Herança Genética

Herança Genética – Genotipo e Fenotipo – A totalidade de genes que uma pessoa possui denomina-se de genotipo. De todos eles, alguns manifestam-se externamente e outros não. O conjunto dos genes que podem ser observados, como a cor dos olhos ou do cabelo, constituem o fenotipo. Este não só depende da informação genética, mas também da influência que exercem os estímulos ambientais. Na fecundação, os genes emparelham-se em função dos caracteres que transferem. Assim, os genes procedentes do óvulo que transmitem a cor dos olhos colocam-se emparelhados com os provenientes do espermatozoide que têm a mesma função.

O cariotipo é a representação gráfica dos 23 pares de cromossomas. O último par determina o sexo do indivíduo: XX, para o feminino (foto esquerda); XY, para o masculino.

OS GENES

Os genes definem-se como um segmento do ADN com informação para uma característica de um ser vivo. Há características, como a inteligência ou a estatura, que estão controladas por muitos genes. Outras, como a cor do cabelo ou dos olhos, são determinadas por um número reduzido de genes. Quando os dois genes do casal são diferentes, um pode ser dominante sobre o outro e ocultar a sua presença.

MOLÉCULA DE ADN
O ADN dirige todas as actividades das células e determina as características de um ser humano. Tem a forma de uma fita formada por duas zebras ou cabos enrolados um sobre o outro em forma de espiral.

Para compreender como o ADN é capaz de ser portador de uma mensagem, podemos compará-lo com a estrutura de uma mensagem escrita. Uma informação escrita realiza-se a partir de 26 letras que perfazem o abecedário, e, logicamente, a informação varia segundo o número e ordem das letras. De igual forma, o ADN tem 4 tipos de bases (A, G, T e C), e segundo a combinação entre elas, assim é a informação que esse ADN determina sobre a constituição física e psíquica de um indivíduo.

Por exemplo, o ADN das células da íris determina a cor dos olhos porque ordena qual a quantidade de pigmento que fabricarão as células.

CÉLULA ZIGOTO
A nossa vida e a de todos os seres que se reproduzem sexualmente, inicia-se ao unir-se o óvulo e o espermatozoide, e ao formar o zigoto. Como passa o ADN do zigoto para o resto das células? As células ao se dividirem, formam os cromossomas, que se repartem pelas células filhas. Cada uma delas recebe um jogo completo de moléculas de ADN, idêntico ao da célula mãe.

Como se vêem os cromossomas
A extracção do líquido amniótico na gestação, permite achar o cariotipo do futuro bebé, quer dizer, a representação gráfica de todos os seus cromossomas. Para isso, extraem-se uns 20cc de líquido amniótico e cultivam-se as células fetais nele contidas. «Os cromossomas só podem ser observados no momento em que se dá a divisão celular, quando atingem a sua máxima concentração e estão individualizados – explica o Dr. San Román, chefe do serviço de genética do Hospital Ramón Y Cajal, de Madrid -. Com algumas substâncias, concentramo-los ainda mais. Depois, graças a umas colorações especiais, analisamo-los, comparamos morfologicamente cada cromossoma com o seu parceiro, e observamos se há ou não cromossomas de mais ou de menos , ou se há algo que se tenha perdido. Finalmente , observamo-los através do microscópio».

De que cor serão os seus olhos
Os olhos escuros transmitem-se dominantemente, pelo que o azul é recessivo e só se herda quando os dois pais têm este gene. Se os genes da mãe, por exemplo, possuem a capacidade de transmitir azul, e o pai o castanho, todos os filhos terão os olhos de cor castanha. Os olhos rasgados prevalecem sobre os de forma arredondada.

Não é fácil definir com precisão o fenotipo
Habilidade para manejar o computador, para tocar um instrumento musical, para as matemáticas…As manifestações exteriores que expressam a capacidade intelectual são capacidades complexas difíceis de avaliar.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Esta matéria tem 1 Comentário
  1. Dalva Reply

    Boa tarde! Pais de olhos azuis e verdes, podem ter um filho de olhos castanhos e moreno?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 3:00 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)