GentleLase - Depilação a laser, veias varisosas e rugas - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

GentleLase – Depilação a laser, veias varisosas e rugas

O tratamento GentleLase Laser, obtém excelentes resultados na remoção dos pêlos indesejáveis, lesões pigmentadas, vasculares e rugas. Apropriado para todos os tipos de pele a ser tratada de forma eficaz, rápida e facilmente graças ao seu local vários tamanhos (até 18 mm) e sua vasta gama de repetição

O equipamento GentleLase é composto por um laser de alexandrita, excitado à lâmpada de flash, que pode ser usado para a depilação, assim como para o tratamento de lesões vasculares dermatológicas. Energia pulsada de laser a um comprimento de onda nominal de 755 nanômetros (nm) é usada em ambas as aplicações.

Esse comprimento de onda provoca uma absorção máxima de energia pelo alvo (lesão ou cabelo) e uma absorção mínima pelos tecidos dérmicos nas proximidades do alvo. Além disso, a duração do pulso do laser é controlada, de forma a ser igual ou menor do que o tempo de relaxamento térmico do alvo, minimizando a transferência de calor nos tecidos circundantes. Esse princípio foi primeiramente descrito por Anderson and Parrish.

Depilação a Laser com GentleLase

Cabelos de coloração escura respondem melhor ao tratamento. A duração do pulso do laser deve ser menor do que o tempo de relaxamento térmico do alvo que absorve a radiação a laser, para limitar danos térmicos e proteger os tecidos cutâneos nas proximidades do alvo. O tempo de relaxamento do alvo é determinado pelo seu tamanho. Segundo a teoria da fototermólise seletiva, as durações de pulso de até vários milissegundos devem ser eficazes na depilação.

Recomendado » Eliminar os Pelos Definitivamente de Forma Natural

Tratamento de Veias Varicosas em associação à Escleroterapia

O tratamento com o GentleLase pode também ser usado para a remoção de veias varicosas. As mesmas condições são aplicáveis em relação à duração e ao tempo de relaxamento descritos para a depilação.

Sob condições ideais, o comprimento de onda selecionado para a erradicação de veias varicosas é altamente absorvido pela veia e, apenas de forma mínima, absorvido por outros cromóforos concorrentes na pele. O tempo de relaxamento térmico para veias varicosas encontrase na ordem de milissegundos ou maior. Esses pequenos pulsos aquecem efetivamente o tecido alvo, enquanto limita danos aos tecidos circundantes.

RESFRIAMENTO DINÂMICO

O sistema GentleLASE contém um dispositivo de resfriamento da superfície do tecido, comumente conhecido como Dispositivo de Resfriamento Dinâmico (Dynamic Cooling Device – DCD). Esse dispositivo aplica criogênio por meio de vaporização na superfície da pele, no local de um subseqüente impacto a laser. A quantidade de criogênio e o tempo utilizado durante a vaporização, relativos à aplicação de energia a laser, é ajustável. O criogênio atua na extração de calor da superfície da pele através de um resfriamento por evaporação, resfriando a superfície da pele anteriormente à aplicação de laser.

Uma primeira vaporização de criogênio é aplicada à pele, precedendo o valor de retardo selecionado pelo usuário. Essa primeira vaporização e o retardo são responsáveis pelo completo resfriamento da epiderme. Uma segunda breve vaporização de criogênio é aplicada à pele para novamente resfriar a camada mais superficial, antes da aplicação do pulso de laser. Esse procedimento reduz a dor do impacto do laser. As camadas mais profundas da pele não são efetivamente resfriadas pela vaporização antes da descarga de energia do laser devido ao tempo, relativamente maior, necessário para que o calor seja disseminado do centro para fora a partir das camadas mais profundas.

DESCRIÇÃO DO SISTEMA

Sistema de Laser

O sistema GentleLASE, consiste de uma cabeça de laser de alexandrita, uma fonte de alimentação e um circulador de água de resfriamento. A cabeça do laser é composta de espelhos côncavos, meio de laser em estado sólido (haste de alexandrita com revestimento de cromo), e duas lâmpadas de flash de xenônio de alta intensidade que excitam o meio do laser. Uma porta de calibração com um medidor de fluência interna está localizada no lado direito da parte frontal do laser. Essa porta é usada para calibrar a energia de saída da peça de manipulação em níveis selecionados de fluência. A temperatura da cabeça do laser é regulada pela circulação da água de resfriamento a uma temperatura controlada.

