Gel de Aloe Vera – Beneficios, Planta, Cultivo

Publicado por Drª Adriely Silva (Nutricionista) a 24 de março de 2010 - Atualizado em 15 novembro 2018

Conheça os benefícios do aloe vera, Planta também conhecida por Aloés. Serve pata curar afecções hepáticas e intoxicantes.

aloe vera

A planta aloe vera é formada por pencas, em cujo interior se encontra uma substância amarga chamada acíbar, que se emprega na preparação de laxantes ou purgantes; cura chagas malignas, estimula a circulação, acalma os nervos, alivia a sudoração, o reumatismo, dores de cabeça, e tira o mau hálito (mastigando as folhas). Usa-se para curar queimaduras, feridas, dermatites, infecções e úlceras intestinais.

Contém 96% de água, que fornece aos tecidos com lesões; os 4% restantes da polpa contêm carbo-hidratos (hidratos de carbono) complexos onde se encontram enzimas, microaçúcares, uma proteína que contém 18 aminoácidos, vitaminas e sais minerais.

A mistura dos ingredientes activos do aloés é a chamada aloína e obtém-se da seiva que se encontra na folha. A aloína é a seiva da planta e é a parte tóxica, que deve ser retirada, quando o gel se destina a uso interno.

ALOE VERA NA GRAVIDEZ

Não convém às grávidas.

O seu poder cicatrizante deve-se à sua riqueza em aloectina, que estimula o sistema imunológico. O cristal de aloés serve para combater constipações e gripes e, em geral, os problemas do sistema respiratório. Alivia as dores das hemorróidas e as úlceras de estômago. Também não convém comer durante o aleitamento, prostatite, menstruação, hemorróidas e varizes. Em doses de 8 gramas pode ser fatal.

VIDEO SOBRE ALOE VERA

Este vídeo mostra uma maneira simples de se preparar esta planta medicinal que é muito indicada para várias patologias e é ministrada com sucesso na prevenção e cura do câncer. O álcool aqui utilizado serve apenas como conservante e o mel para amenizar o seu gosto amargo.

RECEITA DE SOBREMESA DE ALOE VERA

BEBIDA DE ALOE VERABeber Polpa de Aloe Vera (Aloe Vera Gel) é como consumir directamente o gel da folha da planta de Aloe. Esta bebida aproxima-se o máximo a este pressuposto dado o processo patenteado de extracção e estabilização, sendo o primeiro produto a receber a certificação do conceituado Concelho Internacional para a Ciência do Aloe.

Esta miraculosa bebida apelidada de propriedades curadoras contém, à semelhança do gel presente na folha da planta, mais de 75 componentes nutricionais incluindo 18 aminoácidos, dos quais sete são essenciais, 20 minerais, 12 vitaminas, incluindo a B12 praticamente só presente em alimentos de origem animal, entre outras substâncias de extrema importância para o organismo humano como enzimas digestivas, mucopolissacáridos, ácidos gordos e antraquinonas.

COMER ALOE VERA

Infelizmente não sei como se prepara nenhuma receita, mas já li que existem algumas espécies no Brasil que podem intoxicar. É preciso ter muito cuidado. A planta produzida nos Estados Unidos, mais especificamente na California. Essa sim, é ótima e nao Faz mal, pelo contrario só faz bem.

TIPOS DE ALOE VERA

O uso caseiro deve ser administrado com muito cuidado, pois, dos 400 tipos de Aloe Vera existentes, apenas 2 podem ser ingeridos: “Aloe Barbadensis Miller” e “Aloe Arborensis Miller”. E mesmo assim não deve-se usar a casca ou a aloína. Qualquer um dos outros tipos pode ser abortivo e hemorrágico. Por isso indico que se adquira o suco pronto 100% estabilizado

FOTOS DE PLANTA ALOE VERA

PLANTAÇÃO – ALOE VERA CULTIVO

Segundo o produtor Rogélio Dosouto, a babosa, (tanto a Aloe vera quanto a arborescens) desenvolve-se bem em qualquer tipo de solo, desde que seja bem drenado. Mas, precisa de pleno sol para se desenvolver bem. Além de medicinal, a babosa é muito ornamental: pode ser usada em jardins de pedra ou cultivada em vasos, por exemplo.

Neste caso, o substrato ideal é uma mistura de 1 parte pó de xaxim, 1 parte de terra vegetal e 1 parte de areia. Para acelerar o desenvolvimento, após o plantio da muda e seu perfeito enraizamento, o produtor aconselha uma adubação com NPK 10-10-10, ao redor da planta. Após um ano ou quando a planta estiver bem desenvolvida, a recomendação é para usar NPK 4-14-8, também ao redor da planta, duas vezes ao ano.

É interessante usar sempre um vaso grande (com no mínimo 20 cm de diâmetro), pois tanto a Aloe vera quanto a Aloe arborescens emitem brotações laterais que, após atingirem cerca de 15 cm., podem ser aproveitadas como mudas para a formação de outros vasos.