Gripe A - Grávidas, mães a amamentar e crianças mais protegidas - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Gripe A – Grávidas, mães a amamentar e crianças mais protegidas

GRIPE A – GRÁVIDAS, MÃES A AMAMENTAR E CRIANÇAS MAIS PROTEGIDAS

Esta farmácia está preparada para a informar e aconselhar sobre o novo vírus da gripe A, suas manifestações e consequências, e sobre os cuidados mais adequados para tratar os sintomas e, sobretudo, prevenir a sua transmissão. Se está grávida, a amamentar ou é mãe
de uma criança pequena, não hesite: conte connosco para obter informação rigorosa e o melhor aconselhamento.

Se está grávida, a amamentar ou cuida de uma criança pequena é natural que o novo vírus da gripe coloque muitas questões. Estar bem informada ajuda-a a viver uma gravidez tranquila, a amamentar em segurança e a proteger os seus filhos.

Esteja atenta aos sintomas
Febre
Tosse
Dor de garganta
Dores musculares e nas articulações
Dores de cabeça
Arrepios e fadiga
Por vezes diarreia e vómitos

E nos bebés pode apenas surgir febre, um choro diferente ou alterações ao comportamento habitual. Se sentir alguns destes sintomas, mesmo que ligeiros, ou em caso de contacto com alguém com gripe, fale com o seu médico ou ligue para a Linha Saúde 24 – 808 24 24 24 – e siga as indicações dadas.

Dicas Para uma gravidez tranquila
A gravidez deixa as defesas do organismo mais vulneráveis a infecções como a gripe A. É, pois, preciso prevenir o risco de infecção. Assim, se está grávida:

Lave frequentemente as mãos:
› com água e sabão (40 a 60 segundos)
› com um produto com álcool (líquido, gel ou toalhetes) – esfregue e deixe secar sem passar por água

Evite tocar nos olhos, nariz e boca
Cubra o nariz e a boca com um lenço de papel sempre que sentir que vai tossir ou espirrar:
não reutilize o lenço, deite-o no lixo
Evite o contacto com pessoas doentes e espaços fechados frequentados por muitas pessoas

Em caso de sintomas de gripe, deve:
› Controlar a febre: o paracetamol (até 1 grama, de 8 em 8 horas) está indicado na gravidez
› Repousar emanter-se hidratada, bebendo água em abundância

(Os medicamentos antivíricos podem ser tomados durante a gravidez, mas só com indicação do médico.)

Amamentar em segurança
O leite materno é o melhor alimento para o bebé. E a mãe pode continuar a dar o seu leite ao bebé mesmo que esteja com gripe A ou a tomar antivíricos. Basta tomar alguns cuidados para manter o bebé protegido:
› Faça a extracção do leite
› Peça a uma pessoa saudável que o dê ao bebé
Enquanto tiver sintomas, redobre os cuidados no contacto com o bebé:

Não tussa ou espirre perto do bebé (a menos de um metro)
Proteja o nariz e a boca com um lenço de papel se sentir que vai tossir ou espirrar
Use máscara sempre que cuidar do bebé
Substitua a máscara sempre que esteja húmida e retire-a segurando apenas os atilhos, sem tocar na frente
Lave sempre as mãos antes de tocar no bebé e depois de tossir, espirrar ou retirar a máscara

Proteger o bebé passa ainda por evitar a partilha de brinquedos e esterilizar ou lavar frequentemente os objectos que ele leva à boca. São gestos simples mas valiosos: é que os bebés têm as defesas ainda frágeis, pelo que correm mais riscos se estiverem expostos a este vírus.

Para crianças mais protegidas
Todas as crianças precisam de protecção acrescida, sobretudo as que têm menos de 5 anos ou ainda se têm doenças, independentemente da idade. E protegê-las é ensinar-lhes gestos de prevenção: conte-lhes uma história e cative-as para os cuidados que ajudam a manter o vírus à distância.
E se a criança adoecer:
› Limpe o nariz para que respire melhor: use soro fisiológico ou soluções de lavagem nasal
› Baixe a febre com paracetamol, adaptando a dose à idade e peso da criança; não dê aspirina ou derivados
› Respeite as doses e os horários do medicamento
› Mantenha a criança emrepouso, numquarto separado
› Dê-lhe água com frequência, para não desidratar
› Procure que seja sempre a mesma pessoa a cuidar dela e use máscara
› Mantenha-a em casa até um dia depois de os sintomas desaparecerem, num mínimo de 7 dias.

 
O ESSENCIAL DA PREVENÇÃO E DO TRATAMENTO

Aqui encontra informação rigorosa e actualizada sobre o modo como o vírus se transmite, como se manifesta a infecção, as medidas mais eficazes para prevenir o contágio e em caso de sintomas o que fazer. É natural que tenha dúvidas: este é um vírus novo e qualquer pessoa pode ser contagiada.

