Endermoterapia: Tratamento reduz celulite, gordura localizada e dá maior firmeza e elasticidade á pele

A gordura localizada e a celulite são dos problemas estéticos mais comuns nos dias que correm, sendo alvo da preocupação da maior parte das mulheres.

endermoterapia

Apesar de todos os cuidados com a alimentação e com a prática de exercício físico, nem sempre se consegue eliminar a massa gorda responsável pelas gordurinhas localizadas e pela celulite.

Há no entanto várias técnicas na medicina estética que ajudam a combater estes problemas. Uma dessas técnicas é a endermoterapia. Saiba mais sobre este tratamento e confira os seus benefícios e contraindicações.

Endermoterapia

A endermoterapia é uma técnica estética não invasiva que utiliza um equipamento específico para realizar uma massagem profunda na pele, combatendo dessa forma a gordura localizada e a celulite. Ao massagear profundamente a pele, esta técnica irá estimular a circulação sanguínea nessa área, promovendo a eliminação das células adiposas e toxinas, bem como os nódulos característicos da celulite.

O número de sessões recomendadas são 10, 3 em cada semana, em dias alternados, com uma duração aproximada de 40 minutos. Contudo, o número de sessões depende sempre bastante de cada caso e do nível de gordura localizada e celulite.

O tratamento com esta técnica não causa dor. No entanto, como funciona através da sua passagem pela pele, pode causar algum desconforto devido ao arrancamento de pelos. Dessa forma, de modo a evitar esse incómodo, deve-se utilizar uma roupa adequada para este tratamento.

Aparelhos utlizados na endermoterapia

A endermoterapia é geralmente realizada com um aparelho denominado de Endosux. Este aparelho é composto por dois rolos, que ao deslizar pela pele irá realizar uma ação de sucção.

Esta ação irá ter um efeito drenante, estimulando a drenagem linfática, e ao mesmo tempo, promovendo a produção de colágeno, responsável pela elasticidade e firmeza da pele.

Outro equipamento que também pode ser usado para realizar a endermoterapia é o Cellutec. Este aparelho é utilizado para a realização da endermoterapia vibratória, utilizando a vibração como forma de relaxamento dos músculos.

Benefícios da endermoterapia

Os benefícios da endermoterapia incluem:

– aumento da microcirculação sanguínea nos tecidos;
– redução da celulite;
– diminuição da gordura localizada;
– alívio de dores e tensões musculares;
– eliminação de toxinas;
– redução de medidas;
– maior firmeza e elasticidade da pele.

Contraindicações da endermoterapia

A endermoterapia é uma técnica que não traz grandes riscos, sendo um procedimento relativamente simples. Contudo, tem também algumas contraindicações. Assim, a endermoterapia não é indicada para indivíduos com:

– lesões na pele (inflamações, bolhas ou descamação);
– câncer;
– obesidade;
– reumatismo;
– doenças de coração;
– problemas circulatórios graves (como por exemplo a flebite);
– hipertensão;
– diabetes;
– grávidas.

Links úteis:

A Endermoterapia Funciona mesmo
Contraindicações da Endermoterapia

O que Procura?

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *