Extrato de Semente de Uva: Os 13 Benefícios, Usos e Efeitos Colaterais

Publicado por Equipe Editorial a 30 de julho de 2017 - Atualizado em 4 outubro 2018

O extrato de semente de uva é um dos compostos anti-inflamatórios mais bem pesquisados​​. Algumas pesquisas indicam que o suplemento ajuda a reduzir a ingestão de alimentos, a melhorar os níveis de testosterona e a reduzir os níveis de colesterol.

Se pretende saber que extrato é este, porque as pessoas o tomam, e como ele pode beneficiar a sua saúde, encontrou o que procurava. Boa leitura!

Importante: Antes de comprar e usar o produto é importante que desenvolva um bom entendimento sobre todas as suas características nutricionais, bem como dos seus possíveis efeitos colaterais.

Semente De Uva

O que é o extrato de semente de uva?

Este extrato consiste numa substância derivada das sementes da uva. A espécie de videira que dá origem a este extrato é a Vitis vinfera, também responsável por muitos vinhos populares.

Ainda que esta espécie seja a mais utilizada para este processo, existem também mais algumas videiras menos populares que são utilizadas para o mesmo fim.

O extrato é obtido através de um processo de trituração das sementes encontradas no centro da uva, posteriormente destiladas a vapor, de modo a extrair os seus compostos puros.

Entre os diversos compostos presentes no extrato encontram-se a vitamina E, ácido linoleico, taninos, oligoméricas, procianidinas, catequinas e epicatequinas.

O extrato de semente de uva é comummente utilizado em formato de suplemento, nas doses recomendadas de 100 a 300 mg por dia.

A utilização do extrato de semente de uva em formato de suplemento é a forma fácil e acessível de se usufruir desta substância, se bem que também há quem o prepare em casa.

A produção caseira deste extrato é particularmente popular entre quem trabalha em vinhas, e por isso tem acesso facilitado a este tipo de uvas.

Conheça também os Benefícios das Sementes Ajowan, um Tempero Indiano Maravilhoso

Benefícios para a saúde

Extrato De Semente De Uva

Muitos são os benefícios associados a este composto. As substâncias nutricionais presentes neste produto apresentam a capacidade de promover o bom aspeto da pele, reduzir o colesterol, regular a pressão sanguínea, melhorar o desempenho cognitivo, prevenir lesões musculares, acelerar a cicatrização de feridas, entre outros.

Perda de peso

Já foram realizados estudos que confirmam que os princípios ativos presentes no extrato inibem a absorção de gordura dos alimentos por parte do organismo.

Este facto, conjugado com o seu número insignificante de calorias, faz do extrato um poderoso auxiliar no processo de manutenção e perda de peso.

Descubra Como o Suco de Uva Integral pode ajudar na Perda de Peso

Aparência da pele

Composto por numerosos antioxidantes e flavonoides, o extrato de semente de uva apresenta uma forte correlação com a manutenção de uma pele bonita e saudável.

Estes compostos destacam-se pela sua capacidade de combater os radicais livres e retardar o processo de perda de elasticidade por parte da pele, bem como de prevenir o aparecimento de rugas e manchas associadas ao envelhecimento da pele.

Saúde cardíaca

Os flavonoides presentes em grande número no extrato são responsáveis pela redução dos níveis de colesterol no sangue, diminuindo assim as probabilidades de desenvolvimento de problemas cardíacos e arteriais.

Pressão sanguínea

Estudos revelam que as procianidinas oligoméricas presentes neste extrato exercem um efeito protector nas artérias, protegendo-as contra danos passíveis de elevar a pressão arterial e causar problemas cardíacos.

Adicionalmente, alguns dos compostos presentes no extrato apresentam a capacidade de simular a actividade da vitamina C, aumentando a produção de colágeno e auxiliando as artérias no processo de regeneração.

Anti-envelhecimento

O poder antioxidante do composto atua como um agente protetor contra a oxidação das células corporais, ajudando assim a prevenir muitas das degenerações associadas ao envelhecimento.

Sistema imunitário

A presença de um nível moderado de vitamina E neste extrato contribui para fortalecer o sistema imunitário, preparando-o assim para se defender mais eficazmente contra agentes patogénicos.

Equilíbrio do fluido corporal

Acredita-se que a utilização de extrato de semente de uva pode auxiliar na prevenção de edemas, uma vez que evita a acumulação excessiva de fluido corporal.

