Idade Óssea Atrasada? Conheça as Principais Causas e O Que Fazer

A idade óssea indica qual é o grau de maturação, a que os ossos de uma criança se encontram.

Até atingir o estado adulto, os ossos de um indivíduo, vão sofrendo alterações ao longo dos dias, não só na sua forma, como também no seu tamanho.

Idade óssea atrasada

Uma idade óssea atrasada, definindo à letra, significa que a maturação e desenvolvimento dos ossos, não acompanharam o crescimento e o avanço da idade de uma criança…

Porém, esse facto, nem sempre significa que existe algum atraso ou doença retardando o desenvolvimento ósseo da criança.

Ainda assim, em alguns casos, pode existir uma diminuição na produção de hormona do crescimento, e isso irá provocar uma redução na velocidade a que ocorre o crescimento e o desenvolvimento de uma criança.

Essa deficiência no crescimento ósseo de uma criança, pode ser vista por um pediatra, através da análise de um exame de raio-x aos ossos.

O que causa a idade óssea atrasada?

A principal causa para um atraso da idade óssea numa criança, é a diminuição da produção de hormona do crescimento, porém, existem outros fatores que também podem ser a causa deste problema, como é o caso de parentes próximos que tenham sofrido de idade óssea atrasada, o hipotireoidismo congénito ou uma desnutrição.

A idade óssea nem sempre é o principal problema relacionado com o atraso do crescimento de uma criança, podendo outros problemas de saúde, também resultarem nesse atraso de crescimento, como é o caso do nanismo.

Qual o tratamento para a idade óssea atrasada?

Sendo que o principal problema da idade óssea atrasada é a falta de hormona do crescimento, o principal tratamento para resolver este problema, é uma injeção, todos os dias, de hormona do crescimento.

Este tratamento deve ser orientado por um médico pedriátrico.

Quanto maior for a diferença da criança e da idade óssea que esta apresenta, maior é a gravidade da situação, por isso mesmo, o tratamento para este problema de saúde, deve ser feito o mais rapidamente possível, pois quanto mais cedo começar, mais rápido o desenvolvimento ósseo cresce, e mais rapidamente chega ao estado ideal para a idade que a criança apresenta.

O tratamento com esta hormona do crescimento, também apresenta algumas desvantagens, como é o caso da possibilidade de desenvolvimento de problemas nos ossos.

Indivíduos que façam tratamento com hormona do crescimento, ficam com os ossos mais frágeis, ficando mais expostos a fraturas nos ossos, e apresentam maior probabilidade no desenvolvimento de osteoporose.

O que Procura?

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *