, em vez de produzir efeitos secundários prejudiciais ou indesejáveis, agrega outros benefícios, ao mesmo tempo que trata o problema específico.

Quando aplicada de forma regular, contribui para aumentar o nível global de saúde, pois o seu alcance é “global”.

Quanto custa?

O preço de cada sessão tem o preço médio de 20 a 30€ – com a duração de 30 minutos.

Referências

https://en.wikipedia.org/

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 25/06/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 25/06/2018 às 11:52 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)