Gravidez de Gêmeos: Sinais, Sintomas e o Que deve Saber

Estar grávida de gêmeos é absolutamente normal, e quando você recebe a noticia, pode ser uma situação emocionante e, ao mesmo tempo, chocante.

Existem algumas diferenças entre uma gravidez normal e uma gravidez de gêmeos, por isso é importante compreender as diferentes mudanças e estresses que o seu corpo pode experimentar e as melhores formas de lidar com a sua gravidez.

Gravidez De Gêmeos, Sinais, Sintomas E O Que Deve Saber

Tipos de Gêmeos

Existem dois tipos de gêmeos – gêmeos idênticos (monozigóticos) e fraternais (dizigóticos).

Os gêmeos monozigóticos, também conhecidos como gêmeos idênticos, são formados a partir do mesmo zigoto, ou seja, após o processo de fertilização.

Em virtude dessa característica, possuem o mesmo patrimônio genético, sendo considerados, portanto, idênticos.

Os gêmeos dizigóticos, são gêmeos não idênticos ou fraternos, e isso ocorre quando dois ovos separados são fertilizados por dois espermatozóides diferentes.

Causas da Gravidez de Gêmeos

Gravidez De Gêmeos Antes E Depois

As chances de ter gêmeos são maiores quando existe um histórico familiar de gêmeos, a idade quando você concebe a gravidez, a ingestão de suplementos de ácido fólico antes de engravidar, determinadas origens étnicas, ter um IMC mais alto, entre outros.

Idade

Quanto mais velho você é quando concebe a gravidez, maior será a chance de engravidar de gêmeos.

À medida que as mulheres envelhecem e começam a lidar com a menopausa, podem começar a liberar mais que um óvulo ao mesmo tempo, o que aumenta as chances de gerar gêmeos não idênticos.

Esta situação ocorre devido a um aumento no estrogênio quando as mulheres chegam a menopausa.

Histórico Familiar

Pode haver uma pequena influência genética para ter gêmeos se alguém do lado da sua mãe teve gêmeos no passado.

Suplementos de Ácido fólico

Todos os médicos recomendam um suplemento de ácido fólico durante a gravidez para garantir o crescimento e o desenvolvimento normal do feto.

Mas, se você também tomar suplementos de ácido fólico antes de engravidar, isso dirá ao corpo que ele pode suportar mais de um embrião e assim aumentar suas chances de engravidar de gêmeos.

Etnia

Pesquisas descobriram que as mulheres de descendência africana têm uma probabilidade maior de ter gêmeos do que as mulheres de outras origens étnicas.

IMC (Índice de Massa Corporal)

Se você é um pouco mais pesada ou tem traços maiores, tem uma maior chance de conceber gêmeos.

Quando o corpo possui fisionomias maiores, é um sinal de que você é capaz de suportar com segurança mais de um embrião, tendo maiores chances de desenvolver uma gravidez gemelar.

Sintomas de uma gravidez de gêmeos

Há uma série de sintomas claros que indicam que você pode estar grávida de gêmeos, incluindo o ganho de peso, alongamento uterino rápido, exaustão e enjoo matinal persistente, entre outros.

Ganho de peso

O ganho de peso, é uma parte natural da gravidez, graças ao peso extra dentro do seu corpo.

As mulheres que estão grávidas de múltiplos geralmente ganham uma média de 4,5 Kg a mais do que em uma gravidez normal, o que é um forte indício de que pode ser uma gravidez de gêmeos.

Alongamento do Útero

Existem alguns exames que podem ser realizados pelos médicos para medir a progressão da gravidez.

O alongamento do útero e a distância entre o osso púbico e o útero serão indicativos de que o seu corpo se prepara para transportar mais de uma criança, mesmo no início da gravidez.

Cansaço Constante

Ao longo de toda a gestação, sentir sintomas de cansaço é totalmente natural, pois o seu corpo está trabalhando duro para o desenvolvimento do bebê.

