Eritritol: O Que É, Benefícios, Perigos e Efeitos Colaterais

Usar o eritritol como adoçante alternativo torna-se uma prática cada vez mais popular, no entanto, antes de adicionar este novo docinho à sua dieta, entenda os benefícios, riscos e possíveis efeitos colaterais.

Benefícios Do Eritritol, Riscos E Efeitos Colaterais Do Eritritol Como Adoçante

O Que É o Eritritol?

O eritritol é um álcool de açúcar de quatro carbonos que pode ser isolado e extraído de algumas fontes naturais, como o vinho, molho de soja e outros alimentos fermentados, bem como produzido sinteticamente.

A sua popularidade cresceu nos últimos anos, principalmente derivado ao fato do adoçante ser capaz de reduzir o nível de açúcar e calorias de muitas receitas, sem sacrificar a doçura.

As fontes mais comuns deste adoçante são os alimentos fermentados e as frutas, no entanto, atualmente a maioria do eritritol adicionado a alimentos é derivado do amido de milho OGM. Mais especificamente, a glicose é removida do amido de milho e depois deixada fermentar com um tipo específico de levedura.

Embora o eritritol seja geralmente considerado seguro, existem algumas preocupações, dependendo das condições de saúde pré-existentes e dos medicamentos que o indivíduo toma.

Muitas pessoas acreditam que a estévia e o eritritol são a mesma coisa, mas, na verdade, a estévia é uma erva e tem a mesma doçura que o açúcar, enquanto o adoçante em questão tende a ter entre 60 e 80% a doçura do açúcar.

Este adoçante é muito importante nas dietas cetogênicas, pois é isento de calorias e tem uma quantidade mínima de carboidratos – apenas 5 por 100 gramas!

Benefícios Do Eritritol

O Que é Eritritol

Os principais benefícios do eritritol para a saúde incluem os seus efeitos sobre a diabetes, cárie dentária, perda de peso, doenças crônicas, entre outros.

Diabetes

O eritritol é um alimento de caloria zero e tem uma quantidade insignificante de carboidratos. É muito bom para manter os níveis de açúcar no sangue sob controle, um alívio para aqueles que sofrem de diabetes.

Problemas dentários

Ao contrário dos açúcares tradicionais e outras alternativas adoçantes, o eritritol não tem efeitos negativos sobre os dentes, uma vez que as bactérias presentes na boca não podem metabolizar o composto, diminuindo assim o risco de cáries dentárias.

Perda de peso

O eritritol, que é um adoçante sem calorias, que pode ajudar a melhorar os processos metabólicos e auxiliar nos esforços de perda de peso.

Doenças crônicas

Alguns estudos encontraram que este adoçante tem propriedades antioxidantes, incluindo a capacidade de reduzir o estresse oxidativo na pele, sistemas e órgãos. Pode ajudar a melhorar a aparência das rugas, reduzir a inflamação crônica em todo o corpo e até proteger a saúde da visão, entre muitas outras coisas.

Substitutos Do Eritritol

Se não tem o adoçante à mão, tentou comprar mas não o encontrou, mas mesmo assim quer diminuir o consumo de açúcar e a carga glicêmica, experimente a estévia, a fruta-monge ou o mel cru, entre outros.

Stévia: A Stévia pode ser o substituto perfeito do eritritol quando se trata de cozimento, mas a stevia em pó e extrato são extremamente concentrados, sendo necessárias pequeníssimas doses para produzir o efeito desejado. Para cada colher de sopa de eritritol, precisa apenas de 1/4 colher de chá do extrato de estévia em pó.

Fruta-dos-Monges (Siraitia): Semelhante ao eritritol, apesar da doçura extrema presente nos seus extratos – não tem efeito sobre a ingestão de calorias ou flutuações de açúcar no sangue. Mais uma vez, quantidades muitos pequenas de extrato da fruta-dos-monges são o necessário para adoçar uma grande variedade de pratos.

Xilitol: Ao contrário do adoçante em questão, o xilitol contribui com cerca de 2 calorias para cada grama consumida, e tem um impacto mínimo nos níveis de açúcar no sangue. Também mantém a mesma doçura do açúcar de mesa tradicional.

Mel Cru: Embora o mel tenha ingredientes altamente inativos e antioxidantes, também é bastante rico em carga glicêmica. Se estiver a usar o eritritol para controle da diabetes, usar o mel cru como substituto não é a melhor escolha.

Efeitos Colaterais

Existem alguns possíveis efeitos colaterais no uso do eritritol, “o que tornou o adoçante um tanto controverso”.

Questões sobre OGMs: Muitas pessoas optam por evitar produtos derivados de (Organismos Geneticamente Modificados) OGMs, uma vez que existem algumas preocupações sobre o efeito a longo prazo desses aspectos geneticamente modificados dos nossos alimentos.

Problemas de Estômago: As pessoas com os estômagos sensíveis, ou que comem muito deste adoçante, podem sentir diarreia, náuseas ou dor de estômago, mas a maioria não sente estes sintomas.

Adoçantes artificiais: Existem alguns produtos presentes no eritritol (misturados), tornando-o um produto menos puro e saudável.

Excessos: Existem alguns relatos de que o uso excessivo pode estimular o apetite, o que poderia levar a excessos e ganho de peso.

Reações alérgicas: Em casos raros, algumas pessoas podem ser alérgicas à substância. Converse com o médico antes de mudar para este adoçante como principal.

Outros efeitos: cólicas, inchaço, dor de cabeça

Referências

https://link.springer.com/
http://www.nutritionjrnl.com/
https://academic.oup.com/
https://www.karger.com/
https://pubs.acs.org/
http://onlinelibrary.wiley.com/
https://www.researchgate.net/
http://online.liebertpub.com/

O que Procura?

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *