Dupuytren – contratura de dupuytren

A Doença de Dupuytren (também conhecida como contratura de Dupuytren) é caracterizada pelo acúmulo de tecido cicatricial sob a pele da palma da mão. As Cicatrizes são empilhadas no tecido (chamado fáscia), que normalmente cobre os tendões que fazem movimentar os dedos das mãos. Pode resultar em nódulos ou espessamento na palma e dedos da mão e pode causar dedos permanentemente dobrados. A doença progride, e a fáscia pode tornar-se espessada e cada vez mais encurtado.

Inicialmente, a doença de Dupuytren podem aparecer como pequenos caroços na palma perto da base dos dedos do pé que não causa dor. Essa contração, em geral, afeta o dedo anelar (quarto dedo), mas pode afectar tambem os outros dedos. Essa condição pode ocorrer em apenas um lado ou em ambos.

Enquanto a doença avança, a incapacidade de estender os dedos totalmente começa a piorar. Isto pode resultar por exemplo na incapacidade de poder segurar objetos na sua mão. A contratura de Dupuytren geralmente é indolor, o principal problema é a incapacidade de poder usar os dedos afetados nas suas tarefas diarias futuras. O nível da contratura varia muito, e pode ir de leve a um grau severo.

PREÇOS DA CIRURGIA DE DUPUYTREN
Em media 6000 a 9000 Dolares (usd) – Faça a conversão para a sua moeda local

CADIDATOS Á CIRURGIA PARA O TRATAMENTO DA DOENÇA DE DUPUYTREN
A maioria dos casos deste problema ocorrem na meia-idade nos idosos, no entanto, a contratura de Dupuytren pode desenvolver-se em adultos jovens. É mais comum em homens que em mulheres e ocorre mais em pessoas com ascendência europeia.

Os primeiros sinais clínicos da doença de Dupuytren ocorrem sob a forma de pequenos nódulos na palma da mão como mencionado acima, estes não causam qualquer dor. Os nódulos podem começar a protuberância e causar irregularidades na pele.

Se voce tiver alguma dor na mão, se a pele nas palmas estiver diferente ou se tiver quaisquer outros sintomas que dizem respeito a esta contractura, entre em contato o quanto mais rapido possivel com o seu medico de familia para uma consulta. Lembre-se que a doença de Dupuytren não interfere com a sua capacidade de executar as atividades diárias.

EM CONSULTA
Em consulta voce irá realizar uma série de exames para determinar se sofre da doença ou não. O Seu especialista irá realizar uma avaliação feita sobre a superfície de uma mesa durante este teste, onde você vai colocar a palma da sua mão para baixo, enquanto o médico pressiona a parte superior. Além disso, o médico tambem irá perguntar-lhe sobre qual o seu nível de dificuldade que você tem que fazer as atividades diárias, como por exemplo se você é capaz de esticar os dedos para usar umas luvas ou se consegue apertar a mão de alguém.

Este teste é o suficiente para determinar se sofre de doença de Dupuytren. No entanto, mediante a sua aparência o cirurgião pode solicitar outros exames de forma a descartar outras doenças associadas com esta condição, como a diabetes por exemplo.

CIRURGIA DE CONTRATURA DE DUPUYTREN
O tipo de cirurgia necessária dependerá de fatores como a idade, nível de contratura dos dedos como a condição da pele e dos ossos da mão. Dependendo do seu caso individual, podem ser feitas as seguintes intervenções operações:

FASCIOTOMIA SUBCUTÂNEA
Esta cirurgia é realizada em pacientes incapazes de se submeter a uma cirurgia mais extensa ou que preferem evitar os riscos de uma maior intervenção, ou seja, pacientes mais idosos ou com problemas de saúde. Durante este procedimento, o cirurgião corta o cordão umbilical do tecido sob a pele. Pode ser uma cirurgia aberta, onde é feita uma incisão na pele ou pode ser feita usando uma agulha para criar um atalho para os cordões de tecido. Deve ser lembrado, no entanto, que esta ultima é um tipo de cirurgia que funciona melhor em casos onde a doença está em seus estágios iniciais e está limitada às palmas.

FASCIOTOMIA PARCIAL
Este é o procedimento mais comum para tratar a doença de Dupuytren, onde Faz-se Uma incisão na pele da mão para criar um acesso ao tecido conjuntivo subjacente, o cirurgião corta o tecido (fascia), assim você pode voltal a endireitar os dedos novamente. Depois disso, a incisão é suturada. Esta cirurgia é realizada com anestesia local.

FASCIOCTOMIA INTEGRAL – COMPLETA
Os pacientes mais jovens como aqueles que têm a possibilidade de recorrência tem a opção de se remover completamente o tecido da palma da sua mão.

O tecido doente da contratura de Dupuytren adere à pele da palma da mão e aos dedos, por isso pode ser necessário remover a pele cuidadosamente para remover todo o tecido. A pele retirada pode ser substituída por enxertos de pele de outra parte do corpo. Existir a Recorrência desta após uma fascioctomia completa é bastante incomum.

DEPOIS DA CIRURGIA DUPUYTREN – PÓS OPERATORIO
O médico envolve a mão operada com uma gaze e coloca uma tala para apoiá-la ao seu lado após a cirurgia. As sessões de fisioterapia (terapia física ou ocupacional) pode ser exigida até 6 semanas após a cirurgia. Estas podem incluir sessões de reabilitação, com tratamentos térmicos, massagem vigorosa dos tecidos moles e de alongamento. O Tratamento de terapia pós-cirurgia pode fazer toda a diferença quando se trata de ter um resultado satisfatório.

RISCOS DA CIRURGIA DE CONTRATURA DE DUPUYTREN
As complicações são raras quando se executa uma operação para tratar a doença de Dupuytren. No entanto, estas podem acontecer e você deve ser informado.

Existir Danos a qualquer dos nervos e / ou danos a qualquer das artérias dos dedos do pé afetado é uma possibilidade. Se o nervo estiver danificado, iste pode ser melhorado, mas uma parte do dedo ficará dormente até o nervo cicatrizar completamente. Se qualquer uma das artérias estiver danificada, a reparação nem sempre é necessária porque as artérias restantes podem fornecer a quantidade de sangue suficiente para alimentar os dedos. A perda de pele sobre a área da incisão também pode ocorrer, mas é extremamente raro.

Se isso ocorrer, será necessario um enxerto de pele. Outros riscos envolvidos com esta cirurgia incluem deformação da mão, como a perda da função na mão devido a contracturas. Levando em consideração o exposto, recomendamos que você siga as instruções do seu médico em todos os momentos, para evitar qualquer possivel complicação.

As informações dadas neste site devem ser consideradas como uma introdução à cirurgia para a doença de Dupuytren. Antes de tomar uma decisão certa sobre este tratamento, recomendamos que você entre em contato com o seu medico de familia para que este lhe possa responder a quaisquer perguntas e duvidas que possa ter.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Esta matéria tem 5 Comentários
  1. laura Reply

    Eu tinha um nodulo na mao… ha 10 anos.. estacionou e diminuiu. eu noa fiz nada…

  2. maria pereira Reply

    a cerca de 4 meses notei um nodulo na palma da minha mão direita, estranhei e mostrei a minha medica e ela me falou que não era nada,que era um cisto de sebo na palma da mão,eu não me conformei e fiz pesquisa na internet e me supréendi com esse nome contratura de dupuytren,e continuo pesquisando vou falar com outro medico, vou levar o nome para que ele não me venha com outras desculpa.

  3. rosimeri Reply

    Faz 25 dias que fiz uma cirurgia de dupuytren estou na fase do pos operatorio um pouco dolorido ainda mais que e na palma da mao direita recomendo a todos que tem esse problema que consulte um bom cirurgiao plastico eu fiz a minha com dr. matte aqui em pelotas e ja estou na segunda cirurgia porque isso volta denovo boa sorte pra todos!!!

  4. Marcelino T.Assiz Reply

    Há cerca de um ano atrás comecei a ter problemas com digitação. Minha mão direita quando ia digitar as letras “w” , “s” e “x” enfrentava problemas. Achei que era falta de treino e não dei muita importancia. Foi então que comecei a ter problemas quando ia tocar violão. Hoje não consigo mais formar um só acorde no violão, a digitação esta péssima e estava pesquisando na internet quando soube dessa doença que, pelo que me parece tem tudo a ver com a minha. Vou procurar um especialista na área.

  5. Lúcio Lopes Reply

    Prezados Senhores:
    Tenho a Contratura de Dupuytren há cerca de 12 anos, quando iniciou o processo.
    O quadro atual é o seguinte:
    1- Dedo anular da mão esquerda, bastante contraído, formando um ângulo de 45º a 60º com a palma da mão. Forma nódulo na palma da mão na direção deste dedo.
    2- Dedo indicador da mão esquerda, levemente contraído, sem nódulo aparente.
    3- Dedo mínimo da mão direita, onde tudo começou há doze anos, forma ângulo de 90º com a palma da mão. Forma nódulo na palma da mão, muito próximo da base do dedo.
    Tenho a convicção que é hora da cirurgia. Gostaria que me indicassem um médico na região de Campinas (tenho Unimed-Campinas) que tivesse experiência neste tipo de cirurgia.
    Atenciosamente, Lúcio Lopes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 2:25 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)