Mas se está sofrendo fadiga e fraqueza extremas, além do normal, pode ser devido a uma gravidez de gêmeos.

Numa gravidez de dois embriões a sobrecarga no corpo é maior, “roubando” uma grande demanda de nutrientes e recursos, levando a sensação de fraqueza frequentemente.

Enjoo matinal

O enjoo matinal é algo que afeta quase todas as mulheres grávidas, mas se esses sintomas durarem meses ou acontecerem com muita frequência, pode ser devido ao pico hormonal ainda maior, que ocorre em uma gravidez de gêmeos.

Como Saber se a Gravidez é de Gêmeos

Embora alguns dos sinais e sintomas acima possam sugerir que você está grávida de gêmeos, o único sinal certo é submeter-se a alguns exames realizados por médicos, incluindo o ultra-sonografia, medições de batimentos cardíacos e níveis elevados de gonadotrofina coriónica humana (hCG).

Ultrassom – Um ultra-som é a forma mais confiável e mais comum de visualizar o interior do útero, onde é mais fácil detectar a presença de dois embriões em crescimento.

Teste de pulsação – Outro teste popular é um teste de pulsação Doppler, geralmente perto do final do primeiro trimestre.

Nesta fase, pode ser possível detectar pulsos de mais de um coração, porém este não é um teste 100% confiável.

Níveis de HCG – Quando o embrião se liga à parede do útero, ele começa a liberar gonadotropina coriónica humana (HCG), que pode ser detectada tanto na urina quanto nos exames de sangue.

No entanto, como no teste de batimento cardíaco, os níveis de HCG podem ser mascarados por outros motivos, portanto, este não é um meio 100% preciso para determinar se é uma gravidez de gêmeos.

Possíveis Complicações

Existem algumas complicações comuns entre as mulheres grávidas de gêmeos, como um maior risco de aborto espontâneo, parto prematuro, defeitos congênitos, hipertensão gestacional, entre outros.

Aborto espontâneo – Em alguns casos, após a confirmação de um nascimento de gêmeos, um dos fetos pode não sobreviver e ser abortado em algum momento da gestação.

Existe um maior risco desse tipo de aborto do que um aborto típico em um cenário de feto único.

Parto pré-termo – Na verdade, mais de 60% da gravidez de gêmeos são concebidos prematuramente. Embora isso possa ser perigoso, pois alguns órgãos podem não estar totalmente desenvolvidos, devido à ocorrência tão comum, atualmente os médicos estão mais do que preparados para garantir um parto seguro, mesmo que ocorra antes de 37 semanas.

Defeitos congênitos – Existe uma chance muito maior desse tipo de problema acontecer  em partos de gêmeos.

Isso pode ocorrer devido ao fato de que mais de um feto está competindo por nutrientes críticos e, se houver uma deficiência para qualquer uma das crianças, pode resultar em defeitos como a espinha bífida e defeitos cardíacos congênitos.

Hipertensão – Na gravidez gemelar o risco da mulher sofrer de pressão alta dobra, o que também aumenta o risco de pré-eclâmpsia e abdução, quando a placenta se separa da parede do útero.

Anemia – As mulheres são 50% mais propensas a sofrer de anemia durante a gravidez quando se trata de gêmeos.

Isto pode levar a uma fraca absorção de nutrientes e a uma série de outros efeitos colaterais, tanto para a mãe como para o feto.

É de extrema importância um acompanhamento com um nutricionista durante a gravidez para garantir um bom equilíbrio nutricional.

Referências

http://www.nejm.org/
https://doi.org/
https://academic.oup.com/
http://www.sciencedirect.com/
http://www.sciencedirect.com/
http://onlinelibrary.wiley.com/
http://journals.sagepub.com/
http://www.sciencedirect.com/
http://onlinelibrary.wiley.com/
http://onlinelibrary.wiley.com/
http://onlinelibrary.wiley.com/
http://www.nejm.org/
https://doi.org/
http://www.sciencedirect.com/
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/

O que Procura?

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *