Hemorroidas na Gravidez – Causas e Medidas Preventivas

As hemorroidas são varizes das veias hemorróidas. Quando uma mulher está gravida estas podem aparecer ou agravar-se se já existirem, devido fundamentalmente a uma série de condições próprias da gravidez.

Em primeiro lugar, a acção de algumas hormonas como a progesterona, que circula em grandes quantidades pelo sangue, provoca uma certa retenção da circulação venosa e uma dilatação das veias. Além disso, durante a gestação, aumenta o volume sanguíneo.

Outras Causas

Outro fator é a pressão que o útero exerce no interior do abdómen: à medida que cresce torna-se mais difícil o retorno do sangue desde as pernas e as partes inferiores da pélvis até ao coração.

A tendência para a prisão de ventre também influencia, da mesma maneira que a força que a grávida por vezes tem de fazer na sanita. Nestas ocasiões chegam a produzir uma trombose (um coágulo) nas hemorroidas.

Medidas preventivas

Para prevenir estes dolorosos problemas é recomendável que a mulher, tenha ou não hemorroidas, evite permanecer parada quando estiver em pé.

Pode andar, e não deve estar quieta durante muito tempo. Além disso, deve manter uma dieta rica em frutas e vegetais para evitar a prisão de ventre.

As hemorroidas costumam melhorar com repouso na cama, banhos localizados, algumas colheres de marmelada e outros alimentos amaciadores das fezes, supositórios e pomadas específicas.

As hemorroidas internas que permanecem fora do ânus durante muito tempo devem operar-se depois do parto.

As externas com trombose aguda têm de abrir-se para extrair o coágulo. Mas toda a intervenção é contra-indicada enquanto houver inflamação no ânus.

Caminhar muito e comer uma dieta rica em frutas e verduras pode evitar que se agravem as hemorroidas durante a gestação.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 3:07 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)