Gripe A, gripe sazonal ou constipação?
A gripe e a constipação são muitas vezes confundidas, mas há diferenças:
› Constipação – sintomas mais ligeiros, sem febre ou com febre baixa
› Gripe – sintomas súbitos e intensos, com complicações mais frequentes (pneumonia sobretudo)

A gripe A tem sintomas semelhantes aos de qualquer gripe, mas podem ser mais acentuados. A suspeita de gripe A justifica-se quando há febre igual ou superior a 38ºC (pode não atingir este valor nas pessoas com as defesas diminuídas e nos idosos) e pelo menos dois dos seguintes sintomas:
dor no corpo, dor de cabeça, dor de garganta, tosse, corrimento nasal, vómitos ou diarreia (mais presentes na gripe A)

Na maioria das vezes a gripe A tem uma evolução favorável e cura de forma espontânea. Mas há que dar atenção a sinais de agravamento:
› Reaparecimento, agravamento ou persistência da febre durante mais de 4 dias
› Dor de cabeça muito forte ou alteração do estado de consciência (confusão, desmaio)
› Dificuldade em respirar ou sensação de falta de ar
› Dor no peito ou nas costas
› Fadiga intensa e anormal
› Expectoração com sangue

Acho que tenho gripe A. O que devo fazer?
Fique em casa – o repouso é essencial para a recuperação e assim evita contagiar outras pessoas.
Beba água em abundância para não desidratar.
Trate a febre – o paracetamol é o melhor tratamento (até 1 grama de 8 em 8 horas);
Coloque uma máscara de protecção sempre que estiver com outras pessoas.
Vigie o seu estado de saúde nos sete dias após o início dos sintomas: se tiver sinais de agravamento, contacte a linha Saúde 24 (808 24 24 24) e siga as instruções dadas.

Em situações de doença grave ou com maior risco de complicações (gravidas, crianças até aos 5 anos e doentes crónicos) é necessária avaliação médica e podem ser indicados medicamentos antivíricos. Este tratamento deve iniciar-se o mais cedo possível de preferência nas primeiras 48 horas após o início dos sintomas.

A prevenção – Vacina e Medicamentos
A prevenção da gripe A passa pelo reforço das defesas do organismo. A vacina é dada nos centros de saúde por etapas, às pessoas que pertencem aos grupos prioritários. É necessária uma declaração que pode ser passada por qualque médico e que comprova a indicação para ser vacinado. Para saber se pertence a um dos grupos prioritários, fale com o seu farmacêutico ou contacte a Linha Saúde 24 (808 24 24 24).

A vacina da gripe A não substitui a vacina da gripe sazonal. Se tem indicação do médico deve vacinar-se como habitualmente. Se tem uma doença cronica, está grávida ou tem uma criança com menos de 1 ano, em caso de suspeita de contacto com alguém com gripe pode ser recomendada a toma de medicamentos antiviricos para prevenir a possibilidade de vir a adoecer. Contacte a Linha Saúde 24 (808 24 24 24).

SE TEM UMA DOENÇA CRÓNICA
Previna-se: fale com o seu médico o quanto antes sobre as medidas a adoptar caso venha a ter sintomas de gripe e sobre a eventual necessidade de ajustar o tratamento ou reforçar os autocuidados.

Como me posso proteger a mim e aos outros?
Estar informado é o melhor que pode fazer para se proteger a si e aos outros. Gestos de prevenção são meio caminho andado:

Cubra a boca e o nariz com um lenço de papel sempre que sentir que vai tossir ou espirrar
Use cada lenço de papel apenas uma vez; depois de usado, deite-o no lixo
Lave frequentemente as mãos:
› com água e sabão (40 a 60 segundos)
› com um produto com álcool (líquido, gel ou toalhetes) – esfregue e deixe secar sem passar por água

Tenha uma vida positiva

Atualizado em 13 Janeiro 2018

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade

Isensão de Responsabilidade: A nossa plataforma foi criada com o objetivo de facilitar o acesso a informação de valor "Saúde com Ciência", baseada em estudos científicos. Tudo o que publicamos tem uma base científica. No entanto, nenhuma das publicações têm o objetivo de servir como diagnóstico, sendo sempre indicada consulta médica. O mesmo se refere a tratamentos, clínicas, suplementos e medicamentos indicados. A indicação, dosagem, e forma de uso é apenas ilustrativa, não estando indicada a automedicação ou suplementação sem antes haver indicação médica profissional. O mesmo se refere aos preços dos produtos por vezes indicados. Esses valores são baseados no ano de 2018 e servem apenas como informação auxiliar, não estando a nossa plataforma de nenhuma forma a ligada a essas empresas.