Desempenho cerebral

As procianidinas oligoméricas encontradas no extrato conseguem estimular as funções cognitivas, ajudando assim a melhorar a concentração, memória e até o estado de humor.

Este composto é particularmente importante para pessoas que apresentem um elevado risco de desenvolvimento de Doença de Alzheimer, bem como de outras doenças neurodegenerativas.

Visão

Devido à sua elevada concentração de carotenóides e antioxidantes, este extrato auxilia activamente a manutenção de uma boa visão, através da proteção da retina contra degenerações.

Câncer

Estudos afirmam que o extrato de semente de uva consegue funcionar como um poderoso agente anti-cancerígeno, prevenindo a formação de melanomas e maximizando a eficiência do sistema imunitário no controlo da doença.

Cicatrização

As procianidinas presentes neste extrato exercem um efeito estimulante no processo de cicatrização de ferimentos, aumentando também as probabilidades dos mesmos sararem sem deixar cicatriz.

Alergias

Graças à presença de resveratrol, um dos mais importantes compostos encontrados no vinho, este extrato ajuda a minimizar o impacto de reações alérgicas, o que se deve à sua natureza anti-inflamatória, que também atua ativamente no sentido de amenizar dores, sejam elas resultantes de lesões ou de problemas crónicos.

Infecções fúngicas

O extrato de semente de uva consegue, também, ser bastante eficaz na prevenção de uma enorme diversidade de infecções fúngicas, o que faz com que seja o suplemento ideal para pessoas que experienciem regularmente infecções desta natureza.

Já conhece a Sacha Inchi? a “Semente Mágica?”

Efeitos colaterais do extrato de semente de uva

Extrato De Semente De Uva

Ainda que muitos sejam os benefícios associados a este produto, existe um pequeno número de efeitos colaterais que deverão ser conhecidos antes de tomar a decisão de ir em frente com o consumo deste suplemento.

Interação com a medicação

Dependendo da medicação que estiver a tomar, é possível que o extrato apresente alguns efeitos colaterais.

Medicamentos que poderão dar origem a reações adversas são, por exemplo, aqueles utilizados no controlo do colesterol e da coagulação sanguínea.

Gravidez

É possível que grávidas possam experienciar flutuações hormonais na sequência da utilização desta poderosa substância, estimulando a menstruação e comprometendo o desenvolvimento normal do bebê.

Antes de utilizar este extrato é importante que se aconselhe junto do seu médico.

Distúrbios hemorrágicos

Devido à sua natureza anticoagulante é possível que o extrato dê origem a hemorragias internas, por isso é importante não consumi-lo no espaço de 1-2 semanas após uma cirurgia de relevo.

Reacções alérgicas

A elevada concentração de diversos compostos orgânicos que pode ser encontrada neste extrato pode causar reações alérgicas em determinadas pessoas, independentemente de serem ou não alérgicas a uvas.

Os sintomas podem incluir dores de barriga, diarreia, inflamações e erupções cutâneas e sensação de desconforto.

Tonturas

Há quem relate ter experienciado tonturas e confusão cognitiva após a utilização deste extrato, particularmente após a ingestão de mais do que 1 suplemento.

É importante, por isso, utilizar este suplemento sempre com muita moderação, e preferencialmente sob a supervisão de um médico.

Descubra os 8 Benefícios da Uva Preta

Referências

https://books.google.co.in/books?id=Sfmc-fRCj10C
https://link.springer.com/referenceworkentry/10.1007%2F978-3-540-47648-1_2510
http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0899900703001679
https://link.springer.com/article/10.1007/s00403-009-1001-3
http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0271531708001930
http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0026049509002455
http://online.liebertpub.com/doi/abs/10.1089/109662003772519831
http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1567576905000743
https://link.springer.com/article/10.1007/s12640-009-9000-x
http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1753-4887.2008.00078.x/full
http://jn.nutrition.org/content/139/9/1806S.short
http://cancerpreventionresearch.aacrjournals.org/content/1/7/554.short
http://online.liebertpub.com/doi/abs/10.1089/109662001300341752
http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0944711307001985
http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0300483X00002109
http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0367326X1100116X
https://www.thieme-connect.com/products/ejournals/html/10.1055/s-2007-981550