Para suprir energia à lâmpada de flash, uma fonte de alimentação de alta tensão carrega um capacitor de armazenagem. Em seguida, um pulso inicial aplicado às lâmpadas de flash faz com que o capacitor seja descarregado através das lâmpadas de flash. O flash resultante excita a haste de alexandrita do laser, causando a emissão de um pulso de energia laser.

O sistema emite energia laser a um comprimento de onda de 755 nm, com uma largura de pulso de três milissegundos. A saída do laser é transmitida para a área de tratamento através de uma fibra óptica, com uma peça de manipulação de tratamento acoplada a essa extremidade distal. Um gatilho (interruptor manual ou pedal) controla a emissão de pulsos. O laser emite pulsos a uma velocidade de um por segundo, dependendo da voltagem especificada.

O usuário pode selecionar o nível de densidade (fluência) de energia desejada e ativar ou desativar o painel de controle do laser.

Riscos do GentleLaser

O sistema GentleLASE foi projetado para propiciar a mais segura forma possível de operação e manutenção. Entretanto, qualquer sistema a laser pode causar acidentes caso não seja propriamente instalado, operado, movimentado ou reparado.

Os potenciais riscos associados ao GentleLASE são:
– Danos oculares (visão) resultantes da exposição à radiação direta ou refletida do laser.
– Choque elétrico proveniente do contato com componentes elétricos dentro do sistema.
– Ferimentos ocorridos durante a movimentação do sistema.

RISCOS ÓPTICOS

A ENERGIA DA LUZ EMITIDA PELO GENTLELASE FICA SITUADA NA REGIÃO INVISÍVEL E PRÓXIMA AO INFRAVERMELHO DO ESPECTRO ELETROMAGNÉTICO.

USE APENAS ÓCULOS PROTETORES QUE APRESENTEM DENSIDADE ÓPTICA DE 5,8 OU MAIS A 755 NM, QUE REPRESENTA O COMPRIMENTO DE ONDA EMITIDO POR ESTE SISTEMA A LASER.

ÓCULOS PROTETORES QUE SEJAM PROJETADOS PARA O USO COM OUTROS SISTEMAS A LASER PODEM NÃO OFERECER PROTEÇÃO ADEQUADA.

A abertura do laser do GentleLASE fica situada na extremidade distal da peça de manipulação. O raio laser emitido por este laser pode causar perda de visão. A energia luminosa emitida pelo GentleLASE fica situada na região invisível e próxima ao infravermelho do espectro eletromagnético. Embora não seja visível, essa energia ainda é capaz de causar danos. Mantenha isso em mente e tome as devidas precauções para evitar exposições inadvertidas. A córnea e o cristalino dos olhos são transparentes ao comprimento de onda de 755 nm emitido por este laser e, conseqüentemente, irá focalizar o raio diretamente na retina.

Tal impacto do raio de laser sobre a retina pode resultar em embaçamento temporário da visão, lesões à retina, escotoma permanente (ausência de visão em uma área isolada) e fotofobia permanente (sensibilidade à luz). O raio, emitido a partir dos deslizadores da peça de manipulação, é mostrado expandindo-se com uma divergência de seu ângulo total. Isso significa que o tamanho do local de impacto aumenta à medida que a distância do deslizador da peça de manipulação aumenta.

Existe uma distância do deslizador da peça de manipulação, chamada de Distância de Risco Ocular Nominal (Nominal Ocular Hazard Distance – NOHD), na qual o raio é tão grande que não é mais perigoso para o olho desprotegido. Para evitar esses riscos à visão, todos as pessoas que estiverem dentro da NOHD onde o sistema de laser estiver sendo operado, incluindo durante procedimentos de reparo, devem usar proteção apropriada para os olhos. Esses óculos protetores, fornecidos pela Candela, oferecem proteção adequada contra a radiação laser refletida ou dispersa, ou ainda, contra a inadvertida e breve exposição ao raio laser.

Os óculos de proteção de segurança devem ser armazenados em um local que não esteja sujeito à exposição ao sol e a temperaturas entre 18 e 24 °C, para preservar suas qualidades protetoras. A proteção visual de segurança recomendada para o uso com este sistema de laser por todo o pessoal são óculos protetores ou máscaras de proteção (com anteparos laterais), que tiverem uma densidade óptica de 5,8 ou maior a 755 nm. Durante os procedimentos de laser, os olhos do paciente devem ser protegidos. Os óculos de proteção opacos para pacientes, fornecidos pela Candela, são apropriados para a maioria dos pacientes.

É recomendado o uso de esponjas de gaze debaixo dos óculos de proteção do paciente, para assegurar que os olhos do paciente permaneçam fechados. Além disso, os óculos de proteção opacos não possuem dimensões adequadas para lactentes ou crianças pequenas. É também recomendado o uso de esponjas de gaze, ou toalhas de rosto, umedecidas com água e presas às pálpebras. Caso o paciente esteja dormindo, os olhos devem ser presos com fita adesiva, após a aplicação das esponjas de gaze umedecidas.

Caso o laser seja utilizado numa área próxima a um dos olhos, é recomendado o uso de um anteparo ocular de metal, usado de acordo com a prática médica padrão (ou seja, com a aplicação de um anestésico no olho antes da inserção).

Olhar diretamente para o raio laser pode causar danos permanentes à visão, mesmo se a pessoa estiver utilizando óculos de proteção. O raio laser emitido pelo GentleLASE nunca deve ser direcionado a nenhuma parte do corpo a não ser o local específico de tratamento ou teste. Extrema cautela deve ser tomada para evitar a exposição não intencional de qualquer parte do paciente ou de outras pessoas ao raio laser.

A remoção de qualquer um dos painéis exteriores do gabinete pode permitir o acesso a perigosos níveis de radiação laser. Por esta razão, esses painéis são planejados para não serem de fácil remoção. Eles só devem ser removidos pelo pessoal de reparo autorizado e especialmente treinado. Todas as janelas na sala onde o sistema de laser estiver sendo usado devem ser cobertas com um material opaco, e todas as medidas necessárias devem ser tomadas para evitar o acesso não autorizado.

Um interloque remoto (CDRH) é fornecido, que pode ser conectado às portas da sala onde o laser estiver, de maneira que a fonte de alimentação de alta tensão no sistema de laser será desligada (interrompendo imediatamente a radiação laser) caso a porta seja aberta durante o procedimento.

Cabelo

1. Todas as vezes em que a área tratada for próxima dos cabelos, sobrancelhas ou qualquer outro tipo de cabelo facial ou corporal, deve-se umedecer os cabelos com água ou solução salina.
2. Considere raspar áreas que tenham cabelo (barbas, bigodes, braços, pernas, etc.) antes do tratamento, para reduzir o risco de ignição.
3. Quando for efetuar um procedimento a laser de depilação, sempre raspe a área antes de iniciar o tratamento.

Preparo da Área de Tratamento

Nunca use nenhuma substância inflamável, como álcool ou acetona, no preparo da pele para tratamento. Use água e sabão, caso necessário. Quando álcool for usado para limpar e desinfetar qualquer parte da peça de manipulação/sistema de emissão, deve ser permitido um espaço de tempo para que o álcool seque, antes do início da pulsação de laser.

Umedeça o cabelo na área de tratamento com água ou solução salina, mantendo-o úmido enquanto estiver sendo exposto ao laser. Quando a área genital ou retal estiver sendo tratada, devem ser tomadas precauções para que o
paciente não desprenda gás, já que o gás é inflamável.

Atualizado em 13 Janeiro 2018

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade

Isensão de Responsabilidade: A nossa plataforma foi criada com o objetivo de facilitar o acesso a informação de valor "Ciência com Saúde", baseada em estudos científicos. Tudo o que publicamos tem uma base científica. No entanto, nenhuma das publicações têm o objetivo de servir como diagnóstico, sendo sempre indicada consulta médica. O mesmo se refere a tratamentos, clínicas, suplementos e medicamentos indicados. A indicação, dosagem, e forma de uso é apenas ilustrativa, não estando indicada a automedicação ou suplementação sem antes haver indicação médica profissional. O mesmo se refere aos preços dos produtos por vezes indicados. Esses valores são baseados no ano de 2018 e servem apenas como informação auxiliar, não estando a nossa plataforma de nenhuma forma a ligada a essas empresas.