Drew Barrymore

Drew Blyth Barrymore nasceu a 2 de Fevereiro de 1975, em Culver City, na Califórnia. O seu pai John Drew Barrymore, foi um ator com 25 anos de carreira e a sua mãe Jaid Barrymore, chegou a tentar iniciar ela própria uma carreira como atriz.

Drew Barrymore Antes e Depois & Biografia

Pouco tempo após o seu nascimento, os seus pais divorciaram-se. Drew Barrymore tem um meio irmão, John Blyth Barrymore e duas meias-irmãs Blyth Dolores Barrymore e Jessica Blyth Barrymore. John também é ator.

Drew Barrymore nasceu numa família de atores, já que para além do seu pai vários outros membros da família foram atores. O seu avó John Barrymore foi o ator mais reputado da sua geração. Drew também tem padrinhos de luxo: o realizador Steven Spielberg e a atriz Sophia Loren.

A sua carreira televisiva começou com apenas 11 meses de idade, quando fez um casting para um anúncio de comida de cão. Apesar de ter sido mordida, na filmagem do anúncio, Drew não chorou, sorrindo apenas, o que lhe valeu a contratação para o anúncio.

Em 1980, com 5 anos teve um pequeno papel em Altered States. No ano seguinte, entrou no aclamado “E.T. the Extra-Terrestrial”, realizado por Steven Spielberg o seu padrinho. Drew desempenho o papel de irmã mais nova de Elliot e viu o seu desempenho ser reconhecido com um Prémio Jovem Artista, para “Melhor Atriz Jovem de Suporte no Cinema”.

Em 1984, entrou em “Firestarter” e em “Irreconcilable Differences”. A sua participação neste último foi particularmente apreciada, tendo-lhe valido uma nomeação para os Globos de Ouro, para “Melhor Atriz Coadjuvante”.

A fama precoce transformou-a numa criança problemática. Ainda criança começou a frequentar o Studio 54, um famoso espaço noturno de Nova Iorque. Com 9 anos de idade já fumava, com 11 começou a beber, um ano depois começou a fumar marijuana e aos 13 começou a consumir cocaína.

A sua postura e constante presença na vida noturna, tornaram-se um assunto de interesse para os media. Com 13 anos de idade, foi enviada para uma clínica de reabilitação. Um ano depois, tentou suicidar-se, voltando a ser enviada para reabilitação.

Posteriormente viveu durante três meses com o cantor David Crosby e com a sua família. A estadia com os Crosby pretendia mostrar-lhe outros valores, inserindo num ambiente familiar estável.

Com 16 anos, conseguiu que um tribunal juvenil lhe concedesse a emancipação e mudou-se para o seu próprio apartamento. Esta mudança revelou-se positiva, ajudando-a a crescer.

Em 1992 entrou no filme “Poison Ivy”, o qual falhou comercialmente, mas tornou-se popular nos circuitos de vídeo e cabo. No mesmo ano, Drew Barrymore pousou nua, para a capa de Julho da revista Interview, com o seu então noivo, o ator Jamie Walters. Ainda em 92, Barrymore sujeitou-se a uma operação para redução dos seios (ler: mamoplastia de redução).

Em 1993, Drew voltou às prestações de sucesso, ao brilhar no filme “Guncrazy”. A sua prestação mereceu a aprovação da crítica e foi novamente nomeada para os Globos de Ourto.

Em 1995, voltou a despir-sem desta feita para a Playboy. O seu padrinho, Steven Spielberg, ofereceu-lhe uma colcha pelo seu vigésimo aniversário, acompanhado da nota “tapa-te” e de cópias das fotografias da Playboy digitalmente alteradas, por forma a que ela aparecesse vestida. Curiosamente, 8 meses após ter pousado para a Playboy, seria a sua mãe, Jaid Barrymore, a aceitar o convite da revista para se despir.

Em 1995, entrou em “Boys on the Side”, contracenando com Whoopi Goldberg e Mary-Louise Parker. No ano seguinte, teve uma pequena participação na comédia de terror “Scream”, que se revelaria um enorme sucesso.

Drew Barrymore tornou-se depois especialista em comédias românticas, protagonizando filmes como: “Wishful Thinking”, “The Wedding Singer” (1998) e “Home Fries” (1998). Voltou a destacar-se no drama, “Ever After” (1998), merecendo o aplauso da crítica. Ainda em 95, fundou, juntamente com Nancy Juvone a sua própria produtora cinematográfica, a Flower Films.

Em 2001, entrou em “Riding in Cars with Boys” e no ano seguinte em “Confessions of a Dangerous Mind”.

A partir de 1999, a Flower Filmes entrou em pleno funcionamento, produzindo o seu primeiro filmes: “Never Been Kissed”. Seguiu-se o mega sucesso comercial, Charlie’s Angels (2000), que ajudou a cimentar a posição da empresa e a dar relevo a Drew Barrymore como produtora. Para além de produtora, Barrymore foi uma das protagonistas, brilhando ao lado de Cameron Diaz e Lucy Liu.

Seguiu-se a produção de “Donnie Darko”, o primeiro filme do realizador Richard Kelly. Face ao risco eminente de ver o risco cancelado, Barrymore assumiu o risco pessoalmente, financiando o filme do seu próprio bolso. Barrymore também desempenhou um pequeno papel no filme.

O filme não se tornou o sucesso de bilheteira esperado, facto a que não é alheiro o facto de ter estreado numa altura em que os Estados Unidos estavam abalados pelo 11 de Setembro de 2001, mas quando foi lançado em DVD, tornou-se uma obra de culto, com milhões de fãs.

Em 2003, protagonizou e produziu “Charlie’s Angels: Full Throttle”, brilhou em “Olive, the Other Reindee” e entrou ainda em “Duplex”. A sua produtora, juntou-se depois à Happy Madison de Adam Sandler, para dar vida a “50 First Dates”, filme também protagonizado pelas duas estrelas.

Desde 2008, Barrymore protagonizou: “Beverly Hills Chihuahua”, “He’s Just Not That into You”, “Grey Gardens” e “Everybody’s Fine”.

Depois de uma infância e adolescência conturbadas, Drew Barrymore parece ter conquistado a estabilidade na idade altura.

Aos 16 anos esteve noiva de Leland Hayward, mas o noivado seria cancelado após alguns meses de namoro. Entre os 17 e os 18 anos, viveu com o ator e músico Jamie Walters

Casou em 1994, com o bartender, Jeremy Thomas, de quem se divorciou poucos meses depois. Casou novamente em Julho de 2001, com o humorista canadiano Tom Green. Em Dezembro do mesmo ano, Green pediu o divórcio. O processo apenas foi finalizado em Outubro de 2002.

Em 2002, Barrymore começou a namorar com o baterista dos The Stroke, Fabrizio Moretti, com quem namorou durante 5 anos.

Posteriormente, namorou com o ator Justin Long, com quem manteve uma relação intermitente, até 2010. Atualmente, Barrymore está noiva do consultor de arte, Will Kopelman, de quem espera um filho.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 4:50 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)