José Mourinho

José Mário dos Santos Félix Mourinho nasceu em Setúbal, em 1963. O seu pai, Félix Mourinho, foi guarda-redes, vestindo as cores do Belenenses e do Vitória de Setúbal conseguiu uma internacionalização. A sua mãe era professora primária e desde cedo o motivou a estudar. A família de Mourinho está ainda intimamente ligada à história do Vitória de Setúbal, tendo sido um tio seu, que iniciou a construção do estádio do clube. Quando Félix se torna treinador, o seu filho faz questão de o acompanhar em tantos jogos quanto possível, integrando várias vezes as comitivas das equipas treinadas pelo seu pai.

José Mourinho Antes e Depois

O percurso de Mourinho enquanto futebolista iniciou-se nas camadas jovens do Belenenses, ao tornar-se sénior, iniciaria um percurso mediano que o levou a jogar no Rio Ave, Belenenses, Sesimbra e Comércio e Indústria. Em 1987, com apenas 24 anos, abandonaria a carreira de futebolista para se concentrar na sua aprendizagem enquanto treinador. Contra a vontade de sua mãe, Mourinho abandona um curso de Gestão, optando por estudar Ciências do Desporto, no Instituto Superior de Educação Física. Enquanto estudava, Mourinho foi professor de Educação Física em várias escolas. Após concluir o seu curso, Mourinho frequenta vários cursos de treinador de futebol, ministrados pelas Associações de Futebol de Inglaterra e da Escócia.

No início da década de 90, José Mourinho abandona a profissão de professor e começa a treinar as camadas jovens do Vitória de Setúbal. Seguiram-se cargos de treinador adjunto no Estrela da Amadora e do Ovarense. Em 1992, Mourinho é convidado para ser o intérprete do conhecido treinador inglês Bobby Robson, que havia assumido funções no Sporting Clube de Portugal.

Ao aceitar este cargo Mourinho daria um passo decisivo para a construção do seu sucesso futuro. Bobby Robson seria despedido do Sporting em Dezembro de 1993 mas acabaria por se mudar de imediato para o Futebol Clube do Porto. Mourinho que já havia conquistado a amizade e o respeito do treinador inglês acompanha-o, já desempenhando funções de treinador adjunto.

Em 1996, Bobby Robson muda-se para Barcelona e mais uma vez faz questão de levar consigo José Mourinho. Depois de obter sucesso, vencendo uma Taça das Taças, Bobby Robson sai do Barcelona, mas desta vez Mourinho decide ficar, desempenhando agora as mesmas funções para Louis van Gaal. A sua aprendizagem com Robson e Van Gaal seria essencial para o seu percurso futuro.

Em setembro de 2000, José Mourinho é convidado pela primeira vez para desempenhar a função de treinador principal, substituindo o alemão Jupp Heynckes depois da quarta jornada do campeonato português. Depois das eleições do clube encarnado, Mourinho resolve testar o novo presidente pedindo a renovação de contrato, Manuel Vilarinho rejeita e Mourinho apresenta de imediato a demissão. José Mourinho apenas se manteve durante três meses ao serviço do Benfica.

Em Abril de 2001, Mourinho inicias funções no União de Leiria, clube que consegue levar ao quinto lugar do Campeonato, a melhor classificação jamais alcançada pelo clube. Seguiu-se a mudança para o Futebol Clube do Porto, clube que lhe daria a possibilidade de alcançar outros objetivos.

Ao comando da equipa do dragão, Mourinho notabiliza-se, colecionando títulos nacionais e internacionais e consegue projeção internacional. Pelos azuis e brancos Mourinho conquista dois campeonatos de Portugal, 1 Supertaça Cândido de Oliveira, 1 Taça de Portugal, 1 Taça UEFA e uma Liga dos Campeões.

Por esta altura Mourinho já tinha sido notícia também por razões polémicas. Num jogo com o Boavista, Mourinho recusa-se a apertar a mão do treinador adversário, Jaime Pacheco. Nas semanas que se seguem os dois trocam insultos publicamente. Em 2004, depois de um empate por 1-1 contra o rival Sporting, José Mourinho rasgou a camisola do jogador leonino Rui Jorge, num ato que fez correr muita tinta nos jornais portugueses e que o tornou “ persona non grata” junto dos adeptos do clube rival.

Em junho de 2004, Mourinho assina pelo Chelsea, tornando-se num dos treinadores mais bem pagos em todo o mundo. As suas palavras na conferência de imprensa de apresentação dariam origem à sua alcunha: “Por favor não me achem arrogante, mas eu sou Campeão da Europa e acho que sou especial”. A imprensa britânica depressa lhe começaria a chamar “Special One”.

Mourinho leva para Inglaterra grande parte do staff que consigo trabalhou no Porto, rodeando-se de pessoas da sua confiança e contrata vários jogadores portugueses. Com Mourinho o Chelsea conseguiu ser campeão inglês, algo que aguardava há 50 anos. Ao serviço dos Blues, Mourinho iria conquistar: 2 campeonatos de Inglaterra, 1 FA Community Shield, 2 Taças da Liga e uma Taça de Inglaterra.

Faltando-lhe contudo as conquistas europeias para alcançar a realização total. Em Inglaterra sucederam-se as trocas de acusações com os treinadores adversários, as críticas aos árbitros e alguns castigos. Divergências com Roman Abramovich, fariam o português abandonar o clube londrino.

Mourinho iniciou em 2008, a sua aventura italiana. Ao comando do Inter de Milão voltou a acumular conquistas internas, mas desta vez conseguiu voltar a conquistar uma prova europeia. Com Mourinho ao comando o Internazionale conquistou dois campeonatos de Itália, uma Supertaça Italiana, uma Taça de Itália e uma Liga dos Campeões.

A 28 de maio de 2010 é tornado oficial que Mourinho seria o próximo treinador do Real Madrid. O importante clube espanhol viu em Mourinho a pessoa capaz de quebrar a hegemonia do Barcelona de Guardiola e Messi. Na sua primeira temporada, o Real Madrid apenas consegue conquistar um título, a Taça do Rei. Com a particularidade de ter sido obtido derrotando o rival Barcelona na final.

Na temporada 2010-2011, o Real Madrid parece estar mais forte e homogéneo e antevê-se uma luta a dois pelo domínio do futebol espanhol. Como em todo o seu percurso anterior, Mourinho tem sido capa frequente dos jornais devido às suas declarações polémicas sobre as arbitragens e sobre os clubes rivais.

Galeria de Fotos

Pesquisar Mais Famosos Antes e Depois de A a Z:

IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Esta matéria tem 0 Comentários
  1. Julião Dala Camueje Reply

    Eu estó aonde ele está,sinto-me tbem specisl one.Existen bons e grandes treinadores,eu juro k Mourinho é o melhor de todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 4:19 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)